A didática na educação profissional técnica de nível médio no Instituto Federal do Paraná / The didactics in technical secondary education at the Federal Institute of Paraná

Joelson Juk

Resumo


Esta comunicação apresenta pesquisa sobre a didática na educação profissional técnica de nível médio no Instituto Federal do Paraná, que envolve diversos aspectos e peculiaridades. O estudo tem como objetivo compreender os significados e os impactos da didática na formação de profissionais para o mundo do trabalho. A metodologiafoi orientada pela pesquisa qualitativa de natureza interpretativa, a partir da análise documental, sendo subsidiada na visão dialética incorporada pela hermenêutica, nas experiências escolares e acadêmicas do pesquisador. Isso justifica a interlocução com diversos autores, dentre os quais: Bazzo, Castelli &Pedrini, Comenius, Cury, Demo, Frigotto, Gramsci, Guareschi, Libâneo, Oliveira Júnior, Pimenta,Queluz, Rocha e Tremblay. Com esse referencial teórico e com as análises dos documentos educacionais, algumas conclusões foram possíveis: os sujeitos da educação profissional são mais conscientes de seu papel social e menos inflexíveis em suas convicções, com a formação politécnica; mudanças na sociedade brasileira transformam a didática; a formação inicial não é suficiente para a qualificação integral dos bacharéis; as pesquisas estimulam os debates e as ideias novas; a filosofia da práxis é importante na educação profissional técnica de nível médio; e, não são suficientes as pesquisas sobre a didática, é necessário um compromisso ético e pedagógico do pesquisadorcom a busca de alternativas. Ressalte-se que a pesquisa está alicerçada em uma perspectiva educacional integral no IFPR, com formação humana e técnica dos profissionais. Por isso, entende-se que a didática presente nos cursos técnicos de nível médio deve preparar o aluno para o mundo do trabalho, onde consegue seu sustento e a manutenção da vida privada, mas sem submeter-se à lógica do capital.


Palavras-chave


Didática; Educação profissional técnica; Instituto Federal do Paraná

Texto completo:

PDF

Referências


BARBIER, René. A pesquisa-Ação na Instituição Educativa. Rio de Janeiro: Zahar, 1985.

BAZZO, Walter Antonio. Ciência, tecnologia e sociedade: e o contexto da educação tecnológica. 3. ed. rev. Florianópolis: UFSC, 2011.

BRASIL. Lei n°. 11.892, de 29 de dezembro de 1998. Brasília, 1998. Institui a Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação Ciência e Tecnologia e dá outras providências. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília (DF), n. 11892, p. 2, Dez. 1998.

CASTELLI, Maria Dinorá Baccin; PEDRINI, Maristela. A formação docente no contexto do ensino superior. Disponível em: . Acesso em: 29 maio 2017.

COMENIUS. O pai dadidática. Disponível em: . Acesso em: 28 maio 2017.

CURY, Carlos Roberto Jamil. Educação e contradição: elementos metodológicos para uma teoria crítica do fenômeno educativo. 7. ed. São Paulo: Cortez 2000.

DEMO, Pedro. Desafios modernos da educação. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1993.

FRIGOTTO, Gaudêncio. A produtividade da escola improdutiva: um (re)exame das relações entre educação e estrutura econômico-social capitalista. São Paulo: Autores Associados, 1984.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do cárcere. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1999.

GUARESCHI, Pedrinho Alcides. Sociologia crítica: alternativas de mudança. Porto Alegre: Mundo Jovem, 1990.

IFPR. Reitoria. Disponível em: . Acesso em: 25 maio 2017.

LIBÂNEO, José Carlos. Produção de saberes na escola: suspeitas e apostas. In: CANDAU, Vera Maria. 2. ed. Didática, currículo e saberes escolares. Rio de Janeiro: DP&A, 2002.

OLIVEIRA JÚNIOR, Waldemar de. Formação do professor para a Educação Profissional de nível médio: tensões e (in)tenções. Disponível em: . Acesso em: 31 maio 2017.

PIMENTA, Selma Garrido (Org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

QUELUZ, Gilson Leandro. Concepções de Ensino Técnico na República Velha (1909-1930). Curitiba: Cefet-PR, 2000.

ROCHA, Ronai Pires da. Ensino de Filosofia e currículo. Petrópolis: Vozes, 2008.

TREMBLAY, Marc-Adélard. Prefácio: Reflexões sobre uma trajetória pessoal pela diversidade dos objetos de pesquisa. In: POUPART, Jean et al. (Orgs.). A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008. – (Coleção Sociologia)


Apontamentos

  • Não há apontamentos.