Doses de nitrogênio na produção de grãos de genótipos de milho em superadensamento / Nitrogen doses in grain production of maize genotypes under Superadhesion

Fernando Josias Alcântara Lins, Paulo Vanderlei Ferreira, Moisés Tiodoso da Silva, Rosa Cavalcante Lira, João Gomes da Costa, Jadson dos Santos Teixeira, Nathanyel Ewertthon Alves dos Santos, Mariângela Gomes Pereira

Abstract


Objetivou-se analisar quatro doses de nitrogênio (80, 160, 240 e 320 kg ha¹) em três genótipos de milho, Branca, Viçosense e Nordestino, em superadensamento, para produção de grãos no município de Rio Largo, AL. O delineamento experimental foi em blocos casualizados no esquema fatorial 3x4 (três genótipos de milho e quatro doses de nitrogênio) com três repetições, sendo adotado o espaçamento de 0,6 m entre linhas e 0,2 m entre plantas na linha, com duas plantas por cova, sendo a densidade de plantio de aproximadamente 166.666 plantas ha-¹. Aos 120 dias após o plantio foi avaliada aprodução de grãos (PG) e os caracteres: peso das espigas com palha(PECP), comprimento das espigas com palha (CECP), diâmetro das espigas com palha (DECP), peso das espigas sem palha (PESP), comprimento das espigas sem palha (CESP), diâmetro das espigas sem palha (DESP), empalhamento das espigas (EPE), número de fileiras de grãos (NFG) e peso de cem grãos (PCG). Os genótipos não diferiram para a maioria dos caracteres avaliados, apresentando desempenho satisfatório em relação à produção de grãos, com média geral de 4.264,96 kg ha-1. Em relação a adubação, a dose de nitrogênio que garantiu maior produção de grãos para todos os genótipos avaliados, foi de 320 kg ha-1 de N.

 


Keywords


Zea mays, adubação nitrogenada, rendimento de grãos.

References


BARBOSA,W.S.S.Milho cultivado sob diferentes lâminas de irrigação e adubação nitrogenada. (Dissertação de mestrado) - Universidade Federal de Alagoas. 2017.

BRACHTVOGEL, E. L.; PEREIRA, F.R.S.; CRUZI, S.C.S.; BICUDOI, S.J. Densidades populacionais de milho em arranjos espaciais convencional e equidistante entre plantas. Ciência Rural, Santa Maria, v. 39, n. 8, p.2334-2339, 2009.

COSTA, K.D.S.; CARVALHO, I.D.E.; FERREIRA, P.V.; SANTOS, P.R.; SOUZA, E.G.F.; SOUSA, T.P. Avaliação de genótipos de milho em diferentes densidades populacionais. Agropecuária Científica no Semiárido, v.11, n.03, p.18-30, 2015.

CONAB. Companhia Nacional de Abastecimento. Série histórica das safras (2019). Disponível em: https://www.conab.gov.br/info-agro/safras/serie-historica-das-safras?start=20. Acesso em: 18 jan. 2020.

FALCÃO, R.F.; FERREIRA, P.V.; SILVA JÚNIOR, A.S.; CARVALHO, I.D.E.; SILVA, J.; SANTOS, D.F. Avaliação de populações de polinização livre, variedades comerciais e crioulas de milho em dois municípios de alagoas. Cultura Agronômica, Ilha Solteira, v.26, n.4, p.611-624, 2017.

FIESP - Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. Safra Mundial de Milho(2019). São Paulo: Fiesp. Disponível em: Federação das Indústrias do Estado de São Paulo - Fiesp. (2019). Safra Mundial de Milho. file:///C:/Users/pc/Desktop/Publicar/Artigos%20do%20Fernando/Gr%C3%A3o/Literatura/fiesp.pdf

FERREIRA, P.V. Estatística experimental aplicada às ciências agrárias. Viçosa: EDUFV; 2019.

Ferreira, D.F. Programa SISVAR: Sistema de análise de variância: Versão5.3 (Build 77). Lavras: Dex/ UFAL; 2010.

FARINELLI,R.;LEMOS,L.B.Nitrogênio em cobertura na cultura do milho em preparo convencional e plantio direto consolidados.Pesq. Agro.Tropical,Goiânia,v. 42, n. 1, p. 63-70, 2012.

LIMA, L. G.; ASSMANN, E. J. Desfolha causada pela Spodoptera frugiperda em milho com diferentes biotecnologias. Revista Cultivando o Saber, Cascavel, v. 8, n. 5, p.56-66, 2015.

LOPES, S. J.; LÚCIO, A. D. C.; STORK, L.; DAMO, H. P.; BRUM B.; SANTOS, V. J. Relações de causa e efeito em espigas de milho relacionadas aos tipos de híbridos. Ciência Rural, v. 37, n. 6, p. 1536-1542, 2007.

MADALENA, J.A.S.; FERREIRA, P.V; ARAUJO, E.; CUNHA, J.L.X.; LINHARES, P.C.F.Seleção de genótipos de milho (zea mays L.) submetidos a quatro densidades de semeadura no município de Rio Largo - AL. Revista. Caatinga,v. 22, n. 1, p. 48-58, 2009.

OLIVEIRA, F.S.; CARVALHO, I.D.E.; FERREIRA, P.V.; RUFINO, D.S.; CARVALHO, A.P.V. Componentes morfológicos e produtivos de genótipos de milho em dois sistemas de cultivo para a produção de milho verde e grãos secos. Revista Mirante, Anápolis (GO), v. 10, n. 1, p. 103-115, 2017.

PIMENTEL, M. A. G.; MENDES, S. M.; QUEIROZ, V. A. V.; COSTA, R. V. DA.; ALBERNAZ, W. M. Impacto da seleção de espigas de milho na infestação por carunchos durante o armazenamento em propriedades familiares do estado de Minas Gerais. Revista Brasileira de Agroecologia, Pelotas, v. 6, n. 2, p.1-5, 2011.

RAASCH, H.; SCHONINGER, E.L.; NOETZOLD, R.; VAZ, D.C.; SILVA, J.D. Doses de nitrogênio em cobertura no milho de segunda safra em Nova Mutum– MT. Revista. Cultivando o Saber; v. 9, n. 4, p. 517- 529, 2016.

RAMBO, L.; SILVA,P.R.F.; ARGENTA, G.; SANGOI,L. Parâmetros de plantas para aprimorar o manejo da adubação nitrogenada de cobertura em milho. Ciência Rural. Santa Maria. v.34, n. 5, p. 1637-1645, 2004.

SILVA, M.T. Desempenho de variedades e híbridos de milho, sob condições de superadensamento, e estimativas da heterose e da heterobeltiose para produção de forragem e de grãos. Dissertação (Mestrado em produção Vegetal) - Universidade Federal de Alagoas, Rio Largo - AL, 2019

SILVA, J.P.; FERREIRA, P.V.; CARVALHO, I.D.E.; OLIVEIRA, F.S. Desempenho de genótipos alagoanos de milho em diferentes densidades de semeadura. Revista Verde (Pombal - PB - Brasil), v. 10, n. 4, p. 82-90, 2015.

SILVA JÚNIOR, A. B.; FERREIRA, P. V.; CUNHA, J. L. X. L.; LIRA, R. C.; CARVALHO, I. D. E. Desempenho de genótipos de milho em sistemas de cultivo superadensados para produção de grãos.Revista Agrotecnologia, v. 6, n.1, p. 13-26, 2015.

SOARES, M.A. Cultivo de milho sob diferentes doses de irrigação e doses de nitrogênio, na região de Rio Largo, Alagoas. Dissertação (Mestrado em produção Vegetal) - Universidade Federal de Alagoas, Rio Largo - AL, 2019.

UATE, J. V.Épocas de semeadura do milho e distribuição espacial de plantas. 2013. 59 f. Dissertação (Mestrado em Fitotecnia) – Universidade Federal de Lavras, Lavras, MG, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-386

Refbacks

  • There are currently no refbacks.