Avaliação da DQO no tratamento de esgoto doméstico com fossa séptica e lagoa de aguapés / Evaluation of DQO in domestic sewage treatment with septic tank and water hyacinth pond

Laís Alves Soares, Bruno Botelho Saleh, Lucas Martins Borges, Mateus Souza Santos, Ananda Ferreira de Oliveira, Marielle Vieira Felix

Abstract


O trabalho tem como objetivo analisar ou determinar e permitir apenas uma estação de tratamento doméstico, o tipo de fossa séptica seguida de lagoa de aguapés, um fim de verificar a qualidade do efluente tratado para aletas de despejo da mesma maneira nos cursos de água. Como as coletas dos núcleos afluentes foram feitas na saída do reservatório e o efluente tratado na saída do sistema da lagoa de aguapés. A vazão média atual é de 574 ld -1 (ou 0,574 m 3 d -1 ) A demanda química de oxigênio (dqo) mostra variação de variação entre 24,7% e 92,7% e uma média de variação durante o período de análise de 65,2%.Os resultados da experiência podem concluir que a remoção do dqo será exibida quando comparados com outros autores. O desempenho do sistema também foi satisfatório em relação à remoção de poluentes orgânicos.

 


Keywords


fossa séptica; lagoa de aguapés; efluente; remoção.

References


APHA, AWWA, WEF. STANDARD METHODS FOR EXAMINATION OF WATER AND WASTEWATER. 22. ED. WASHINGTON: AMERICAN PUBLIC HEALTH ASSOCIATION, 1360 P., 2012.

HUSSAR, G. J. et al. Tratamento de efluente de piscicultura com macrófitas aquáticas flutuantes. Engenharia Ambiental, v. 5, n. 3, p. 274-285, 2008.

JONAS, T. C.; HUSSAR, G. J. Utilização do Aguapé no pós-tratamento de efluente de reator anaeróbio compartimentado. Engenharia Ambiental Unipinhal, v. 7, n. 4, p. 20-32, 2010.

NBR 7229. Projeto, construção e operação de tanques sépticos. Rio de Janeiro: ABNT, 1993.

SNIS – Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento. Diagnóstico dos Serviços de Água e Esgotos 2016. Disponível em: . Acesso em: 20 de maio de 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-363

Refbacks

  • There are currently no refbacks.