A importância do trabalho colaborativo e transdisciplinar na educação a distância. / the importance of collaborative and transdisciplinary work in distance education.

Rodolfo Santos Barboza, Priscila Tamiasso Martinhon, Célia Regina Sousa da Silva

Abstract


O presente artigo discute alguns aspectos importantes do trabalho colaborativo articulado à transdisciplinaridade, relacionados à Educação a Distância (EAD). Abordamos ainda as principais ferramentas digitais promotoras da aprendizagem colaborativa e o papel fundamental da figura do mediador, na articulação das discussões geradas durante o processo educacional e na proposição de assuntos que atravessem as fronteiras disciplinares de um curso na EAD, contribuindo desta forma para a construção do conhecimento a partir da heterogeneidade dos atores do debate e ampliando, desta forma, os horizontes dos discentes. Para tanto, a fundamentação teórica foi pautada em autores que defendem a utilização de recursos tecnológicos para promoção do trabalho colaborativo e/ou transdisciplinar na EAD.

 


Keywords


Educação a Distância, Trabalho Colaborativo, Transdisciplinaridade.

References


ALMEIDA, S. C. D.; PILLONETTO, M. R. A. O futuro da EAD nas vozes de diferentes sujeitos. Revista CAMINE: Caminhos da Educação, v. 11, n. 1, p. 94-109, 2019.

ÁVILA, R. A. P. O trabalho colaborativo na educação a distância: aproximação com a proposta da educação ambiental e comunitarista. Ambiente & Educação, v. 19, n. 1, p. 97-113, 2014.

BRASIL. Decreto Federal n° 9.057, de 25.05.2017. Regulamenta o art. 80 da Lei n° 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: . Acesso em: 24 out. 2019.

_______. Ministério da Educação (MEC). Lei Federal nº 9.394, de 20.12.1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Disponível em: . Acesso em: 24 out. 2019.

_______. O que é Educação a Distância? 2019. Disponível em: . Acesso em: 22 set. 2019.

FREIRE, P. Educação e Mudança. Petrópolis: Vozes, 1984.

_______. Educação como Prática da Liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.

_______. Pedagogia da Autonomia. São Paulo: Paz e Terra, 2001.

KEEGAN, D. Fundations of distance education. 3rd ed. London: Routledge, 1996.

LESSA, S. C. F. Os reflexos da legislação de educação a distância no Brasil. Associação Brasileira de Educação a Distância, v. 10, p. 17-28, 2011.

LÉVY, P. Cibercultura, coleção Trans, 2ª edição, São Paulo: Editora 34, 2000.

LIMA, D. C. B. P.; SOUSA, L. S. L. Educação a Distância (EaD): processos de mediação e uso das tecnologias em uma abordagem transdisciplinar. Revista Científica em Educação a Distância, v. 5, n. 3, p. 114-127, 2015.

MARTINS, T. Y. C.; RIBEIRO, R. C.; PRADO, C. Transdisciplinaridade na educação à distância: um novo paradigma no ensino de Enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 64, n. 4, p. 779-782, 2011.

MUGNOL, M. A educação a distância no Brasil: conceitos e fundamentos. Revista Diálogo Educacional, v. 9, n. 27, p. 335-349, 2009.

NICOLESCU, B. O Manifesto da Transdisciplinaridade. Triom: São Paulo, 1999.

OLIMPIO, Q. G.; PESSOA, A. R.; TAMIASSO-MARTINHON, P.; SOUSA, C. Conhecimento Sinérgico: o papel da imaginação, dos paradigmas e da metodologia científica na formação acadêmica. In: CONGRESSO EM HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS E DAS TÉCNICAS E EPISTEMOLOGIA, IX., 2016, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: IX Scientiarum Historia, 2016.

TAMIASSO-MARTINHON, P.; COELHO, F. J. F.; ROCHA, A. S.; SOUSA, C. S. DESEJA: educadores sociais e agentes multiplicadores. Revista Pedagogia Social - UFF, v.4, n.2, 2017.

VIRILIO, P. A Bomba Informática. São Paulo: Editora Estação Liberdade, 1999.

ZANELLA, A. V.; SIQUEIRA, M. J. T.; LHULLIER, L. A.; MOLON, S. I. Psicologia e Práticas Sociais. Rio de Janeiro: Scielo Books. Biblioteca Virtual de Ciências Humanas. Centro Edelstein de Pesquisas Sociais, 2008, ISBN: 978-85-99662-87-8.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-320

Refbacks

  • There are currently no refbacks.