Levantamento da qualidade da água em ambiente fluvial: Estudo de caso em nascente do córrego Siriema, Jandaia do Sul/PR / Survey of water quality in the river environment: Case study at birth of Siriema, Jandaia do Sul/PR

Patricia da Silva Dias, Eloisa Magalhães Pereira, Nilmara Rodrigues Machado, Nathã Costa de Sousa, Leonardo Aluisio Baumgartner, Otávio Pientka Nienkoetter, Jonatan Raphael Juvenal, Tomaz Soligo de Mello Ayres

Abstract


O levantamento da qualidade da água pode ser um indicador de auxílio ou diagnóstico ambiental de recursos hídricos necessários no ambiente periurbano. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a qualidade microbiológica da água de nascente localizada no estado Siriema (setor intermediário) no município de Jandaia do Sul - Paraná. Em campo, foi coletado amostra de água da nascente na margem direita (23º 35 '18 ”S e 51º 38'“ 22 O), situado na região próxima à rua. A análise microbiológica do material coletado foi realizada de acordo com a metodologia recomendada pela Métodos padrão para o exame de águas e águas residuais (APHA) (AWWA). Os resultados mostraram altos índices de contaminação por coliformes totais e Escherichia coli. Isto se deu devido às condições de uso da terra na região, sendo que os dados apresentados evidenciam que as nascentes periurbanas, provavelmente estão contaminadas. O Siriema foi comprometido, principalmente através da entrada de esgoto doméstico, contribuindo para o aumento da concentração de coliformes, expondo diferentes tipos de patógenos para a população local. O ponto de coleta, evidência significativa de lixo e resíduos urbanos ao longo de sua margem, onde a chuva pode ser capaz de transportar-los para o rio, contaminando. Portanto, os resultados selecionados apontam para a água do hormônio Siriema com fator de risco para saúde humana, uma vez que nenhum grupo de microrganismos se aplica, são agentes infecciosos associados a enfermidades como diarréia e infecção urinária. Existe uma necessidade de preservação como fontes de água,


Keywords


Ambientes periurbanos; Córrego Siriema; Diagnóstico ambiental; Recursos hídricos.

References


Almeida, R. M. A. A.; Hussar, G. J.; Peres, M. R. & Junior, A. L. F. Qualidade microbiológica do córrego “Ribeirão dos Porcos” no município de Espírito Santo do Pinhal-SP. Engenharia Ambiental, v.1, n.1, p.51-56, 2004.

AMARAL, A. L. P. Microrganismos indicadores de qualidade de água. 2007. 40 p. Monografia (Especialização em Microbiologia)–Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2007.

AMARAL, L.A. Água de consumo humano como fator de risco à saúde em propriedades rurais. Revista de Saúde Pública, v.37. n.4. p.510-514, 2003.

APHA-AWWA-WPCF. Standard methods for the examination of water and wastewater. APHA American Public Health Association, 1981.

BARBIERI, M.D.P.; SANTOS, C.S.; RITA, F.S.; MORAIS, M.A. Qualidade microbiológica da água de algumas nascentes de Muzambinho/MG. Revista Agrogeoambiental, Edição Especial n. 1, p. 79-84, ago. 2013

BETTEGA, J.M.P.R.; MACHADO, M.R.; PRESIBELLA, M.; BANISKI, G.; BARBOSA, C.A. Métodos analíticos no controle microbiológico da água para consumo humano, 2006.

BONNET, BRP; FERREIRA, L. G.; LOBO, F. C. Resolução CONAMA nº 274, de 29 de novembro de 2000. Define os critérios de balneabilidade em águas brasileiras. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, p. 70-71, 2000.

BRASIL, Portaria n° 518/2004, do Ministério da Saúde. Estabelece os procedimentos e responsabilidades relativos ao controle e vigência de qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Diário Oficial da União, Brasília, v. 13, 2004.

BRASIL, Portaria n°. 2914/2011, do Ministério da Saúde. Dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Diário Oficial da União, Brasília, v. 12, 2011.

CARDOSO A.L.S.P.; TESSARI, E.N.C.; CASTRO, A.G.M.; KANASHIRO, A.M.I. Pesquisa de Salmonella spp., coliformes totais, coliformes fecais e mesófilos em carcaças e produtos derivados de frango. Arquivos do Instituto Biológico, São Paulo, v.67, n.1, p.25-30, 2000.

CHARRIERE, G.et al. Assessment of the marker value of various components of the coli-aerogenes group of Enterobacteriaceae and of a selection of Enterococcus spp. For the official monitoring of drinking water supplies. J. Appl. Bacteriol., v. 76, n. 4, p. 336-344, 1994.

CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE – CONAMA. Resolução nº 357, de 17 de março de 2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências. Alterado pela Resolução CONAMA 397/2008. Disponível em: . Acesso em: 08 ago. 2016.

DIAS-OLIVEIRA, É., CRESTANI-MAGALHÂES, G. A., SOUZA, P. D., & VESTENA, L. R. A urbanização e seus impactos na densidade de drenagem e na geometria hidráulica do Córrego Siriema, Jandaia do Sul/PR. Terra Plural, v.4, p. 257, 2010.

FREITAS, M.B.; FREITAS, C.M. A vigilância da qualidade da água para consumo humano: desafios e perspectivas para o Sistema Único de Saúde. Ciênc. saúde coletiva, v. 10, n. 4, p.993-1004, 2005.

GARCÍA GONZÁLEZ, R.; TAYLOR, M. L.; ALFARO, Guillermo. Estudio bacteriológico del agua de consumo en una comunidad mexicana. Boletín de la Oficina Sanitaria Panamericana, v. 93, n. 2, p. 127-140, 1982.

SHIBATA, T.; SOLO-GABRIELE, H.M.; F LEMING L.E.; ELMIR. S. Monitoring marine recreational water quality using multiple microbial indicators in an urban tropical environment. Water Research, v.38, p.3119-3131, 2004.

TORRES, D. A. G. V. et al. Giardíase em creches mantidas pela prefeitura do município de São Paulo, 1982/1983. Rev. Inst. Med. Trop. São Paulo, São Paulo, v. 33, p. 137- 141, 2000.

TORTORA, G.J.; FUNKE, B.R.; CASE, C.L. Microbiologia. 8. ed. São Paulo: Artmed, 2005.

TORTORA, TORTORA, G.J.; FUNKE, B.R.; CASE, C.L. Microbiologia. 6. ed. São Paulo: Artmed, 2000.

TRABULSI, L. R.; ALTERTHUM, F. Microbiologia. 4. ed. São Paulo: Atheneu, 2005.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-313

Refbacks

  • There are currently no refbacks.