Características fitométricas e índice de clorofila de cultivares de amendoim adubado com cinza vegetal / Phytometric characteristics and chlorophyl index of peanut cultivars fertilized with vegetable ash

Edna Maria Bonfim Silva, Nathalia Chagas de Brito Gomes, Rackel Danielly de Souza Alves, Salomão Lima Guimarães, Tonny José Araújo da Silva

Abstract


A cinza vegetal é um resíduo proveniente da queima de madeira com potencial para ser usado na agricultura, devido a presença de macro e micronutrientes em sua composição. O amendoim é uma oleaginosa de elevado valor econômico com projeções de crescimento da demanda a nível internacional. Assim, o objetivo foi avaliar as características fitométricas e o índice de clorofila do amendoim adubado com doses de cinza vegetal. O experimento foi realizado em casa de vegetação na Universidade Federal de Rondonópolis, em Latossolo Vermelho distrófico. O delineamento utilizado foi inteiramente casualizado, em um esquema fatorial 2x6 com duas cultivares de amendoim (IAC OL3 e a IAC503) e seis doses de cinza vegetal (0; 6; 12; 18; 24 e 30 g dm-3), com cinco repetições. Foram realizadas avaliações aos 15 e 45 dias após a emergência e também a medição do pH após 20 dias após a incubação do solo com cinza vegetal. As variáveis analisadas foram altura de planta, número de folhas, diâmetro do caule e índice de clorofila SPAD. Todas as variáveis foram influenciadas pela adubação de cinza vegetal e a cultivar IACOL3 apresentou maiores médias de altura de planta e número de folhas. 

Keywords


Arachis hypogaea, resíduo sólido na agricultura, oleaginosa

References


AGUIAR, A. T. DA E.; GONÇALVES, C.; PATERNIANI, M. E. A. G. Z.; TUCCI, M. L. S.; CASTRO, C. E. F. DE. Boletim 200 - Instruções Agrícolas para as Principais Culturas Econômicas.

ALVES, M. V.; NESI, C. N.; NAIBO, G.; SPRICIGO, J. G.; BENDER, A. C.; ANTUNES DA CRUZ, D. C.; CHAGAS, A.; CURTI, G. L. Comportamento químico do solo e satisfação dos produtores rurais após o uso de cinza. Scientia Agraria, v. 18, n. 1, p. 76, 2017.

ANCHESCHI, J. G. M. Produtividade e rendimento do amendoim IACOL3 em função da aplicação de doses de nitrogênio na semeadura, 2018.

BONFIM-SILVA, E. M.; DA SILVA, T. J. A.; CABRAL, C. E. A.; KROTH, B. E.; REZENDE, D. Desenvolvimento Inicial de Gramíneas Submetidas ao Estresse Hídrico. Revista Caatinga, v. 24, n. 2, p. 180–186, 2011.

BONFIM-SILVA, E. M.; COSTA, A. S.; JOSÉ, J. V.; FERRAZ, A. P. F.; DAMASCENO, A. P. A. B.; DA SILVA, T. J. A. Correction of Acidity of a Brazilian Cerrado Oxisol with Limestone and Wood Ash on the Initial Growth of Cowpea. Agricultural Sciences, v. 10, n. 07, p. 841–851, 2019.

CHEN, H.; HU, Z.; LI, X.; ZHANG, F.; CHEN, J.; ZHANG, M. Iron fertilizers applied to calcareous soil on the growth of peanut in a pot experiment. Archives of Agronomy and Soil Science, v. 62, n. 12, p. 1753–1764, 2016.

CONAB. Acomp. safra bras. grãos, v. 6 Safra 2018/19 - Quarto levantamento. Monitoramento agrícola, v. 6, n. 126, p. 2318–6852, 2019.

DUARTE, E. A. A.; MELO FILHO, P. DE A.; SANTOS, R. C. Características agronômicas e índice de colheita de diferentes genótipos de amendoim submetidos a estresse hídrico. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 17, n. 8, p. 843–847, 2013.

EMBRAPA. Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília, DF: Embrapa, 2018.

EMBRAPA, Solos. Manual de métodos de análise de solo. Rio de Janeiro: Embrapa Solos, 1997.

EPE, E. DE P. E. Balanço Energético nacional 2016: Ano base 2015. Empresa de Pesquisa Energética - Rio de janeiro: EPE, 2016.

GODOY, I. J.; MORAES, S. A.; ZANOTTO, M. D.; SANTOS, R. C. Melhoramento do Amendoim. In: BORÉM, A. (Ed.). Melhoramento de espécies cultivadas. 2 ed. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa, p.51-102. 2004.

GRACIANO, E. S. A.; PACHECO, C. M.; SANTOS, R. C. Crescimento e capacidade fotossintética da cultivar de amendoim BR 1 sob condições de salinidade Growth and photosynthetic capacity of the peanut cultivar BR 1 under saline conditions. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v. 15, n. 8, p. 794–800, 2011.

LISBOA, L. A. M.; VIANA, R. D. S.; RIBEIRO, F. V.; DE FIGUEIREDO, P. A. M.; RAMOS, S. B. Desenvolvimento inicial do amendoinzeiro sob diferentes densidades de matocompetição com Urochloa. Journal Of Neotropical Agriculture, v. 6, n. 2, p. 45–51, 2019.

MALAVOLTA, E.; VITTI, G.C.; OLIVEIRA, S.A. Avaliação do estado nutricional das plantas: princípios e aplicações. 2.ed. Piracicaba: Associação Brasileira para Pesquisa da Potassa e do Fosfato, p. 319, 1997.

MERCL, F.; GARCÍA-SÁNCHEZ, M.; KULHÁNEK, M.; KOŠNÁŘ, Z.; SZÁKOVÁ, J.; TLUSTOŠ, P. Improved phosphorus fertilisation efficiency of wood ash by fungal strains Penicillium sp. PK112 and Trichoderma harzianum OMG08 on acidic soil. Applied Soil Ecology, v. 147, p. 103360, 2020.

PEIXOTO, C. P.; GONÇALVES, J. A.; PEIXOTO, M. DE F. DA S. P.; CARMO, D. O. DO. Características agronômicas e produtividade de amendoim em diferentes espaçamentos e épocas de semeadura no Recôncavo Baiano. Bragantia, v. 67, n. 3, p. 673–684, 2008.

PEREIRA, M. T. J.; SILVA, T. J. A. DA; BONFIM-SILVA, E. M.; MAZZINI-GUEDES, R. B. Applying wood ash and soil moisture on gladiolus (Gladiolus grandiflorus) cultivation. Australian Journal of Crop Science, v. 10, n. 3, p. 393–401, 2016.

PESONEN, J.; KUOKKANEN, V.; KUOKKANEN, T.; ILLIKAINEN, M. Co-granulation of bio-ash with sewage sludge and lime for fertilizer use. Journal of Environmental Chemical Engineering, v. 4, n. 4, p. 4817–4821, 2016.

QUIRANTES, M.; CALVO, F.; ROMERO, E.; NOGALES, R. Soil-nutrient availability affected by different biomass-ash applications. Journal of soil science and plant nutrition, v. 16, 2016.

R Development Core Team. R: A language and environment for statistical computing. R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria. ISBN 3-900051-07-0, URL http://www.R-project.org/. 2011.

RENDEIRO, G.; NOGUEIRA, M. F. M.; MENDONÇA, A. C. A. B.; CRUZ, D. O. A.; GUERRA, D. R. S.; MACÊDO, E. N.; ICHIHARA, J. A. Combustão e gaseificação de biomassa sólida: soluções energéticas para a Amazônia. Brasília: Ministério de Minas e Energia, 2008.

SANTOS, D. M. DA S.; BUSH, A.; SILVA, E. R. DA; ZUFFO, A. M.; STEINER, F. Bactérias Fixadoras De Nitrogênio E Molibdênio No Cultivo Do Amendoim Em Solo Do Cerrado. Journal Of Neotropical Agriculture, v. 4, n. 5, p. 84–92, 2017.

SHAH, S. H.; HOUBORG, R.; MCCABE, M. F. Response of Chlorophyll, Carotenoid and SPAD-502 Measurement to Salinity and Nutrient Stress in Wheat (Triticum aestivum L.). Agronomy, v. 7, n. 3, p. 61, 2017.

SOLIMAN, F. Effect of Organic Nutritional Supplement on Growth, Nodulation and Yield of Peanut Cultivated Under Different Fertilization Systems. Journal of Plant Production, v. 8, n. 11, p. 1205–1213, 2017.

SOUSA, L.; SILVA, T.; SILVA, A.; DIAS, T.; SOUSA, E.; MOURA, J.; MAGALHÃES, W.; NETO, Á. Vegetable Ash as Attenuate of Saline Stress in Peanut (Arachis hypogaea L.). Journal of Experimental Agriculture International, v. 22, n. 1, p. 1–8, 2018.

SOUZA, A. P.; MOTA, L. L.; ZAMADEI, T.; MARTIM, C. C.; ALMEIDA, F. T.; PAULINO, J. Classificação Climática e Balanço Hídrico Climatológico no Estado de Mato Grosso. 2013.

VÄÄTÄINEN, K.; SIRPARANTA, E.; RÄISÄNEN, M.; TAHVANAINEN, T. The costs and profitability of using granulated wood ash as a forest fertilizer in drained peatland forests. Biomass and Bioenergy, v. 35, n. 8, p. 3335–3341, 2011.

VINCEVICA-GAILE, Z.; STANKEVICA, K.; IRTISEVA, K.; SHISHKIN, A.; OBUKA, V.; CELMA, S.; OZOLINS, J.; KLAVINS, M. Granulation of fly ash and biochar with organic lake sediments – A way to sustainable utilization of waste from bioenergy production. Biomass and Bioenergy, v. 125, n. April, p. 23–33, 2019.

WIKLUND, J. Effects of wood ash on soil fertility and plant performance in southwestern Kenya. 2017.

ZHANG, Z.; HE, F.; ZHANG, Y.; YU, R.; LI, Y.; ZHENG, Z.; GAO, Z. Experiments and modelling of potassium release behavior from tablet biomass ash for better recycling of ash as eco-friendly fertilizer. Journal of Cleaner Production, v. 170, p. 379–387, 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-275

Refbacks

  • There are currently no refbacks.