A responsabilidade social corporativa em empresa agrícola no estado de Goiás / Corporate social responsibility in agricultural company in the state of Goiás

Lucivone Maria Peres de Castelo Branco, Raquel da Silva Pereira, Emília Sousa Rodrigues

Abstract


O estudo apresentado neste artigo contempla pesquisa exploratória realizada sobre um dos projetos de empresa considerada socialmente responsável. O projeto em análise colabora com aspectos socioambientais e faz com que a sociedade perceba não tratar-se apenas de marketing aos comunicados que a referida empresa realiza, uma vez que a comunidade também se envolve apoiando o projeto, já que percebe resultados enaltecedores. A empresa em questão está localizada em Goiás e realiza esse projeto há duas décadas.


Keywords


Responsabilidade social corporativa, projeto socioambiental, Goiás.

References


ABRAMS, F. W. May, Management's Responsibilities in a Complex World. Harvard Business Review. Vol. 29, no. 3. 29-34. 1951.

ACEVEDO, C. R.; NOHARA, Jouliana Jordan. Monografia no curso de administração. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2009.

ALIGLERI, L.; ALIGLERI, L. A.; Kruglianskas, I Gestão socioambiental: responsabilidade e sustentabilidade do negócio. São Paulo: Atlas, 2009.

BARBIERI, J. C. Competitividade internacional e normalização ambiental. Revista de Administração Pública. 2013.

BANCO MUNDIAL. Public sector roles in strengthening corporate social responsibility: a baseline study. Washington, 2002. Disponível em: Acessado em: 10 set. 2018.

BIAZINI Filho, F. L. Responsabilidade Social da energia nuclear para geração elétrica no Brasil. Instituto de Pesquisas Energéticas nucleares. Autarquia Associada à Universidade de São Paulo. Tese de Doutorado. Disponível em http://pelicano.ipen.br/PosG30/TextoCompleto/Francisco%20Luiz%20Biazini%20Filho_D.pdf. Acesso em 30 out. 2018.

BRANCO, Manuel Castelo; Rodrigues, Lúcia Lima. Positioning Stakeholder Theory within the Debate on Corporate Social Responsibility. Electronic Journal of Business Ethics and Organization Studies, 12(1), p. 5-15, 2007.

BONI, V.; Quaresma, S. J. Aprendendo a entrevistar: como fazer entrevistas em Ciências Sociais. 2005. Disponível em: . Acesso em: 15 dez. 2018.

CARROLL, A. B. A three-dimensional conceptual model of corporate performance. Academy of management review, p. 497-505, 1979.

CARROLL, A. B. The pyramid of corporate social responsibility: Toward the moral management of organizational stakeholders. Business Horizons, v. 34, n. 4, p. 39-48, 1991.

CARROLL, A. B. Corporate social responsibility: Evolution of a definitional construct. Business and Society, v. 38, n. 3, p. 268-295, 1999.

CARROLL, A. B.; Shabana, K. M. The Business Case for Corporate Social Responsibility: A Review of Concepts, Research and Practice. International Journal of Management Reviews, v. 12, n. 1, p. 85-105, 2010.

IBDN – Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza. Consumidores dão preferência para empresas sustentáveis. 2017. Disponível em: . Acesso em: 17 dez. 2018.

ISO 26000. Disponível em http://inmetro.gov.br/qualidade/responsabilidade_ social/iso26000.asp. Acesso em 28 set. 2018.

INSTITUTO ETHOS. Sobre o Instituto. Disponível em: https://www.ethos.org.br/ conteudo/sobre-o-instituto/#.XBbl8_ZFzIU.Acesso em: 10 out. 2018.

FERRELL, O. C.; HARTLINE, Michael D.; LUCAS JUNIOR, George H.; LUCK, David. Estratégia de Marketing. São Paulo: Atlas, 2000.

FRIEDMAN, M. Capitalism and Freedom. University of Chicago Press, Chicago. 1962.

________. The social responsibility of business is to increase its profits. New York Times Magazine, setembro, 1970.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. Ed. São Paulo: Atlas, 2007.

GARNIER, C. de A. Responsabilidade social e ambiental da empresa. 2008. Disponível em: . Acesso em: 17 dez. 2018.

LAKATOS, E. M. & Marconi, M. A. Metodologia do trabalho científico. 7ª Ed. São Paulo: Atlas, 2007.

MAZZINI, E.; VEZZOLI, C. O. Desenvolvimento de produtos sustentáveis – os requisitos ambientais dos produtos industriais. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2002.

MENEZES, U. M.; GOMES, A. F. DANTAS, M. Z. Sustentabilidade e seus Benefícios: Práticas e Ações Sustentáveis Desenvolvidas em Empresas do Distrito Industrial dos Imborés. 2016. Disponível em: . Acesso em: 17 dez. 2018.

OLIVEIRA, M. V. C. & Carvalho, A. R. Princípios básicos do saneamento do meio. 4 ed. São Paulo: Senac, 2004.

PEREIRA, R. da S. Desenvolvimento Sustentável como Responsabilidade Social das Empresas. São Paulo: Globus, 2013.

PORTER, M. E. & Kramer, M. R. Strategy and society: the link competitive advantage and corporate social responsibility. Harvard Business Review, v. 84, N. 12, P. 78-92, 2006.

RUDIO, F. V. Introdução ao Projeto de Pesquisa Científica. 24ª ed. Petrópolis: Ed Vozes, 1999.

SORATTO, A. N.; MORINI A. A.; Almeida M. A.; Knabben P. de S.; Varvakis G.. Sistema da gestão da responsabilidade social: desafios para a certificação NBR 16001. Revista Gestão Industrial, 2006.

TENÓRIO, F. G. Cidadania e desenvolvimento local: casos brasileiros. IX Congreso Internacional del CLAD sobre la Reforma del Estado y de la Administración Pública, 9. In: Proceedings… Madrid, España, 2 – 5 Nov. 2004.

TORRES, C. A bíblia do marketing digital. 1ª edição. São Paulo: Novatec, 2009.

TRIVIÑOS, A. N. Silva. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

ZIEK, P. Making sense of CSR communication. Corporate Social Responsibility and Environmental Management, 16(3), 137-145. 2009.

YIN, R. K. Estudo de Caso: planejamento e métodos. 2. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-261

Refbacks

  • There are currently no refbacks.