A acessibilidade no sistema de organização modular de ensino em escolas do fundamental maior e médio em comunidades ribeirinhas do município de Abaetetuba Accessibility in the modular teaching organization system in elementary schools in riverside communities in the municipality of Abaetetuba

Luciano Rodrigues de Rodrigues

Abstract


A proposta do referido artigo é apresentar de forma sucinta e sistemática como as escolas ribeirinhas do município de Abaetetuba localizado na região nordeste do Estado do Pará, tem buscado garantir a inclusão e a permanência através de políticas de acessibilidade aos alunos com algum tipo de deficiência. Esta pesquisa é de cunho qualitativo e exploratória, tendo como técnica de coleta de dados a pesquisa documental e bibliográfica. Percebeu-se o enfrentamento de diversas barreiras no cotidiano dos alunos e professores inseridos no Sistema Modular. Nas considerações finais, notou-se que as escolas não fazem uso de metodologias ou recursos didático-pedagógicos direcionados às exigências apresentadas por alunos com algum tipo de deficiência. Nesse contexto, as práticas de inclusão e acessibilidade escolar mostram-se pouco aplicadas ou quase nula, portanto, nada eficaz e, consequentemente, com escassas condições de realizar-se um ensino inclusivo de boa qualidade, negando, com isso, a esses alunos com algum tipo de deficiência, o direito à uma aprendizagem libertadora, justa, adequada e eficiente. Porém há de destacar que um tratamento discriminatório ou preconceituoso dentro e fora do ambiente escolar por parte dos alunos sem deficiência ou servidores/funcionários para com os alunos com deficiência não foi percebido.

 

 


Keywords


acessibilidade, some, escolas ribeirinhas, barreiras

References


BRASIL. Lei nº 11.947 de 16 de junho de 2009. Dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar e do Programa Dinheiro Direto na Escola aos alunos da educação básica. Diário Oficial da União, 2009.

BARROS DE SOUZA, Daniela Cristina. A inclusão na perspectiva de escolas públicas e privada. Universidade estadual paulista (UNESP). Disponível em:

CORTINA, Adela. La educación del hombre y del ciudadano. Revista Iberoamericana de Educación, n. 07, p. 47, Enero abril 1995 [s.l].

CROCHÍK, José Leon et al. Relações entre preconceito, ideologia e atitudes frente à educação inclusiva. Estudos de Psicologia (Campinas), v. 26, n. 2, p. 123-132, 2009.

DO AMARAL, Nelson Cardoso. PEC 241: a “morte” do PNE (2014-2024) e o poder de diminuição dos recursos educacionais [s.l: 2017].

DA CONCEIÇÃO, Sergio Henrique. Perspectivas e Desafios Do Plano nacional De Educação (PNE) (2014-2024) no contexto Do financiamento Da Educação Básica. Educação em Revista, v. 17, n. 1, 2016 [s.l].

DE LIMA, Francisco José; DOS SANTOS SILVA, Fabiana Tavares. Barreiras atitudinais: obstáculos à pessoa com deficiência na escola. Itinerários da inclusão escolar: múltiplos olhares, saberes e práticas, 2008 [s.l].

DE PÁDUA SABIA, Claudia Pereira; ALANIZ, Érika Porceli. PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO-PNE (2014-2014): LIMITES, AVANÇOS E PERSPECTIVAS. Revista do Instituto de Políticas Públicas de Marília, v. 1, n. 1, 2015 [s.l].

NUNES, Sylvia da Silveira; SAIA, Ana Lucia; TAVARES, Rosana Elizete. Educação Inclusiva: Entre a História, os Preconceitos, a Escola e a Família. Psicologia: Ciência e Profissão, v. 35, n. 4, p. 1106-1119, 2015 [s.l].

Educação, inclusão e acessibilidade : diferentes contextos / Tania Mara Zancanaro Pieczkowki, Maria Inês Naujorks – (Orgs.) Chapecó : Argos, 2014. 223p.; 23cm. – (Debates ; 10).

GIL, Antonio Carlos; Métodos e técnicas de pesquisa social / Antonio Carlos Gil. – 6. Ed. – São Paulo : Atlas, 2008.

GIL, Antonio Carlos, 1946- Como elaborar projetos de pesquisa/Antonio Carlos Gil.-4. Ed. – São Paulo : Atlas, 2002

GARCIA, Rosalba Maria Cardoso. Política de educação especial na perspectiva inclusiva e a formação docente no Brasil. Revista Brasileira de Educação, v. 18, n. 52, p. 101-119, 2013.

HERNÁNDEZ, Irazema Edith Ramírez. El compromiso Ético del docente. Revista Iberoamericana de Educación, n. 55/2, 15/03/2011 [s.l].

LACAVA, Silvia Cedres. La educación como violencia simbólica BOURDIEU-PASSERON, 2012 [s.l]. Disponível em: . Acesso em: 17 de mar. 2017.

Métodos de pesquisa / [organizado por] Tatiana Engel Gerhardt e Denise Tolfo Silveira ; Coordenado pela Universidade Aberta do Brasil – UAB/UFRGS e pelo Curso de Graduação Tecnológica – Planejamento e Gestão para o Desenvolvimento Rural da SEAD/UFRGS. – Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

MENEZES, Ebenezer Takuno de; SANTOS, Thais Helena dos. Verbete Declaração de Salamanca. Dicionário Interativo da Educação Brasileira - Educabrasil. São Paulo: Midiamix, 2001. Disponível em: . Acesso em: 17 de mar. 2017.

PESSOA, Naara. A cultura como práxis. Cronos, Natal-RN, v. 8, n. 2, p. 619-623, jul./dez. 2007.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-252

Refbacks

  • There are currently no refbacks.