Avaliação do fator de correção de hortifrútis em uma unidade de alimentação e nutrição de Teresina - PI / Evaluation of the correction factor of vegetables in a food and nutrition unit in Teresina - PI

Natiele Bezerra Silva, Valéria Magna das Chagas Moura, Keila Cristiane Batista Bezerra

Abstract


Unidade de Alimentação e Nutrição (UAN) é um conjunto de áreas com o objetivo de operacionalizar o provimento nutricional de coletividades. A gestão da UAN deve preocupar-se com a gestão e controle das perdas em seu processo produtivo, pois, pode ocorrer desperdício, principalmente no pré-preparo. Este desperdício pode estar diretamente associado ao mau gerenciamento de recursos, sendo uma metodologia de intervenção no controle de custos e a utilização racional das ferramentas disponíveis, estratégias importantes para reduzir perdas. O Fator de Correção é um indicador para dimensionar a compra, o custo e o rendimento de alimentos e de preparações. Ele prevê as perdas inevitáveis durante a etapa de pré-preparo, no qual os alimentos são limpos, descascados, desossados e/ou cortados e é decorrente da relação entre Peso Bruto do alimento, conforme adquirido, e Peso Líquido. Por ter essa importância na produção de alimentos, o Fator de Correção deve ser continuamente estudado, verificado e atualizado em cada UAN. Este trabalho teve como objetivo determinar e avaliar o Fator de Correção e o percentual de desperdício de hortifrútis utilizados em uma UAN e compará-los com a literatura, pontuando os principais motivos que contribuem para este desperdício e indicando potenciais medidas para a redução destes níveis. O presente estudo foi realizado no mês de Maio de 2018, em uma UAN hospitalar no município de Teresina – Piauí e trata-se de um estudo transversal com caráter descritivo e quantitativo. Para a determinação do Fator de Correção, utilizou-se a fórmula desenvolvida por Araújo et al. (2007). Após a avaliação do desperdício e dos fatores de correção obtidos, observou-se que o quiabo, abacaxi, cebolinha, acelga, coentro, batata inglesa e abóbora foram os hortifrútis que apresentaram os maiores percentuais de desperdício e consequentemente os maiores resultados. Visto as grandes quantidades de alimentos que são perdidos na etapa de pré-preparo torna-se necessário um monitoramento diário desses hortifrútis para verificar o estado de conservação que estes estão chegando às unidades, e se os colaboradores responsáveis estão armazenando e manipulando de forma adequada esses alimentos.


Keywords


Hortifrútis. Desperdício. Fator de correção

References


ABREU, E.S; SPINELLI, M.G.N; PINTO, A.M.S. Gestão de unidades de alimentação e nutrição: um modo de fazer. São Paulo: Metha, 2013.

ARAÚJO, W.M.C; MONTEBELLO, N.P; BOTELHO, R.B.A. Alquimia dos alimentos. Brasília: Senac, 2007.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS EMPRESAS DE REFEIÇÕES COLETIVAS (ABERC). Manual ABERC de Práticas de Elaboração e Serviço de Refeições para Coletividades. 11 ed. São Paulo: ABERC, p.274, 2015.

AZEVEDO, A.M.F; COSTA, A.N.M.D. Determinação e Avaliação do Indice de Parte Comestível de Vegetais em uma Unidade de Alimentação e Nutrição de Fortaleza – Ceará. Rev. Simbio-Logias, v. 9, n. 12, dez. 2017.

BARROS, R.M; GARCIA, P.P.C; ALMEIDA, S.G. Análise e elaboração do fator de correção dos fatores de correção e cocção dos alimentos. Anuário da Produção de Iniciação Científica Discente, Brasília, v. 13, n. 16, p. 103-113, 2010.

BELLOT, P.E.N.R. Determinação e avaliação de fatores de correção de carnes, ovos e leguminosas. Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro de Ciências da Saúde. Departamento de nutrição. Natal – RN, 2016.

BEZERRA, A.N; et al. Avaliação do desperdício de frutas e verduras através do fator de correção em Unidade de Alimentação e Nutrição Hospitalar. FAMETRO – Faculdade Metropolitana da Grande Fortaleza, p.7, 2017.

CASTRO, M.H.C.A. Fatores determinantes de desperdício de alimentos no Brasil: Diagnóstico da situação. Monografia (Especialização emGestão de Qualidade em Serviços de Alimentação) – Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, p. 93, 2002.

CHAMBERLEM, S.R; KINASZ, T.R; CAMPOS, M.P.F.F. Resíduos orgânicos em unidades de alimentação e nutrição. Alim. Nutr., Araraquara, v. 23, n. 2, p. 317-325, abr/jun, 2012.

DEGIOVANNI, G.C; et al. Hortaliças in natura ou minimamente processadas em unidades de alimentação e nutrição: quais aspectos devem ser considerados na sua aquisição?. Rev. Nutr, Campinas, v. 23, n. 5, p. 813-822, set/out, 2010.

DOMENE, S.M.A. Técnica dietética: teoria e aplicações. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.

GOES, V. F; VADULGA, L; SOARES, B.M. Determinação e avaliação do fator de correção de hortaliças em uma unidade de alimentação e nutrição de Guarapuava – PR. Paraná. Unopar Científica Ciências Biológicas e da Saúde, v. 15, p.339-42, 2013.

HIRSCHBRUCH, M.D. Unidades de Alimentação e Nutrição: desperdício de alimentos x qualidade da produção. Higiene Alimentar, v. 12, p. 12-14, 1998.

KRAUSE, R.W; BAHLS, A.A.D.S.M. Orientações gerais para uma gastronomia sustentável. Turismo-Visão e Ação, v. 15, n. 3, p. 434-450, 2013.

LEMOS A.G; BOTELHO, R.B.A; AKUTSU, R.C.C.A. Determinação do fator de correção das hortaliças folhosas comercializadas em Brasília. Horticultura Brasileira, v. 29, p. 231-236, 2011.

MONTEIRO, H.T. Técnicas de preparo e pré-preparo de alimentos. “In”: JAPUR, C.C; VIEIRA, M.N.C.M. Nutrição e Metabolismo: Dietética aplicada na produção de refeições. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, p. 28-47, 2012.

ORNELAS, L. H. Técnica Dietética: seleção e preparo de alimentos. 8. ed. São Paulo: Editora Atheneu, 2013.

PILON, L. Estabelecimento da vida útil de hortaliças minimamente processadas sob atmosfera modificada e refrigeração. Dissertação (Mestrado) - Curso de Engenharia Agronômica, Universidade de São Paulo, Piracicaba, p.111, 2003.

RICARTE M.P.R; et al. Avaliação do desperdício de alimentos em uma Unidade de Alimentação e Nutrição Institucional em Fortaleza-CE. Saber Cient, v. 1, p.158-75, 2008.

SARAIVA, B.C.A; et al. Avaliação do desperdício de hortifrútis em Unidades Produtoras de Refeição. Rev. Demetra, Minas Gerais, v. 9, n. 3, p. 823-831, 2014.

SCHNEIDER, I; WARKEN, D; SILVA, A.B.G. Redução do fator de correção (fc) das hortaliças no pré-preparo de uma unidade de alimentação e nutrição (uan) no interior do Vale do Taquari. Rio Grande do Sul, Rev. Destaques Acadêmicos, v. 4, n. 3, 2012.

SOARES, I.C.C; et al. Quantificação e análise do custo da sobra limpa em unidades de alimentação e nutrição de uma empresa de grande porte. Revista Nutrição, Campinas, v. 24, n. 4, p. 593-604, jul/ago, 2011.

SOUZA, M.C; et al. Emprego do frio na conservação de alimentos. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v.9, n.16, p. 1027-1046, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-251

Refbacks

  • There are currently no refbacks.