A Aprendizagem Dos Provérbios Em Língua Portuguesa: Uma Proposta De Atividade Por Meio Da Literatura De Cordel / Learning Proverbs In Portuguese Language: A Proposal Of Activity Through Cordel's Literature

Michele Serafim Dos Santos

Abstract


O ensino de Língua Portuguesa exige práticas voltadas para o desenvolvimento de habilidades em leitura e escrita, sabe-se que, algumas vezes, os textos são utilizados como pretexto para o ensino de gramática, estudos de regras que desconsideram o sujeito leitor, transformando a aprendizagem em mera repetição de normas, que não fazem sentido para os estudantes em sua vida real, pois desprezam o contexto social destes. Portanto, a leitura se caracteriza, nesta proposta metodológica, como um processo discursivo em que considera o sujeito leitor como produtor de significados. “É o histórico-social que determina o comportamento, as atitudes, a linguagem, bem como as crenças e valores do sujeito leitor”. (CORACINI, 1995, p.15). Nessa perspectiva, realizamos uma proposta híbrida interdisciplinar em Língua Portuguesa, com componentes curriculares de Arte, Geografia e História, utilizando como recurso textos multimodais. Neste sentido, visando utilizar metodologias diversas, segundo Bacich & Moran (2018), que favoreçam a pesquisa em fraseologia na educação básica, oportunizaremos o estudo dos provérbios segundo Xatara & Succi (2008) e Santos (2013), por meio da Literatura de Cordel, de forma que possa ser utilizado com estudantes do Ensino Fundamental II, buscando desenvolver Habilidades e Competências de comunicação. Todavia, esperarmos por mudanças nas práticas em sala de aula no que se refere à aprendizagem da fraseologia em consonância com práticas que viabilizem o desenvolvimento das habilidades e competências conforme as exigências da BNCC.


Keywords


Formação de Professores. Prática Interdisciplinar. Metodologias

References


BACICH, Lilian & MORAN, José. Metodologias Ativas para uma Educação Inovadora: Uma Abordagem Teórico-Prática. Porto Alegre: Penso, 2018.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF, 2017. Disponível em: < http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/ >. Acesso em: set. 2018.

CORACINI, M J. R. Faria. O jogo discursivo na aula de leitura: língua materna e língua estrangeira. Campinas, SP: Pontes. 2. ed. Campinas-SP: Pontes Editora, 1995/2010.

DEMO, Pedro. Atividades de aprendizagem: sair da mania do ensino para comprometer-se com a aprendizagem do estudante [recurso eletrônico] / Pedro Demo. Campo Grande, MS: Secretaria de Estado de Educação do Mato Grosso do Sul – SED/MS, 2018. 180 p., 1,27 MB; ePDF.

GAIÃO. Ismael. Os ditados populares em literatura de cordel. Disponível em https://www.recantodasletras.com.br/cordel/6050121.

ILLERA, José Luiz R. Os conteúdos em ambientes virtuais: organização, códigos e formatos de representação. In: COLL, César; MONEREO, Carles. Psicologia da educação virtual: aprender e ensinar com as tecnologias da informação e da comunicação. Porto Alegre: Artemed, 2010. (p.140)

MUNIZ, C. A. G.; MARQUES, E. A. Culturemas na tradução de provérbios: algumas considerações teóricas. Revista Virtual de Estudos da Linguagem (REVEL), v.15, p.81 – 98, 2017. http://www.revel.inf.br/files/403867c02b0b13386a660c599699fe71.pdf

ROJO, Roxane. Gêneros de discurso/texto como objeto no ensino de línguas: um retorno ao trivium?. In: [Re]discutir texto, gênero e discurso/Inês Signorini (organizadora); São Paulo: Parábola Editorial. 2008

ROJO, R; BARBOSA, J. Collins, H. Letramento Digital: um trabalho a partir dos gêneros dos discursos. In: Acir Mário Karwoski, Beatriz Gaydeczka, Karim Siebeneicher Brito (Org). Gêneros textuais: Reflexão e Ensino. Palmas e União da Vitória, PR: Kaygangue, 2005.

SANTOS. Ana Paula Goncalves. O lugar dos provérbios no ensino de língua portuguesa: uma análise do livro didático de português do Ensino Fundamental II. 2013. Disponível em http://www.bibliotecadigital.ufmg.br/dspace/handle/1843/MGSS-9BHN63. Consultado em: 27 de nov. de 2018.

SANTOS, Valdeir Brito e MARIANO, Márcia Regina Curado Pereira. Sequência Didática. GÊNERO TEXTUAL: PROVÉRBIO. 27 de março de 2017/língua dinâmica. Disponível em: https://linguadinamica.wordpress.com/2017/03/27/sequencia-didatica-genero-textual-proverbio/

SILVA. José Pereira. Os Provérbios no Dicionário Brasileiro de Fraseologia. (UERJ/ABF). Disponível e em http://www.filologia.org.br/anais/anais%20iv/civ03_27-36.html. Consultado em 26 de out. de 2018.

Site disponível em https://www.significados.com.br/literatura-de-cordel/. Consultado em 26 de out. de 2018.

XATARA. Claudia Maria Xatara & SUCCI. Thais Marini. Revisitando o Conceito de Provérbio. VEREDAS - Revista de Estudos Linguísticos Disponível em file:///C:/Users/mssantos/Downloads/25193-Texto%20do%20artigo-98813-1-10-20160711%20(1).pdf




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-224

Refbacks

  • There are currently no refbacks.