Produção de bioplástico feito a partir de resíduos orgânicos/ Production of bioplastics made from organic waste

Amanda Aparecida de Almeida, Anamable Reque Borges, Fernanda Batista de Paula, Geovana Oliveira Marques, Karen Felix Lopes, Mauro Luiz Begnini

Abstract


Durante muito tempo foi comum a utilização de sacolas plásticas. Nos dias atuais, no entanto, percebeu-se o grande impacto que o plástico provoca no meio ambiente. Visando a diminuição desse impacto, diversas alternativas vêm sendo estudadas e testadas. Na fabricação do plástico utiliza-se polietileno, polímero que é derivado do petróleo, portanto não renovável e de decomposição demorada. Como alternativa ao polietileno, destacam-se os polissacarídeos, que são biopolímeros capazes de obter géis e soluções viscosas em meio aquoso. O presente artigo apresenta o uso de casca de mandioca e de batata, que possuem alto teor de amido, podendo assim ser usados para a produção de bioplástico, o qual apresenta as vantagens de baixo custo de produção, pois sua matéria prima é o resíduo que normalmente seria descartado, além disso ele não é tóxico e apresenta fácil degradação. Outra vantagem seria tornar o país menos dependente de petróleo. Na produção além das cascas, também foram utilizados água, glicerina e ácido acético. As cascas e a água foram trituradas em um liquidificador. A mistura obtida foi deixada em repouso, o amido decantado foi misturado aos demais componentes e submetido à aquecimento. O bioplástico foi colocado para secar à temperatura ambiente. Ao final do procedimento o bioplástico, apresentou boa consistência e elasticidade. Foi feita a análise da resistência que também apresentou resultados satisfatórios.


Keywords


Mandioca. Batata. Biopolímero

References


AQUARONE, E.; BORZANI, W.; SCHIMIDELL, W. Biotecnologia Industrial: Processos Fermentativos e Enzimáticos. São Paulo: Editora Edgard Ltda., v.3, 2001.

ESCOBAR, Decio. As vantagens do uso do Bioplástico. 2016. Disponível em < http://bioplasticnews.blogspot.com .br/2009/04/as-vantagens-do-uso-do-bioplastico.html >. Acesso em 13 de setembro. 2016.

FERREIRA, B. M; BENTO, H, B, S. Produção e análise de um biopolímero a partir de fécula de mandioca com adição de glicerol. 2013. 46 f. Trabalho de Conclusão de Curso- Escola de Engenharia de Lorena, Universidade de São Paulo, Lorena, 2013.

FOGAÇA, Jennifer. Produção de plástico biodegradável de amido de batata. 2014. Disponível em: < http://educador.brasilescola.uol.com.br/estrategiasensino/producao-plastico-biodegradavelamido-batata.htm >. Acesso em 02 de outubro. 2016.

MAUGERI, F. Produção de Polissacarídeos. In: LIMA, U. A.;

MOREIRA, A. N.; DEL PINO, F. A. B.; VENDRUSCOLO, C. T. Estudo da produção de biopolímeros via enzimática através da inativação de lise celular e com células viáveis de Beijerinckia sp. 7070. Ciência e Tecnologia de Alimentos, 23:2, 300-305, 2003.

PENSAMENTO VERDE. Impacto das Sacolas Plásticas no Meio Ambiente. 2013. Disponível em: < http://www.pensamentoverde.com.br/meio-ambiente/impacto-das-Jennifer Fogaçasacolas-plasticas-no-meio-ambiente/ >. Acesso em: 27 de agosto. 2016.

RODRIGUES, K.; LIMA, M.; GONZALES, M.; KRETZMANN, N.. Produção de bioplastico a partir da casca de batata (solanum tuberosum). XI Semana de Extensão, Pesquisa e Pós-Graduação SEPesq, Centro Universitário Ritter dos Reis. 2015.

WOICIECHOWSKY, A. L. Desenvolvimento de bioprocesso para a produção de goma xantana a partir de resíduos agroindustriais de café e de mandioca, Tese de Doutorado – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-201

Refbacks

  • There are currently no refbacks.