Simulação de um sistema de filas em uma casa lotérica de Macapá, utilizando o software Arena / Simulation of a system of queues in a lottery house of Macapá, using the Arena software

Fernando Rodrigues Dos Santos, Sil Franciley Dos Santos Quaresma, Kleber Bittencourt Oliveira, Edílson Marques Magalhães

Abstract


As filas de modo geral, estão presentes no cotidiano das pessoas, sejam em bancos, cinemas, lojas e até mesmo em hospitais, de forma que as pessoas se acostumaram com um volume considerável de filas, ainda assim, se irritam e se estressam se permanecerem por muito em fila à espera de atendimento. Devido a esse aumento das exigências dos consumidores, se faz necessário que as organizações busquem ajustar sua capacidade de atendimento em função de sua demanda. Desta maneira foi elaborado este artigo objetivando realizar um estudo visando reduzir o tempo de permanência dos clientes em fila em uma casa lotérica na cidade de Macapá-Amapá, analisando vários cenários, através de simulação no software Arena. O estudo se deu no setor de atendimento da casa lotérica, especificamente na fila destinada a clientes convencionais, considerando as médias dos intervalos de chegadas dos clientes, e dos tempos de atendimentos realizados pelos guichês, como parâmetros de entrada no software Arena.Com tal estudo, pode-se identificar, através dos indicadores de desempenho da fila do cenário real da casa lotérica, o ponto crítico (gargalo) que causa o surgimento das filas no sistema, e assim, propor melhorias por meio da simulação de cenários hipotéticos com o intuito de reduzir o tempo de permanência dos clientes em fila. Onde foi possível verificar, que para se ter um resultado satisfatório, é necessário a adição de no mínimo 2 guichês de atendimento, colaborando para uma redução que era superior a 45 minutos, para menos de 2 minutos a média do tempo de espera em fila.

 

 


Keywords


Teoria das Filas, Software Arena, Simulação.

References


REFERÊNCIAS

CAMELO, G. R. et al. Teoria das Filas e da simulação aplicada ao embarque de minério de ferro e manganês no terminal marítimo de Ponta da Madeira. Anais do 30º Encontro Nacional de Engenharia de Produção, ENEGEP-10,n.129, São Carlos, Brasil, 12-15 Outubro, 2010.

GEIER, L. A. et al. Dimensionamento do número de caixas executivos em relação à demanda e tempo de atendimento: um estudo de caso em uma agência bancária no interior do estado de Mato Grosso. Anais do 30º Encontro Nacional de Engenharia de Produção, ENEGEP-10, n.113, São Carlos, Brasil, 12-15 Outubro, 2010.

IGLESIAS, F. Comportamento em Filas de Espera: uma análise multimétodos. 2007. 148 f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Universidade de Brasília, Brasília, 2007.

MARTINS, E. Contabilidade de Custos. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

OLIVEIRA, V. A., AGUIAR, M. L., VARGAS, J. B. Engenharia de controle: fundamentos e aula de laboratório. Rio de Janeiro: Elsevier, 2016.

PARAGON. Arena. Disponível em: . Acesso em 02 de dezembro de 2019, 09h15min.

PRADO, D. S. Teoria das filas e simulação. Belo Horizonte: Falconi, 2014.

ROMERO, C. M. et al. Aplicação da teoria das filas na maximização do fluxo de paletes em uma indústria química. Revista Pesquisa Operacional para o Desenvolvimento, v.2, n.3, pp. 226-231. 2010.

SEBRAE. Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas. Como montar uma casa lotérica. Disponível em: . Acesso em: 05 de dezembro de 2019, 15h25min.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-200

Refbacks

  • There are currently no refbacks.