As expressões das desigualdades de gênero na saúde / Expressions of gender inequalities in health

Sara Alves Henriques, Lucia Cristina dos Santos Rosa

Abstract


Este texto tem como objetivo realizar uma revisão de literatura a partir das expressões das desigualdades em saúde, considerando que essas estão diretamente relacionadas aos marcadores de classe social, etnia e ênfase no gênero, o tripé dos principais marcadores de identidade e diferenciais de acesso aos serviços de saúde. O resultado sinaliza que apesar de alguns avanços ainda são recorrentes as desigualdades relacionadas à saúde da mulher.

 

 


Keywords


Gênero; Desigualdade Social; Saúde.

References


AQUINO, Estela M.L.; MENEZES, Greice M.S.; AMOEDO, Marúcia B. Gênero e saúde no Brasil: considerações a partir da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios. Revista Saúde Pública, São Paulo, 26(3): 195-202, 1992.

BARATA, Rita Barradas. Como e Por Que as Desigualdades Sociais Fazem Mal à Saúde. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz, 2009. 120 p.

BARRETO, Mauricio Lima. Desigualdades em Saúde: uma perspectiva global. Ciência e Saúde Coletiva, 22(7): 2097-2108, 2017.

BATISTA, Gláucia de Fátima. Saúde e gênero: conceito de gênero na produção científica brasileira de saúde e representação de gênero pelos gestores locais da atenção primária. Dissertação (mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde do Centro de Pesquisas René Rachou. Belo Horizonte, 2014.

BRASIL DATASUS. Dados preliminares de 2017. Disponível em: http://www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php?area=0205&id=1140005&VObj=http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/deftohtm.exe?sim/cnv/pobt10

_____. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, 1988.

_____. IBGE. Mulher estuda mais, trabalha mais e ganha menos do que o homem. Disponível em: https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/20234-mulher-estuda-mais-trabalha-mais-e-ganha-menos-do-que-o-homem

_____. Ministério da Saúde. Lei n° 8.080, de 19 de setembro de 1990.

SIQUEIRA, Natália Leão. Gênero e saúde no Brasil: a (re)produção de desigualdades. Dissertação (mestrado) – Universidade Federal de Minas Gerais, Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas. 2014.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-163

Refbacks

  • There are currently no refbacks.