Caracterização farmacognóstica, térmica e morfológica das cascas e folhas de Triplaris gardneriana Weed / Pharmacognostic, thermal and morphological characterization of the bark and leaves of Triplaris gardneriana Weed

Sandra Kelle Souza Macêdo, Kátia Simoni Bezerra Lima, Pedro José Rolim Neto, Larissa Araújo Rolim, Xirley Pereira Nunes

Abstract


Triplaris gardneriana Wedd. (Polygonaceae) conhecida popularmente como “pajéu” é utilizada na medicina tradicional para tratar blenorragia, leucorreia, hemorroidas sangrentas, inflamação dos órgãos internos, dor, entre outros. Dessa forma, é de suma importância o estudo para avaliar seus parâmetros de qualidade, uma vez que é bastante utilizada pela população. Com isso, objetivou-se realizar uma caracterização farmacognóstica, térmica e morfológica das cascas e folhas da espécie. O material vegetal foi submetido aos ensaios de determinação da granulometria dos pós, da perda por dessecação, de cinzas totais, de cinzas insolúveis em ácido, do índice de espuma, de substâncias extraíveis por álcool de acordo com procedimentos descritos na Farmacopeia Brasileira. Como também uma análise térmica por termogravimetria (TG) e morfológica por Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) apenas das folhas. Os pós das cascas e folhas foram classificados como moderadamente grosso e os testes farmacognósticos apresentaram teores aceitáveis. As imagens da droga vegetal (folhas adulta) revelaram partículas irregulares quanto ao tamanho e a forma. Um perfil térmico também foi obtido para a droga vegetal. A caracterização da droga vegetal das folhas e cascas de T. gardneriana estabeleceu a padronização da matéria-prima vegetal a ser utilizada no desenvolvimento de fitoterápicos, garantindo qualidade, reprodutibilidade e segurança do material vegetal.


Keywords


Pajeú, Droga vegetal, Controle de Qualidade, Farmacopeia Brasileira.

References


ARAÚJO, A. A. S. et al. Determinação dos teores de umidade e cinzas de amostras comerciais de guaraná utilizando métodos convencionais e análise térmica. Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas, v. 42, n. 2, p. 269-277, 2006.

ARAUJO, M. M. Estudo etnobotânico das plantas utilizadas como medicinais no assentamento Santo Antônio, Cajazeiras, PB Brasil. 2009. 130 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais e Ambientais) - Universidade Federal de Campina Grande, Patos, 2009.

ALVES, J. M. P. Desenvolvimento de métodos analíticos e impressões digitais cromatográficas para controle de qualidade de drogas vegetais de espécies da família Bromeliaceae.2016. 87 p. Dissertação (Mestrado em Recursos Naturais do Semiárido) - Universidade Federal do Vale do São Francisco, Petrolina, 2016.

ALMEIDA, T. S. et al. Phenolic compounds of Triplaris gardneriana can protect cells against oxidative stress and restore oxidative balance. Biomedicine & Pharmacotherapy, v. 93, p. 1261-1268, 2017.

BRASIL. Farmacopeia Brasileira, 5. ed. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília: ANVISA, 2010. p. 91-199. v. 1. Disponível em: . Acesso em: 18 Fev. 2020.

BRASIL, Farmacopeia Brasileira, 5. ed. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Brasília: ANVISA, 2010a, p. 1–44 . v.2. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/documents/33832/259143/Plantas+medicinais+Pronto.pdf/1b7220eb-a371-4ad4-932c-365732a9c1b8. Acesso em: 18 Fev. 2020.

CARTAXO, S. L; SOUZA, M. M. A.; ALBUQUERQUE, U. P. Medicinal plants with bioprospecting potential used in semi-arid northeastern Brazil. Journal of ethnopharmacology, v. 131, n. 2, p. 326-342, 2010.

FERREIRA, P. A. et al. Characterization and standardization of the herbal drug Baccharis trimera (Less.) DC and its lyophilized extract. International Journal of Pharmaceutical Sciences and Research. v.5, p. 5191–5200, 2014.

QUINTÃO, N. L.M et al. Aleurites moluccana (L.) Willd. leaves: mechanical antinociceptive properties of a standardized dried extract and its chemical markers. Evidence-Based Complementary and Alternative Medicine, v. 2011, 2011.

LOPES NETO, J.J. et al. Impact of bioaccessibility and bioavailability of phenolic compounds in biological systems upon the antioxidant activity of the ethanolic extract of Triplaris gardneriana seeds. Biomedicine & Pharmacotherapy, v. 88, p. 999-1007, 2017.

MACÊDO, S. K. S. et al. Photoprotective and antioxidant activities of Triplaris gardneriana Wedd. Journal of Medicinal Plants Research. v. 9, n. 7, p. 207–215, 2015.

MACÊDO, S. K.S. et al. GC-MS analysis of esterified fatty acids obtained from leaves and seeds of Triplaris gardneriana Wedd. African Journal of Pharmacy and Pharmacology, v. 10, n. 30, p. 623-630, 2016.

MACÊDO, S. K. S et al. Phytochemical identification and quantification of quercetin in Triplaris gardneriana wedd. leaves by HPLC-DAD with evaluation of antibacterial activity. Natural product research, p. 1-6, 2019.

PEREIRA JÚNIOR, L.R. et al. Espécies da Caatinga como alternativa para o desenvolvimento de novos fitofármacos. Floresta e Ambiente, Seropédica, v.21, n.4, p. 509-520, 2014.

SIMÕES, C.M.O. et al. Farmagnosia da planta ao medicamento. 6. ed. Porto Alegre: UFRGS, 2010.

SILVA, M.A.B. et al. Levantamento etnobotânico de plantas utilizadas como anti-hiperlipidêmicas e anorexígenas pela população de Nova Xavantina-MT, Brasil. Revista Brasileira de Farmacognosia, v. 20, n. 4, p. 549-562, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-158

Refbacks

  • There are currently no refbacks.