A Filosofia Lean na Indústria Brasileira: Revisão da Literatura / Lean Philosophy in Brazilian Industry: Literature Review

Aparecida Massako Tomioka, Janaina de Souza Leite, José Manoel Souza das Neves, Maria Lúcia Pereira da Silva

Abstract


Este artigo teve o objetivo de analisar a aplicação da filosofia Lean na indústria manufatureira no Brasil, no período de dez anos, para estabelecer uma relação quanto às tendências, fatores de sucesso, oportunidades e identificar lacunas na implantação dos processos enxutos. A compreensão desses fatores, permite conhecer o status quo quanto às práticas Lean no contexto produtivo e econômico da indústria brasileira. A relevância desta pesquisa está em proporcionar informações que contribuam para a tomada de decisão e ações estratégicas para a melhoria continua dos processos produtivos. O método aplicado neste trabalho foi a pesquisa qualitativa, descritiva, bibliográfica e com o uso da análise de conteúdo, com categorização “à priori” sob artigos que abordam o tema e obtidos na base Web of Science. Nos resultados e discussões, aplicou-se a análise SWOT, e SWOT cruzada, estabelecendo as relações entre as tendências, fatores de sucesso, oportunidades e lacunas permitindo estabelecer o delineamento de estratégias importantes para o futuro das organizações e, também, propondo possíveis cenários para os gestores estabelecerem suas tomadas de decisão.


Keywords


Lean Production, Fatores de Sucesso, Oportunidades, Lacunas, Indústria Brasileira

References


AUDENHOVE, L. Van, 2007. Expert Interviews and Interview Techniques for Policy Analysis. Expert Interviews 33.

BAKER, S.E., EDWARDS, R., 2012. How many qualitative interviews is enough: Expert voices and early career reflections on sampling and cases in qualitative research. Natl. Cent. Res. Methods Rev. Pap. 1–43. https://doi.org/10.1177/1525822X05279903

BARDIN, L. (2011). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

BAMFORD, D. R.; GREATBANKS, R. W. The use of quality management tools and techniques: a study of application in everyday situations. International Journal of Quality & Reliability Management, v. 22, n. 4, p. 376-392, 2005.

CHIAVENATO, I. & SAPIRO, A. (2003). Planejamento Estratégico: fundamentos e aplicações. 1. ed. 13° tiragem. Rio de Janeiro: Elsevier.

BARRETO, D.R., PEBA, F.C., CALCIOLARI, A.R., ALMEIDA, L.S. Identificação De Riscos Inerentes A Produção De Petróleo Em Águas Profundas Através Da Análise Swot. Revista de Trabalhos Acadêmicos Lusófona v.1. n.1. jul./dez.2018.

FAVONI C., GAMBI, L. D. N., CARETA, C. B. Oportunidades de Implementação de Conceitos e Ferramentas de Produção Enxuta Visando Melhoria da Competitividade de Empresas Calçadista de Jaú/Sp. Revista Produção Online, 2013.

FILHO, M. G.; CAMPOS, F. C. de; ASSUMPÇÃO, M. R. P. Revisão sistemática da literatura com análise bibliométrica sobre estratégia e Manufatura Enxuta em segmentos da indústria. Gestão e. Produção., São Carlos, v. 23, n. 2, p. 408-418, 2016 Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/0104-530X1683-14

GOTTFRIED, Oliver.; DE CLERCQ, Djavan.;BLAIR, Elena.;WENG, Xin.; WANG, Can. SWOT-AHP-TOWS analysis of private investment behavior in the Chinese biogas sector. Journal of Cleaner Production (2018), doi: 10.1016/j.jclepro.2018.02.173

GONÇALES FILHO, M., CAMPOS, F.C., ASSUMÇÃO, R. P. Revisão sistemática da literatura com análise bibliométrica sobre estratégia e Manufatura Enxuta em segmentos da indústria. Gest. Prod., São Carlos, 2016. 408-418.

GONÇALES, M., BARROS, M. J. de Campos; CRUSSELL, R. S..; TAYLOR, B.W. Kaizen Application at The Reception Stage in a Sugarcane Plant. Operations Management, Prentice-Hall, Englewood Cliffs, NJ, 2000.

GUIMARÃES, M. R. N., TEODORO Fº, A. M., LARA. F. F., SALTORATO, P. Estratégia de Produção na Indústria de Autopeças: Estudo Multicasos Em Empresas da Região de Sorocaba. Revista Produção Online, 2014.

JANIS, I. L. 1982 [1949]. O problema da validação da análise de conteúdo. In: LASSWELL, H; KAPLAN, A. A linguagem da política. Brasília: Editora da Universidade de Brasília

LIKER, J. (2004). The Toyota Way: 14 management principles from the world’s greatest Manufacturer. New York: McGraw-Hill.

LIKER, J., MORGAN, J. (2006). The Toyota product development system: integrating people, process and technology. New York: Productive Press.

MARONDIN, G. A. et al. Contextual factors and lean production implementation in the Brazilian automotive supply chain. Supply Chain Management an International Journal, 2016.

PINHEIRO, L. M. P.; TOLEDO, J.C. Aplicação da abordagem Lean no processo de desenvolvimento de produto: um survey em empresas industriais brasileiras, 2014. Gestão & Produção, http://dx.doi.org/10.1590/0104-530X1313-15

PEREIRA, C. M., ANHOLON. R., BATOCCHIO, A. Obstacles and Difficulties Implementing the Lean Philosophy in Brazilian Enterprises. Brazilian journal of operations & production management, 2017.

RUSSELL, R. S.; TAYLOR, B. W. Operations Management, Prentice-Hall, Englewood Cliffs. NJ, 2000.

SOUSA MENDES, G. H.; TOLEDO, J. C. (2015). Organizational characteristics in concurrent engineering: Evidence from Brazilian small and medium enterprises in the medical device industry. Concurrent Engineering, Research and Applications, 23(2), 135-144. http:// dx.doi.org/10.1177/1063293X15569512.

SPRADLEY, James. Participant observation. Fort Worth: Harcourt Brace Jovanovich College Publishers. 1980.

TOLEDO, J. C., SILVA, S. L., MENDES, G. H. S., JUGEND, D. (2008). Fatores críticos de sucesso no gerenciamento de projetos de desenvolvimento de produto em empresas de base tecnológica de pequeno e médio porte. Gestão & Produção, 15(1), 117-134. http://dx.doi.org/10.1590/ S0104-530X2008000100011.

TORTORELLA, G. L. F. D. Implementation of Industry 4.0 and lean production in Brazilian manufacturing companies. International Journal of Production Research, 2018.

WOMACK, J.P.; JONES, D.T.; ROOS, D., 1992, A Máquina que Mudou o Mundo, 5ed. Rio de Janeiro, Editora Campus Ltda.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-154

Refbacks

  • There are currently no refbacks.