Documentação e conservação do patrimônio cultural industrial edificado em Iguatu-CE: estudos de caso sobre a ponte ferroviária e a cidao s/a / Documentation and conservation of industrial cultural heritage built in Iguatu-CE: case studies on the railway bridge and cidao s / a

Rodrigo Rolim De Sousa

Abstract


A pesquisa ora apresentada reporta-se ao acervo do patrimônio cultural industrial localizado em Iguatu, no sertão do Ceará, edificado entre os anos de 1910 e 1930, e relacionado à extinta Companhia Industrial de Algodão e Óleos – CIDAO S/A, com vistas a sua conservação. Parte relevante da história da cidade e da industrialização do Estado estão constituídas na paisagem urbana dos bairros do Prado e Santo Antônio, localizados no município de Iguatu, delineados a partir da expansão ferroviária e da atividade algodoeira. Objetiva-se, através do estudo destes sítios, estabelecer o corpus patrimonial e a sua relação com os agentes públicos e privados. A metodologia utilizada desenvolveu-se procurando oferecer continuidade às pesquisas consolidadas referentes ao patrimônio urbano e arquitetônico do período colonial, aliando-se aos esforços em curso no campo patrimonial de natureza industrial de Fortaleza, Ceará. Guarnecido de levantamento fotográfico e mediante consultas bibliográficas, fez-se um rigoroso exercício de reconstituição cartográfica. O Estudo analisa a relevância de inventariar algumas das obras abordadas e identificar outras possíveis, em seus diversos usos e escalas. Em especial, destaque-se a Estação Ferroviária de Iguatu, a Capela de Nossa Senhora das Dores, a Vila Operária e o Hospital Santo Antônio dos Pobres – edificações que são plurais e que refletem a realidade dos mais diversos grupos que integram aquela sociedade. Entende-se, assim, que as ações de conservação devem ser coordenadas e integradas por todas as entidades envolvidas no processo de conservação, sejam públicas ou privadas. Ademais, foram apresentados dois estudos de caso, envolvendo a Ponte Ferroviária sobre o Rio Jaguaribe e a CIDAO. O primeiro aborda o equipamento ferroviário, que, depois de extinta sua função original em razão da desativação da rede ferroviária até então existente, sofreu ações mínimas de conservação, mas, apesar disso, tornou-se o principal monumento histórico da cidade. O segundo, por sua vez, envolve os galpões onde funcionavam a CIDAO S/A, que, tendo permanecido sem uso após o encerramento das atividades da companhia, foram transformados em campus universitário. No entanto, ao final da pesquisa, observa-se a necessidade emergente de uma integração dos atores sociais, assim como, uma articulação entre a Prefeitura Municipal do Iguatu, o Governo do Estado do Ceará, a Diocese do Iguatu e o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN, para o desenvolvimento de ações públicas eficientes e coordenadas.


Keywords


Patrimônio industrial; arquitetura ferroviária; conservação patrimonial.

References


ANDRADE JÚNIOR, Nivaldo Vieira de. Ampliação do conceito de Patrimônio edificado no Brasil. In: GOMES, Marco Aurélio A. de Filgueiras; CORRÊA, Elyane Lins (Coord). Reconceituações Contemporâneas do Patrimônio. Salvador: EDUFBA, 2011.

ANDRADE, Margarida Júlia F.S. Fortaleza em perspectiva histórica: poder público e iniciativa privada na apropriação e produção material de cidade (1810-1933). Fortaleza: Fundação Waldemar Alcântara, 2019.

ARAGÃO, R. Batista. Iguatu: História. Fortaleza: COPCULTURS, 1998.

AUTORIA DESCONHECIDA. Ponte Metálica. Formato JPEG. Disponível em: . Acesso em: 14 dez. 2019.

CASTRIOTA, Leonardo Barci. Conservação e Valores. In: GOMES, Marco Aurélio A. de Filgueiras; CORRÊA, Elyane Lins (Coord). Reconceituações Contemporâneas do Patrimônio. Salvador: EDUFBA, 2011.

CAPELO FILHO, José; SARMIENTO, José. Arquitetura Ferroviária no Ceará: Registro Gráfico e Iconográfico. Fortaleza: Secretaria de Cultura do Estado do Ceará: Edições UFC, 2010.

CHOAY, Françoise. A alegoria do patrimônio. São Paulo: Edição Liberdade: Editora UNESP, 2001.

FARIAS, Gardevânia. O Conciso Inventário do Patrimônio Histórico e Arquitetônico de Iguatu. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2011.

FERNANDES NETO. Sumiço de material de demolição da antiga CIDAO em Iguatu será investigado pelo Governo do Estado. Ceará Notícia, 27 nov. 2011. Disponível em: . Acesso em: 12 dez. 2019.

GIESBRECHT, Ralph Mennucci. Rede de Viação Cearense (1910-1975). Estações Ferroviárias. 30 jan. 2019. Disponível em: . Acesso em: 13 dez. 2019.

GOOGLE. Google Street View. Vila Operária. Disponível em: 14 dez. 2019.

______. ______. Obra contemporânea do governo do Estado no entorno do Hospital. Disponível em: 14 dez. 2019.

______. ______. Hospital Santo Antônio dos Pobres. Disponível em: 14 dez. 2019.

GUIMARÃES, Antônio Luciano de Lima (coord.). Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano de Iguatu. Caracterização do Município de Iguatu. Fortaleza, abr. 2000. Inclui mapas.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Iguatu. Panorama. Disponível em: . Acesso em: 14 dez. 2019.

______. Câmara Municipal e Cadeia Pública: Iguatu, CE. Formato JPEG. Disponível em: . Acesso em 14 dez. 2019.

______. CE35825. Formato JPEG. Disponível em: . Acesso em: 14 dez. 2019.

JUCÁ NETO, Clovis Ramiro. Primórdios da Urbanização no Ceará. Fortaleza: Edições UFC: Editora Banco do Nordeste do Brasil, 2012.

KÜHL, Beatriz Mugayar. Preservação do Patrimônio Arquitetônico da Industrialização: Problemas Teóricos de Restauro. 2.ed. Cotia: Ateliê Editorial, 2008, p.58.

LIMA, Átila de Meneses. A Geografia Histórica de Iguatu-CE: uma análise da cultura algodoeira de 1920 a 1980. 2011. 213 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Geografia) – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2011.

LIMA, Francisco de Assis Silva de; PEREIRA, José Hamilton. Estradas de Ferro no Ceará. Fortaleza: Expressão Gráfica Editora Ltda. 2007

MONTENEGRO, José Hilton Lima Verde. A Estrada de Ferro de Iguatu - 100 anos. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2010.

NOGUEIRA, Alcântara. Iguatu: memória sócio-histórico-econômica. 2ª Edição. Revisada e Ampliada. Fortaleza, 1985.

OLIVEIRA, Cleodon de. Tela e palco, uma história para se contar. Arte e Gestão Cultural, 30 set. 2013. Disponível em: . Acesso em: 14 dez. 2019.

VICTOR, Hugo. Ceará: o município e a cidade de Iguatu. Notícia geral organizada por Hugo Victor. Inst. Geogr. e Hist. Piauiense do Gabinete de Leitura Gustavo Barroso, 1925.

VISTA Aérea do Campus Multi-Institucional Humberto Teixeira. 1 Fotografia. 29 abr. 2018. Iguatu, 2018. Formato JPEG. Disponível em: . Acesso em: 14 dez. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-152

Refbacks

  • There are currently no refbacks.