Correlação entre concepção de saúde e comportamento preventivo relativo à exposição solar / Correlation between the conception of health and preventive behavior related to solar exposure

Priscila Thayane Nascimento de Oliveira, Andréa de Azevedo Morégula, Marcelo Fernandes da Silva

Abstract


Estudos recentes indicam que o conceito de saúde de uma população pode influenciar nas atitudes e comportamentos relacionados a saúde. Este estudo investiga a influência da concepção de saúde no comportamento relacionado à exposição solar. Foi realizado um estudo descritivo e de base populacional, no qual foi aplicado formulários para obtenção de dados socioeconômicos, assim como relacionados às concepções de saúde e aos hábitos de exposição solar dos indivíduos. Na análise dos dados foi utilizado o teste qui-quadrado, adotando-se o nível de significância menor que 5% (p < 0,05). As variáveis sociodemográficas que apresentam associação com o conceito de saúde foram idade (p = 0,001; V de Cramer = 0,158, fraca) e escolaridade (p = 0,002; V de Cramer = 0,190, fraca). Quanto aos hábitos em relação à exposição solar foi revelada uma discreta dependência entre conceito de saúde e o uso do protetor solar (p = 0,047; V de Cramer: 0,143, fraca) e de chapéus/bonés (p = 0,027; V de Cramer = 0,127, fraca). O comportamento inadequado em relação a exposição solar, como o não uso de protetor, assim como não utilização de bonés/chapéus, apesar de prevalente na população estudada é mais predominante em indivíduos que possuem uma concepção negativa de saúde. O conhecimento de um conceito mais ampliado de saúde pode ser utilizado como uma meta pelos gestores públicos afim de incentivar a adoção de hábitos saudáveis de vida, em particular às relacionadas à exposição solar.


Keywords


Saúde, Concepção de saúde, Exposição solar.

References


AGOSTINHO, M. R. et al. Autopercepção da saúde entre usuários da Atenção Primária em Porto Alegre, RS. Revista Brasileira de Medicina de Família e Comunidade, v. 5, n. 17, p. 9–15, 2010. Disponível em: https://www.rbmfc.org.br/rbmfc/article/view/175/128. Acesso em: 29 de novembro de 2015.

BACKES, M. T. S. et al. Conceitos de saúde e doença ao longo da história sob o olhar pidemiológico e antropológico. Rev. enferm. UERJ, v. 17, n. 1, p. 111–117, 2009. Disponível em: https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/conceitos-saude-doenca.pdf. Acesso em: 24 de setembro de 2018.

BADZIAK, R.; MOURA, V. Determinantes sociais da saúde: um conceito para efetivação do direito à saúde. Revista de Saúde Pública de Santa Catarina, v. 3, n. 1, p. 69–79, 2010.

CHARLIER, P. et al. A new de fi nition of health ? An open letter of autochthonous peoples and medical anthropologists to the WHO. European Journal of Internal Medicine, p. 5, 2016.

DUSZA, S. W. et al. Prospective study of sunburn and sun behavior patterns during adolescence. Pediatrics, New York, v. 129, n. 2, p. 309–17, 2012. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3269110/pdf/peds.2011-0104.pdf. Acesso em: 15 de setembro de 2015.

GERMANI, A. C. C. G.; AITH, F. Advocacia em promoção da saúde: conceitos fundamentos e estratégias para a defesa da equidade em saúde. Rev. direito sanit, v. 14, n.1,p.34–59,2013. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rdisan/article/view/56622/59639. Acesso em: 13 de outubro de 2015.

HARTMANN, A. C. V. C. Fatores associados a autopercepção de saúde em idosos de Porto Alegre. [s.l.] Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 2008. Disponível em: http://tede2.pucrs.br/tede2/handle/tede/2562. Acesso em: 29 de janeiro de 2017.

HUBER, M. et al. How should we define health? BMJ : British Medical Journal (Online), London, v. 343, d. 4163, 2011. Disponível em: journals.bmj.com/cgi/reprintform. Acesso em: 02 de abril de 2018.

KIRK, L.; GREENFIELD, S. Knowledge and attitudes of UK university students in relation to ultraviolet radiation ( UVR ) exposure and their sun-related behaviours : a qualitative study. BMJ Open, p. 1–12, 2017. Disponível em: https://bmjopen.bmj.com/content/bmjopen/7/3/e014388.full.pdf. Acesso em: 02 de setembro de 2015.

LAFFREY, S. C. Health Behavior Choice as Related to Self Actualization and Health Conception. Western Journal of Nursing Research, [S.l.], v. 7, n. 3, p. 279–300, 1985.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER - INCA. INCA - Instituto Nacional de Câncer - Tipos de Câncer. Rio de Janeiro: Ministério da saúde, 2018. Disponível em: https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-pele-nao-melanoma. Acesso em: 02 de fevereiro de 2020.

MANCUSO, W. P. O lobby da indústria no Congresso Nacional: empresariado e política no Brasil contemporâneo. Revista de Ciências Sociais, v. 47, n. 3, p. 505–547, 2004. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/dados/v47n3/a03v47n3.pdf. Acesso em: 30 de janeiro de 2017.

MUNIZ, L. C. et al. Fatores de risco comportamentais acumulados para doenças cardiovasculares no sul do Brasil. Revista de Saúde Pública, v. 46, n. 3, p. 534–542, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rsp/v46n3/3690.pdf. Acesso em: 06 de abril de 2017.

SANDELOWSKI, M. et al. Variations in meanings of the personal core value “‘ Health ’”. Patient Education and Counseling 73, v. 73, p. 347–353, 2008. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2633415/pdf/nihms78099.pdf. Acesso em: 26 de abril de 2018.

SANTOS, J. C. dos. Radiação ultravioleta: estudo dos índices de radiação, conhecimento e prática de prevenção a exposição na região Ilhéus/Itabuna-Bahia. 2010. 174 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional e Meio Ambiente) - Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus, 2010. Disponível em: http://www.biblioteca.uesc.br/biblioteca/bdtd/733767599D.pdf. Acesso em: 16 de outubro de 2015.

SCHALKA, S.; STEINER, D. Fotoproteção no Brasil – Recomendações da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Rio de Janeiro: Consenso Brasileiro de Fotoproteção, 2013. Disponível em: https://issuu.com/sbd.br/docs/consensob.fotoprote____oleigo-web?e=0/6449812. Acesso em: 13 de outubro de 2015.

SEGALL, M. E.; WYND, C. A. Health conception, health locus of control, and power as predictors of smoking behavior change. American Journal of Health Promotion, v. 4, n. 5, p. 338–344, 1990.

THE LANCET. What is health? The ability to adapt. The Lancet. v. 373:781, 2009. Disponível em: https://www.thelancet.com/action/showPdf?pii=S0140-6736%2809%2960456-6. Acesso em: 02 de fevereiro de 2020.

VASCONCELOS, A. G.; SAMPAIO, J. R.; NASCIMENTO, E. PMK: Medidas válidas para a predição do desempenho no trabalho? Psicologia: Reflexao e Critica, v. 26, n. 2, p. 251–260, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/prc/v26n2/05.pdf. Acesso em: 21 de janeiro de 2017.

WORLD HEALTH ORGANIZATION - WHO (OMS). Constitution of the World Health Organization. Geneva: World Health Organization, 2006. Disponível em: https://www.who.int/governance/eb/who_constitution_en.pdf. Acesso em 16 de abril de 2018.

WORLD HEALTH ORGANIZATION - WHO (OMS). Global Solar UV Index A Practical Guide. Geneva: World Health Organization, 2002. Disponível em: https://www.who.int/uv/publications/en/UVIGuide.pdf. Acesso em: 08 de fevereiro de 2017.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-063

Refbacks

  • There are currently no refbacks.