Análise comparativa de coordenadas pós-processadas visando o georreferenciamento de imóveis rurais / Comparative analysis of post-processed coordinates aiming at the george of rural properties

Guilherme Costa Santos, Raquel Naiara Fernandes Silva

Abstract


A promulgação do Decreto Federal nº 4.449 de 2002 regulamentou a Lei Federal n° 10.267 de 2001, apresentando a obrigatoriedade do georreferenciamento dos imóveis rurais. Sob a necessidade da aplicação do georreferenciamento dos imóveis rurais no Brasil, o presente estudo teve como objetivo avaliar a precisão de coordenadas pós-processadas em software livre e comercial, visando atendimento dos padrões de precisão absoluta exigidos pelo INCRA considerando limites artificiais. Através dos resultados identificou-se que o uso do software IBGE-PPP possui dependência do tempo de rastreio para a obtenção de coordenadas precisas, requisitando dessa forma um maior tempo de rastreio. Verificou-se que aspectos envolvendo os erros das observáveis são importantes para compreensão dos resultados obtidos, sendo que o conhecimento dos receptores e suas potencialidades devem ser considerados no planejamento do levantamento GNSS. Concluiu-se que o método aplicado para obtenção de coordenadas pós-processadas no processamento com GNSS Solutions atende a precisão requerida pelo INCRA para o georreferenciamento de imóveis rurais considerando limites artificiais. O IBGE-PPP apresenta potencialidades atendendo a precisão requerida pelo INCRA para o georreferenciamento de imóveis rurais, considerando limites artificiais, em levantamentos com tempo de rastreio superior a 2 horas com receptores de dupla frequência (L1 e L2).


Keywords


geotecnologias; coordenadas pós-processadas; georreferenciamento; imóveis rurais; regularização fundiária.

References


ALMEIDA, M. S.; DAL POZ, W. R.. Posicionamento por ponto preciso e posicionamento relativo com GNSS: qual é o método mais acurado atualmente?. Boletim de Ciências Geodésicas, sec. Artigos, Curitiba, v. 22, n. 1, p. 175-195, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/bcg/v22n1/1982-2170-bcg-22-01-00175.pdf. Acesso em: 11 mar. 2019.

BRASIL. Decreto nº 4.449, de 30 de outubro de 2002. Regulamenta a Lei no 10.267, de 28 de agosto de 2001, que altera dispositivos das Leis nos. 4.947, de 6 de abril de 1966; 5.868, de 12 de dezembro de 1972; 6.015, de 31 de dezembro de 1973; 6.739, de 5 de dezembro de 1979; e 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e dá outras providências. Diário Oficial da União: Brasília, DF, p. 3, 31 out. 2002.Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/2002/d4449.htm. Acesso em: 15 nov. 2018.

BRASIL. Lei Nº 10.267, de 28 de agosto de 2001. Altera dispositivos das Leis nos 4.947, de 6 de abril de 1966, 5.868, de 12 de dezembro de 1972, 6.015, de 31 de dezembro de 1973, 6.739, de 5 de dezembro de 1979, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e dá outras providências. Diário Oficial da União: Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/LEIS/LEIS_2001/L10267.htm. Acesso em: 16 nov. 2018.

DOCKHORN, E. S.. Comparação de dois tipos de solução no posicionamento com receptores GPS. 2006. Dissertação (Mestrado em Geomática). Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2006. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/9606/ERIKADOCKHORN.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 21 mar. 2019.

FARRET, J. C.; SANTOS, M. C. dos; SAATKAMP, E. D.; PALMA, E.. A precisão possível com GPS l1/CA em georreferenciamento: o desafio do multicaminho – análise de um receptor. Bol. Ciênc. Geod., sec. Comunicações, Curitiba, v. 13, n. 1, p.211-229, jan-jun, 2007.

IBGE. Normas e especificações para levantamentos GPS. Rio de Janeiro, 2008. Disponível em: https://ww2.ibge.gov.br/confest_e_confege/pesquisa_trabalhos/CD/oficinas/553-2.pdf. Acesso em: 04 fev. 2019.

INCRA. Manual técnico de posicionamento: georreferenciamento de imóveis rurais. 1. ed. Brasília, 2013. Disponível em: http://www.incra.gov.br/sites/default/files/uploads/estrutura-fundiaria/regularizacao-fundiaria/certificacao-de-imoveis-rurais/manual_tecnico_de_posicionamento_1_edicao.pdf . Acesso em: 03 dez. 2019.

INCRA. Norma técnica para georreferenciamento de imóveis rurais. 3. ed. Brasília, 2013. Disponível em: http://www.incra.gov.br/media/institucional/norma%20tecnica%20para%20georreferenciamento%20de%20imoveis%20rurais%203%20edi%C3%A7ao.pdf. Acesso em: 02 dez. 2018.

INCRA. Sistema de Certificação de Imóveis Rurais. Disponível em: http://certificacao.incra.gov.br/Certifica/abertura.asp. Acesso em: 26 jun.2019

MASTERS, E.; HIRSCH, B.; WONG, K. GPS/GIS and space time data. In: ION GPS’94, 1994, Salt Lake City. Proceedings [...]. Salta Lake City, 1994. p. 61-69.

MONICO, J. F. G. Posicionamento pelo GNSS: Descrição, Fundamentos e Aplicações. São Paulo: UNESP. 2008. 476p.

PINTO, M. S.; CAMARGO, P. de O.; MONICO, J. F. G.. Influência da combinação de dados GPS e GLONASS no georreferenciamento de imóveis rurais. Boletim de Ciências Geodésicas, sec. Artigos, Curitiba, v. 19, n. 1, p. 135-151, 2013. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/bcg/v19n1/a09v19n1. Acesso em: 26 jun. 2019.

SOUZA, E. M. de. Efeito de multicaminho de alta frequência no posicionamento relativo GPS estático: detecção e atenuação utilizando wavelets. 2004. Dissertação (Mestrado em Ciências Cartográficas). Universidade Estadual Paulista, Presidente Prudente, 2004. Disponível em: http://www2.fct.unesp.br/pos/cartografia/docs/teses/d_souza_em.pdf. Acesso em: 26 jun. 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-052

Refbacks

  • There are currently no refbacks.