Educação sexual na escola: sob o olhar do gestor e professor / Sexual education in school: under the gaze of the manager and teacher

Ana Paula Oliveira Maia, Núbia da Silva, Weslane Silva Noronha

Abstract


A Educação Sexual (ES) no ambiente escolar deve ser um processo calculado e articulado, que pretenda propiciar aos adolescentes um desenvolvimento que inclua conhecimento, questionamento e reflexão. Nesse sentindo, o presente trabalho tem como objetivo de analisar o nível de envolvimento das escolas na pessoa de gestores e professores no que diz respeito à Educação Sexual, bem como identificar as principais dificuldades enfrentadas por professores do ensino fundamental II e médio com relação à temática. Para isso, foram realizadas entrevistas a gestores e aplicado questionários aos professores de quatro escolas, sendo duas municipais e duas estaduais da cidade de Barreiras-BA. A análise de dados permitiu identificar um conhecimento superficial dos pesquisados e pouco envolvimento com a temática, o que reflete num desconhecimento e muitas vezes na dificuldade de lidar com o assunto em função da falta de formação continuada e de um trabalho efetivo entre setor de saúde e educação.


Keywords


Sexualidade; Adolescência; Formação Continuada.

References


ARAUJO, A. B. C. de; DEVIDE, F. P. “Gênero” e “sexualidade” na formação em educação física: uma análise dos cursos de licenciatura das instituições de ensino superior públicas do rio de janeiro. Arquivos em Movimento, v. 15, n. 1, p. 25-41, 2019.

ALTMANN, H. Educação sexual em uma escola: da reprodução à prevenção. Cadernos de Pesquisa, v. 39, n. 136, p. 175-200, 2013.

BEZERRA, A. L. O; RODRIGUES; M. J. A. de. A; SANTOS, M. I. L. de. J. Educação sexual. Intervenção em saúde escolar. Revista Sinais Vitais, v. 2, p. 04, 2018.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução nº 2/2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada. Brasília, DF: CNE, 2015.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: orientação sexual. Brasília, DF, 1998.

COSTA, P. C.F.; VILLANI, A.C.C, ÉDINA, F. Adesão das escolas à educação sexual: uma metodologia de análise. REEC: Revista electrónica de enseñanza de lasciencias, v. 17, n. 2, p. 337-358, 2018.

FERNANDES, F.; LORENZETTI, L. A Educação Sexual nos anos iniciais: um estudo a partir de dissertações e teses. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, v. 12, n. 1, 2019.

FIGUEIREDO, R. et al. Adoção de orientações visando à prevenção da violência contra escolares: uma ação conjunta entre a saúde e a educação. BIS. Boletim do Instituto de Saúde (Impresso), v. 14, n. 3, p. 335-343, 2013.

GONÇALVES, R. C.; FALEIRO, J. H.; MALAFAIA, G. Educação Sexual no contexto familiar e escolar: impasses e desafios. Holos, v. 5, p. 251-263, 2013.

GONÇALVES, R. C.; PAES, D. C.; FAVORITO, A. P. Educação Sexual nas séries iniciais do Ensino Fundamental: O que educadoras da rede municipal de ensino de Pires do Rio (Goiás) têm a dizer?. Multi-ScienceJournal, v. 1, n. 3, p. 69-78, 2015.

HOLANDA, M. L. de. et al. O papel do professor na educação sexual de adolescentes. Cogitare Enfermagem, v. 15, n. 4, 2010.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 2018. Disponível em: Acesso em: 01 de outubro de 2019.

MAIA, A. C. B. et al. Projeto de intervenção em educação sexual com Educadoras e alunos de uma pré-escola. Revista Ciência em Extensão, v. 7, n. 2, p. 115-129, 2011.

MALTA, D.C. et al. Saúde sexual dos adolescentes segundo a Pesquisa Nacional de Saúde dos Escolares. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 14, p. 147-156, 2011.

MARTINS, C. B. de. G. et al. Oficina sobre sexualidade na adolescência: uma experiência da equipe saúde da família com adolescentes do ensino médio. Revista Mineira de Enfermagem, v. 15, n. 4, p. 573-578, 2011.

MOIZÉS, J. S.; BUENO, S. M. V. Compreensão sobre sexualidade e sexo nas escolas segundo professores do ensino fundamental. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 44, n. 1, p. 205-212, 2010.

MATOS, M. G. de. et al. Educação sexual em Portugal: legislação e avaliação da implementação nas escolas. Psicologia, saúde & doenças, v. 15, n. 2, p. 335-355, 2014.

NERY, I. S. et al. Abordagem da sexualidade no diálogo entre pais e adolescentes. Acta Paulista de Enfermagem, v. 28, n. 3, p. 287-292, 2015.

NOTHAFT, S. C. dos. S. et al. Sexualidade do adolescente no discurso de educadores: possibilidades para práticas educativas. Revista Mineira de Enfermagem, v. 18, n. 2, p. 284-294, 2014.

OLIVEIRA, R. R. de.; BRANCALEONI, A. P. L.; SOUZA, T. N. de. Formação de professores para o trabalho com o tema sexualidade no cotidiano escolar. Góndola,enseñanza y aprendizaje de lasciencias, p. 34-48, 2013.

QUIRINO, G.; ROCHA, J. B. T. da. Sexualidade e educação sexual na percepção docente. Educar em Revista, v. 28, n. 43, p. 205-224, 2012.

RAMIRO, L. et al. Educação Sexual, conhecimentos, crenças, atitudes e comportamentos nos adolescentes. Saúde pública, 2011.

RESSEL, L. B. et al. A influência da família na vivência da sexualidade de mulheres adolescentes. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, v. 15, n. 2, p. 245-250, 2011.

ROSSAROLLA, J. N. et al. A formação de educadores sexuais na licenciatura em ciências biológicas do IFRO – campus colorado do oeste/RO.RIAEE – Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 13, n. 1, p. 175-189, 2018.

RUFINO, C. B. et al. Educação sexual na prática pedagógica de professores da rede básica de ensino. Revista Eletrônica de Enfermagem, v. 15, n. 4, p. 983-91, 2013.

SOUZA, A. D. F. de; ANDRADE, L. O. De. Espaço escolar: o professor frente a situação de violência. Revista científica eletrônica de pedagogia da faef, n . 32, 2019.

SIMÕES, M. C. et al. Abordagem sobre sexo e sexualidade no contexto familiar do município de salvaterra, ilha de marajó, pará. Educação Ambiental em Ação, v. 67, 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n3-023

Refbacks

  • There are currently no refbacks.