Riscos humanos na utilização de agrotóxicos de uma determinada área rural do município de Quatro Pontes – PR, BR / Human risks in the use of pesticides of a particular rural area of the municipality of Quatro Pontes – PR, BR

Gislaine Bergamo dos Santos, Rafael Lucas Alves Ferreira, Rosalvo Schütz, Wilson João Zonin

Abstract


O uso indiscriminado de agrotóxicos tem trazidos uma gama de efeitos indesejáveis para os seres humanos e ambiente. Segundo Jonas, a ciência confere forças inimagináveis que clama por uma ética que possa o poder dos homens sobre a natureza não se transformar em uma desgraça para eles mesmos. Para afiançar a moralidade da ação: não é o conhecimento do cientista ou do especialista, mas o saber de um tipo que se encontra ao alcance de todos os homens de boa vontade. Os tipos de agrotóxicos empregados foi a finalidade deste trabalho, através de um prévio levantamento dos agrotóxicos utilizados no meio rural das Linhas São José e Souza Naves do município de Quatro Pontes/Pr; com o intuito de demonstrar os riscos ambientais e de saúde na comunidade rural exposta. Notou-se a necessidade de estimular o desenvolvimento da agricultura sustentável para a conservação do ambiente e a minimização dos efeitos negativos desses compostos na saúde humana e ambiental.


Keywords


Agrotóxicos, Saúde, Meio Ambiente, Ética, Moral

References


- ABRASCO, 2015. Carneiro, Fernando Ferreira (Org.) Dossiê ABRASCO: um alerta sobre os impactos dos agrotóxicos na saúde / Organização de Fernando Ferreira Carneiro, LiaGiraldo da Silva Augusto, Raquel Maria Rigotto, Karen Friedrich e André Campos Búrigo. - Rio de Janeiro: EPSJV; São Paulo: Expressão Popular, 2015.

– ANVISA. Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Consulta Pública n° 87, de 2 de outubro e 2015 D.O.U de 5/10/2015. Acesso: em 11 de outubro de 2017.

- BOFF, L. Saber cuidar: ética do humano – compaixão pela terra, 20 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

- BRASIL, 1997. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância Sanitária. Manual de Vigilância da Saúde de Populações Expostas a Agrotóxicos. Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial de Saúde. Brasília.

- BRASIL, 1998. [Leis etc.]. Legislação Federal de Agrotóxicos e Afins. – [Brasília]: Ministério da Agricultura, Departamento de Defesa e Inspeção Vegetal, 1998. Disponível via www, através do endereço: Acesso: 11 de outubro de 2017.

- BRASIL 2002. Decreto nº 4.074, de 4 de janeiro de 2002. Dispõe sobre a pesquisa, a experimentação, a produção, a embalagem e rotulagem, o transporte, o armazenamento, a comercialização, a propaganda comercial, a utilização, a importação, a exportação, o destino final dos resíduos e embalagens, o registro, a classificação, o controle, a inspeção e a fiscalização de agrotóxicos, seus componentes e afins, e dá outras providências. Brasília.

- CARVALHO, HM. Modelo de produção agrária no Brasil. Seminário Enfrentamento aos impactos dos agrotóxicos na saúde humana e no meio ambiente. Fiocruz, Rio de Janeiro, 4 jun. 2012.

- De Silva HJ, Samarawickrema NA, Wickremasinghe AR. Toxicityduetoorganophosphoruscompounds: whataboutchronicexposure?Trans R SocTropMedHyg. 2006;100(9):803-6.

- FERREIRA AP, CUNHA CLN, Wermelinger ED, SOUZA MB, LENZI MF, MESQUITA CM, et al. Pesticideimpacts in the microbial soilactivityandonfarmershealth.Rev Baiana Saúde Pública. 2006;30(2):309-21.

- GUIVANT, J. S. A trajetória das análises de risco: da periferia ao centro da teoria social. BIB: Revista Brasileira de Informação Bibliográfica em Ciências Sociais, São Paulo, n. 46, p. 3-38, 2. sem. 1998.

- http://portal.anvisa.gov.br/bulario-eletronico1>Acesso: em 05 de maio de 2017.

- https://mapasapp.com/brasil/parana/quatro-pontes-pr>Acesso: em 05 de maio de 2017.

– IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Estudos e Pesquisas. Informação Geográfica número 7. Indicadores de Desenvolvimento Sustentável – Brasil 2010. Rio de Janeiro; 2010.

- JONAS, H. (1903-1993), O princípio responsabilidade: ensaio de uma ética para a civilização tecnológica – tradução do original alemão Marijane Lisboa, Luiz Barros Montez. – Rio de Janeiro: Contraponto: Ed. PUC-Rio, 2006.

- MURRAY B, WAHLSTRÖM B, PRONCZUK J. ChildhoodPesticidePoisoning – information for advocacyandaction. FoodandAgricultureOrganization (FAO), United NationsEnvironmentProgramme (UNEP), World Health Organization (WHO); 2004.

- NUNES MV e TAJARA EH. Efeitos tardios dos praguicidas organoclorados no homem. Rev. de Saúde Pública. 1998;32(4):372-383.

– OPAS. Organização Pan-americana de Saúde/Organização Mundial de Saúde. Manual de vigilância da saúde de populações expostas a agrotóxicos. Brasília; 1996.

- RIEDER, A. Indicadores de riscos de contaminação e de danos ao ambiente e a saúde humana por pesticidas às bordas do Alto Pantanal., 1999. (Tese Doutorado)-- UFMT, Cuiabá.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.