As Escolas dos Coletivos: projetos de escolas de escritórios paulistas na primeira década do século XXI/ The Collective Schools: São Paulo office school projects in the first decade of the 21st century

Mario Guidoux Gonzaga

Abstract


Este trabalho apresenta um estudo de escolas pré-fabricadas construídas em São Paulo durante a primeira década do século XXI por um grupo de arquitetos egressos da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP entre 1985 e 1995 com objetivo de identificar traços comuns na produção desta geração de profissionais. Como recorte da pesquisa, foram utilizadas a exposição Coletivo, realizada em 2006, e as escolas da Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE).A mostra Coletivo, realizada em 2006 na Universidade de São Paulo, teve por objetivo documentar a atuação de um grupo de arquitetos formados naquela Universidade entre 1986 e 1996 que atuava de uma maneira que, para os curadores da exposição, representava uma mudança em relação aos personagens das décadas anteriores.
A Fundação para o Desenvolvimento da Educação (FDE) é uma instituição do Governo Estadual de São Paulo que tem por objetivo desenvolver a educação pública naquele estado. Na primeira década do século XXI a FDE criou um sistema de padronização do sistema construtivo para sistematizar a construção das novas edificações, uma vez que esses projetos são encargados a escritórios que, segundo a instituição, tenham uma produção de qualidade reconhecida.O programa de construção de escolas com estruturas de concreto pré-moldado, iniciado em 2003, permitiu que uma geração de escritórios de arquitetura realizassem a sua interpretação do programa de necessidades e do conjunto de regras estabelecidas para as composições, entre elas o uso de elementos padronizados para o sistema estrutural e vedação. A redução do vocabulário construtivo e similaridade nos programas torna a experiência da FDE uma ferramenta muito valiosa para a comparação da produção de uma grande quantidade de escritórios paulistas.O resultado são doze projetos realizados entre os anos de 2003 e 2006 que demonstram de maneira sistemática a produção de arquitetura de uma geração de arquitetos que se mantém até hoje como representantes do modo contemporâneo de produzir arquitetura no Brasil.


Keywords


exposições, arquitetura contemporânea, pré-moldados, arquitetura escolar

References


ESPALLARGAS GIMENEZ, Luis. As quatro escolas do FDE em Campinas. Arquitextos, São Paulo, ano 06, n. 064.02, Vitruvius, set. 2005 .

MILHEIRO, Ana Vaz; NOBRE, Ana Luiza; WISNICK, Guilherme. Coletivo - 36 projetos de arquitetura paulista contemporânea. São Paulo: Cosac Naify, 2006.

FERREIRA, Avany de Francisco e MELLO, Mirela Geiger, Arquitetura escolar paulista: estruturas pré-fabricadas. São Paulo : FDE. Diretoria de Obras e Serviços, 2006.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n2-167

Refbacks

  • There are currently no refbacks.