Acidentes ocupacionais por material de risco biológico: estudo etnográfico / Occupational exposure to biological materials: ethnographic study

Walter Manso Figueiredo, Gabriela Chielli, Izabela Barbieri de Freitas, Josiane Perpétua dos Santos, Marisa Marques Monteiro

Abstract


Introdução: A exposição ocupacional a materiais biológicos tem como característica o contato de pessoas envolvidas em serviços de saúde com fluidos potencialmente contaminados. Tais acidentes são um desafio para os profissionais que atuam no Controle de Infecção Hospitalar e na Área de Saúde Ocupacional, uma vez que é um fato concreto a aquisição ocupacional de vírus das hepatites B e C e HIV por profissionais de saúde. Objetivo: analisar o número e perfil epidemiológico, segundo ocupação, faixa etária, tipo de lesão, tipo de material biológico envolvido, uso de equipamentos de proteção individual (EPI), vacinação e adesão ao tratamento em acidentes ocupacionais envolvendo material biológico no município de Araraquara - SP, no período de 2010 a 2017, com base em dados do Serviço Especial de Saúde de Araraquara, Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo. Materiais e Métodos: A pesquisa foi realizada em Araraquara, SP. Trata-se de um estudo etnográfico exploratório e descritivo, com delineamento transversal. O número de acidentes ocupacionais com material biológico de 2010 e 2017 foi coletado no arquivo de dados digitais do Serviço Especial de Saúde de Araraquara - SESA da USP. A partir dos dados coletados, foi criado um banco de dados Excel de acordo com o modelo pré-codificado, específico para as variáveis consideradas na pesquisa. O planejamento estatístico inclui uma apresentação dos achados de incidência de acidentes, ocupação, faixa etária, tipo de lesão, tipo de material biológico envolvido, uso de equipamento de proteção individual (EPI), vacinação e evolução do número de casos durante o período analisado. Foi feito em tabelas e gráficos, com análise do coeficiente de correlação.

Keywords


Acidentes do Trabalho; Profilaxia pós-exposição; Risco biológico.

References


Marziale MHP, Rocha FLR, Robazzi MLCC, Cenzi CM, Santos HEC, Trovó MEM. Organizationalinfluence on the occurrence of work accidents involving exposure to biological material. Rev Latino-Am. Enfermagem. 2013 Jan-Feb;21(Sped):199-206.

Ministério da Saúde (BR). Recomendações para terapia antirretroviral em adultos infectados pelo HIV - 2008. Brasília: Ministério da Saúde; 2010.

Silva JA, Paula VS, Almeida AJ, Villar LM. Investigação de acidentes biológicos entre profissionais de saúde. Esc Anna Nery RevEnferm. 2009 Jul-Set;13(3):508-16.

Gir E, Netto JC, Malaguti SE, Canini SRMS, Hayashida M, Machado AA. Acidente com material biológico e vacinação contra hepatite B entre graduandos da área da saúde. Rev Latino-am Enfermagem. 2008 Mai-Jun;16(3).

Darouiche MH, Chaabouni T, Hammami KJ, Akrout FM, Abdennadher M, Hammami A, et al. Occupationalbloodexposureamong health care personel and hospital tarinees. Int J Occup Environ Med. 2014 Jan;5(1):57-61.

Ministério da Saúde (BR). Exposição a materiais biológicos. Brasília: Ministério da Saúde; 2006.

Reis Phillipe Geraldo Teixeira de Abreu, Driessen Anna Luiza, Costa Ana Claudia Brenner Affonso da, NasrAdonis, Collaço Iwan Augusto, Tomasich Flávio Daniel Saavedra. Perfil epidemiológico de acidentes com material biológico entre estudantes de medicina em um pronto-socorro cirúrgico. Rev. Col. Bras. Cir. [Internet]. 2013 Aug [cited 2018 Sep 19]; 40( 4 ): 287-292.

Ministério da Saúde (BR). Recomendações para atendimento e acompanhamento de exposição ocupacional a material biológico: HIV e Hepatites B e C. Brasília: Ministério da Saúde; 2004.

Schimiz HE, Ribeiro EJG. Ocorrência de acidente de trabalho por materiais perfurocortantes e fluidos biológicos em estudantes e trabalhadores da saúde de um hospital escola de Brasília. RevEscEnferm USP 2002;36(4):367-75.

Ministério da Saúde (BR). Protocolo clínico e diretrizes terapêuticas para a profilaxia pós-exposição de risco (PEP) à infecção pelo HIV, IST e Hepatites virais. Brasília: Ministério da Saúde, 2018.

Ozturk H, Babacan E. The Occupational Safety of Health Professionals Working at Community and Family Health Centers. IRCMJ. 2014 Oct;16(10):e16319.

Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (CONITEC). Protocolo Clínico e diretrizes terapêuticas para profilaxia pós-exposição de risco à infecção pelo HIV, IST e hepatites virais. Brasília: Ministério da Saúde, 2017.

Valim MD, Marziale MHP. Avaliação da exposição ocupacional a material biológico em serviços de saúde. Texto Contexto Enferm; 2011;20(Esp):138-46.

Vieira M, Padilha MI, Pinheiro RDC. Análise dos acidentes com material biológico em trabalhadores da saúde. Rec Latino-Am. Enfermagem [Internet]. Mar-abr2011;19(2):[08 telas].

Parco S, Vascotto F, Simeone R, Visconti P.Manual accidents, biological risk control, and quality indicators at a children’s hospital in north-east Italy. RiskManagHealthPolicy. 2015; v.8:37–43.

SINAN: Sistema de Informação de Agravos de Notificação[programa de computador]. Araraquara: Ministério da Saúde; 2018.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.