Teatro de temática científica aliado a experimentação estimulando a aprendizagem de conceitos químicos/ Scientific themed theater combined with experimentation stimulating the learning of chemical concepts

Francisco Souto de Sousa Júnior, Fabiana Roberta Gonçalves e Silva Hussen, Luiz Di Souza, Nildo da Silva Dias, Ótom Anselmo de Oliveira, Júlia Kallyne da Silva Belmiro

Abstract


Um dos desafios da atualidade na educação é tornar a escola um espaço que proporcione aprendizagens significativa. Nesse sentido, as estratégias de ensino e as formas como são apresentadas vêm assumindo um papel primordial em relação ao processo de ensinar e apreender e o teatro de tematíca científica aliado a experimentação apresenta potencialidades para ser encarado como instrumento inovador, através do qual a aprendizagem é feita de uma forma lúdica e agradável. A pesquisa foi realizada na perspectiva da análise qualitative, utilizado como instrument a observação participante e questionário, após as leituras dos questionários, as respostas foram agrupadas, categorizadas e analisadas através da análise de conteúdo. Com o teatro científico aliado a experimentação, os estudantes puderam fazer observações, refletir, desenvolver habilidades e identificar conceitos que podem levá-los a relacionar a teoria com a prática. Assim, o teatro serve de estimulo para eles, deixando a química mais interessante, saindo da monotonia, tornando-se mais incentivador estudar essa ciência.


Keywords


Teatro de teática Científica, Ensino, Divulgação

References


ALCÂNTARA, M. M.; PORTO, Cristiane M. A relação entre a arte e a ciência para a popularização do conhecimento. Diálogos e Ciência, Salvador, v.9, n.25, p.2-14, Mar. 2011.

AMAURO, N.; MOREIRA, P.; SOUZA, T.; FARIA, C. O. O Papel do teatro enquanto ferramenta para o processo de ensino- aprendizagem de química. Enseñanza de las Ciencias, Barcelona, v. 2013, p. 154-159, Set. 2013.

ARROIO, A.; HONÓRIO, K.; MELLO, Weber P. H.; GAMBARDELA, M. T. P.; SILVA, A. O show da química: motivando o interesse científico. Química Nova, São Paulo, v.29, n.1, p.173-178, Dez. 2006.

BARDIN, L., Análise de conteúdo. Lisboa: Edições, 1977, p.70.

BAUER, M.; GASKELL, G. Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Petrópolis: Vozes, 2010, p.516.

BRASIL. Orientações Curriculares para o Ensino Médio: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias. Brasília, Secretaria de Educação Básica, 2006.

CALVO, M. A. Actividad de teatro científico como recurso en la formación de los futuros professores. Alambique, Didáctica de las Ciencias Experimentales, Lisboa, n.69, p.93-98, Jul. 2011.

FERREIRA, F. R. Ciência e arte: investigações sobre identidades, diferenças e diálogos. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.36, n.1, p.261-280, Jan-Abr. 2010.

FIOLHAIS, C.; TRINDADE, J. Física no Computador: o computador como uma ferramenta no ensino e na aprendizagem das ciências físicas. Revista Brasileira de Ensino de Física, São Paulo; v. 25, n. 3, p. 259-272, set. 2003.

GARDAI, T. L. C.; SCHALL, V. T. Ciências possíveis em Machado de Assis: teatro e ciência na educação científica. Ciência e Educação, Rio de Janeiro, v.15, n.3, p.695-712, Set. 2009.

GIMENEZ, H. Teatro científico: uma ferramenta didática para o ensino de física. 2013. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências Naturais) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências Naturais, Universidade Federal do Mato Grosso, Cuiabá, MT, Brasil, 2013.

GIORDAN, M. O papel da experimentação no ensino de ciências. Química Nova na Escola, São Paulo, n.10, p.43-49, Nov. 2009.

GONÇALVES, F. P.; MARQUES, C. A. A circulação inter e intracoletiva de pesquisas e publicações acerca da experimentação no ensino de Química. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, São Paulo, v. 12, n.1, p. 181–204, Out. 2012.

GUIMARÕES, C. C. Experimentação no ensino de química: caminhos e descaminhos rumo à aprendizagem significativa. Química Nova na Escola, São Paulo, v.31, n.3, p.198-202, Ago. 2009.

IZQUIERDO, M.; SANMARTÍ, N.; ESPINET, M. Fundamentación y diseño de las prácticas escolares de ciencias experimentales. Enseñanza de las Ciencias, Barcelona, v.17, n.1, p. 45-60, Dez.1999.

LERMAN, Zafra. Chemistry: an enspiration for theatre and dance. Chemical Education International, New Zeland, v.6, n.1, p. 25-31, Ago. 2005.

LIBERATO, T. Tema científico serve de contexto para peças e atrai público leigo. Ciência e Cultura, São Paulo, v.66, n.4, p.63-65, Dez. 2014.

LÔBO, S. F. O trabalho experimental no ensino de Química. Química Nova, São Paulo, v.35, n.2, p.430-434, Set. 2012.

MASSARANI, L. Comunicação da ciência e apropriação social da ciência: algumas reflexões sobre o caso do Brasil. Uni-pluri/versidad, Medellín, v.12, n.3, p.92-100, Nov. 2012.

MEDINA, M.; BRAGA, M. O teatro como ferramenta de aprendizagem da física e de problematização da natureza da ciência. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, Florianópolis, v. 27, n.2, p. 313-333, Ago. 2010.

MESSEDER NETO, H. S.; PINHEIRO, B. C. S.; ROQUE, N. F. Improvisações teatrais no ensino de química: interface entre teatro e ciência na sala de aula. Química Nova na Escola, São Paulo, v.5, n.2, p.100-106, Mai. 2013.

MONTINEGRO, B. et al. O papel do teatro na divulgação científica: a experiência do seara da ciência. Ciência e Cultura, São Paulo, v.57, n.4, p.31-32, Oct-Dez. 2005.

MOREIRA, L. M. O Jogo teatral no ensino de química: contribuições para a construção da cidadania. 2008. 154f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências) – Programa Interunidades em Ensino de Ciências, Universidade de São Paulo, São Paulo, SP, Brasil, 2008.

MOREIRA, M. A. Aprendizagem significativa: um conceito subjacente. Meaningful Learning Review, Porto Alegre, v.1, n.3, p. 25-46, set. 2011.

OLIVEIRA, Renato José. A escola e o ensino de ciências. São Leopoldo: Unisinos, 2000, p.140.

ROQUE, Nidia Franca. Química por meio do teatro. Química Nova na Escola, São Paulo, n.25, p.27-29, Mai. 2007.

SARAIVA, C. C. Teatro científico e ensino da química. 2007. 171f. Dissertação (Mestrado em Química) – Programa de Pós-Graduação em Química, Universidade do Porto, Porto, Portugal, 2007.

SOARES, Márlon H. F. B. Jogos e atividades lúdicas para o ensino de química. Goiânia:Kelps, 2013, p.196.

SOUSA JÚNIOR, F. S. S. Química em cena: uma proposta para formação inicial de professores de química. 2015.241f.. Tese (Doutorado em química), Programa de Pós-Graduação em Química, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, RN, 2015.

SOUZA, L. D. et al.. Teatro Químico: dez anos do grupo fanáticos da química com ensino lúdico. 1 ed. Mossoró: Ving-un rosado, 2011, p.222.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n2-086

Refbacks

  • There are currently no refbacks.