Luz, câmera, palco, ação: a contemporaneidade no fio de uma navalha / Light, camera, stage, action: the contemporaneity on the wire of a razor

Haydê Costa Vieira, Wagner Corsino Enedino

Abstract


Ancorado nos pressupostos teóricos de Magaldi (2004, 2008); Prado (1987); Pallottini (1989, 2006) e Enedino (2009), no que se referem à configuração do discurso teatral, nas contribuições de Aumont e Marie (2009); Xavier (2003) e Gomes (1987) para a abordagem da linguagem audiovisual do cinema, e nos aportes de Hutcheon (2011); Corseuil (2009) e Gomes (2008) acerca do desenvolvimento da adaptação cinematográfica, este trabalho visa refletir sobre o processo de transposição da obra dramática Navalha na Carne (1967), de Plínio Marcos, para o filme brasileiro A Navalha na Carne (1969), produção de Jece Valadão e direção de Braz Chediak . A escolha desse tema decorreu do interesse em investigar a literatura brasileira e sua relação com outras manifestações artísticas. Com efeito, serão destacados os discursos e as representações das personagens, assim como os seus espaços percorridos nas produções dramática e cinematográfica.


Keywords


Literatura Comparada; Teatro brasileiro contemporâneo; Adaptação cinematográfica; Violência; Plínio Marcos.

References


AGAMBEN, Giorgio. O que é o contemporâneo e outros ensaios. Trad. de Vinicius Nicastro Honesco. Chapecó, SC: Argos, 2009.

AUMONT, Jacques; MARIE, Michel. Dicionário teórico e crítico de cinema. Tradução de Eloisa Araújo Ribeiro. 4. ed. Campinas: Papirus, 2009.

ARAÚJO, Gessé Almeida. A violência na obra de Plínio Marcos: Barrela e Navalha na carne. Salvador: EDUFBA, 2015.

CORSEUIL, Anelise Reich. Literatura e Cinema. In: BONNICI, Thomas; ZOLIN, Lucia Osana (Orgs). Teoria Literária: abordagens históricas e tendências contemporâneas. 3 ed. rev.ampl. Maringá: Editora Ed. EdUEM, 2009, p. 369-378.

NAVALHA na Carne. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2019. Disponível em: . Acesso em: 03 de jul. 2019. Verbete da Enciclopédia.

ENEDINO, Wagner Corsino. Entre o limbo e o gueto: literatura e marginalidade em Plínio Marcos. Campo Grande. Editora UFMS, 2009.

ENEDINO, Wagner Corsino; SILVA, Agnaldo Rodrigues da; BULHÕES, Ricardo Magalhães. Plínio Marcos: o signo de um tempo mau. Campinas: Pontes Editores, 2016.

FARIA, João Roberto. O teatro na estante: estudos sobre dramaturgia brasileira e estrangeira. Cotia: Ateliê Editorial, 1998.

GOMES, Paulo Emilio Salles. A personagem cinematográfica. In: CANDIDO, Antonio et al. A personagem de ficção. São Paulo: Perspectiva, 1987. p.103-119.

GOMES, André Luis. Traição respeitosa: o teatro de Plínio Marcos no cinema. Abralic, v. 10, n. 13, 2008. Disponível em . Acesso em 28 mar. 2019.

GUIDO, Humberto; ESTEVINHO-GUIDO, Lúcia de Fátima. A poética do movimento: considerações preliminares ao cinema. In: SILVEIRA, Ronie Alexsandro Teles da; SCHAEFER, Sérgio (Orgs.). O cinema brasileiro e a Filosofia. Uberlândia: EDUFU, 2012. p. 9-31.

GUINSBURG, Jacó; FARIA, João Roberto; LIMA, Mariangela Alves de. (Orgs.). Dicionário do teatro brasileiro: temas, formas e conceitos. São Paulo: Perspectiva, 2006.

HUTCHEON, Linda. Uma teoria da adaptação. Tradução de André Cechinel. Florianópolis: Ed. da UFSC, 2011.

JULLIER, Laurent; MARIE, Michel. Lendo as imagens do cinema. Tradução de Magda Lopes. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2009.

MAGALDI, Sábato. Panorama do teatro brasileiro. 6. ed. São Paulo: Global, 2004.

_______. Iniciação ao teatro. 7. ed. São Paulo: Ática, 2008.

_______. Moderna dramaturgia brasileira. São Paulo: Perspectiva, 2008.

MENDES, Oswaldo. Bendito maldito: uma biografia de Plínio Marcos. São Paulo: Leya, 2009.

PALLOTTINI, Renata. Dramaturgia: a construção do personagem. São Paulo: Ática, 1989.

_______. O que é dramaturgia. São Paulo: Brasiliense, 2006.

PICCHIO, Luciana Stegagno. História da literatura brasileira. Tradução de Pérola de Carvalho e Alice Kyoko. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, 1997.

PLÍNIO MARCOS. Navalha na carne. In: _______. Plínio Marcos: melhor teatro. Seleção e prefácio de Ilka Marinho Zanotto. São Paulo: Global, 2003. p. 135-169.

PRADO, Décio de Almeida. A personagem no teatro. In: CANDIDO, Antonio et al. A personagem de ficção. São Paulo: Perspectiva, 1987. p. 81-101.

PRADO, Décio de Almeida. Exercício findo: crítica teatral (1964-1968). São Paulo: Perspectiva, 1987.

SCHOLLHAMMER, Karl Eric. Que significa literatura contemporânea? In: _______. Ficção Brasileira Contemporânea. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009.

VIEIRA, Haydê Costa; ENEDINO, Wagner Corsino. Por um sopro de liberdade: teatro e resistência no palco brasileiro. São Paulo: Scortecci, 2018.

XAVIER, Ismail. Do texto ao filme: a trama, a cena e a construção do olhar no cinema. In: PELLEGRINI, Tânia et al. Literatura, cinema e televisão. São Paulo: Editora Senac São Paulo: Instituto Itaú Cultural, 2003. p. 61-89.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n2-065

Refbacks

  • There are currently no refbacks.