Variedades de milho com polinização aberta da Epagri sob efeito do espaçamento entre linhas / Maize varietes with open pollination of Epagri under effect of line spacing

Nédio Luís Patzlaff, Carlos Eduardo Nogueira Martins, Miguelangelo Ziegler Arboitte, Alberto Höfs

Abstract


Experimento que determinou caracteres agronômicos, avaliou produtividade e custo de produção de silagem, bem como qualidade de silagens das variedades de milho com polinização aberta (VPA) da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri). O delineamento experimental foi de blocos ao acaso com esquema fatorial 2x3: espaçamento entre linhas – EEL (0,7 m ou 0,8 m) e cultivar (SCS-154 Fortuna, SCS-155 Catarina ou SCS-156 Colorado), com 04 repetições (blocos). O estande final foi fixo (55.000 plantas ha-1). Os dados foram submetidos a testes de normalidade e análise de componentes principais, seguidos de análise de variância ou Kruskal-Wallis e teste de Tukey ou Wilcoxon para comparação das médias (p<0,05). O ciclo da cultivar Catarina até o florescimento masculino e ao ponto de corte para silagem foi mais longo. Fortuna apresentou maior participação de folhas na estrutura da planta. A cultivar Colorado teve menor altura de planta e de inserção da espiga. A maior produção massa verde e massa seca de silagem foi em Fortuna e Catarina. O extrato etéreo foi influenciado pelos dois fatores e, a FDN, pelo espaçamento. O potencial de conversão em leite por hectare foi menor na cultivar Colorado e o custo de produção de silagem foi maior nesta variedade. Por chegar antes ao ponto de ensilagem com produção, qualidade bromatológica e custos similares à Catarina, a cultivar mais indicada para produção de silagem é a Fortuna.


Keywords


Caracteres agronômicos. Estrutura da planta. Massa verde. Silagem de milho. Potencial de conversão em leite.

References


ABDUL RAHMAN, N.; ABD HALIM, M. R.; MAHAWI, N.; et al. Determination of the use of Lactobacillus plantarum and Propionibacterium freudenreichii application on fermentation profile and chemical composition of corn silage. BioMed Research International, v. 2017, 2017.

BERMUDEZ, F.; HÖFS, A.; NESI, C. N.; VOGT, G. A. Desempenho de variedades de milho em Santa Catarina. . p.1350–1354, 2016. Bento Gonçalves: XXXI Congresso Nacional de Milho e Sorgo. Disponível em: . .

BERTAGNON, H. G.; BARBOZA, E.; CONNEGLIAN, M. M.; NEUMANN, M. Ação imunomoduladora da vitamina E na imunidade sistêmica e da glândula mamária de bovinos leiteiros alimentados com silagem Immunomodulatory action of vitamin E in systemic immunity and mammary gland of dairy cows fed silage. Semina: Ciências Agrárias, v. 35, p. 857–866, 2014.

BERTOLINI, E. V.; GAMERO, C. A.; SALATA, A. DA C.; PIFFER, C. R. Antecipação da adubação de semeadura do milho em dois sistemas de manejo do solo. Revista Brasileira de Ciencia do Solo, v. 32, n. 6, p. 2355–2366, 2009.

BRASIL, S. DE P. A. (MAPA). Projeções do Agronegócio Brasil 2016/17 a 2026/27. 8. ed. Brasília: SPA/Mapa, 2017.

CAPPELLE, E. R.; VALADARES FILHO, S. DE C.; SILVA, J. F. C. DA; CECON, P. R. Estimativas do Valor Energético a partir de Características Químicas e Bromatológicas dos Alimentos. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 30, n. 6, p. 1837–1856, 2001.

CASTOLDI, G.; COSTA, M. S. S. DE M.; COSTA, L. A. DE M.; PIVETTA, L. A.; STEINER, F. Sistemas de cultivo e uso de diferentes adubos na produção de silagem e grãos de milho. Acta Scientiarum. Agronomy, v. 33, n. 1, p. 139–146, 2011. Disponível em: .

CONAB. Preços dos Insumos Agropecuários. Disponível em: . Acesso em: 31/12/2018.

CONAB, C. N. DE A. Acompanhamento da safra brasileira de grãos, V. 6, Safra 2018/2019. , v. 6, n. 2318–6852, p. 125, 2019. Disponível em: . .

EMBRAPA CNPSA. Dados Agrometeorológicos EMBRAPA-CNPSA. Disponível em: . Acesso em: 10/1/2019.

EPAGRI/CEPA. Síntese Anual da Agricultura de Santa Catarina 2016-2017. Florianópolis, 2017.

EPAGRI. Síntese anual da agricultura de Santa Catarina 2015-2016. Florianópolis: Epagri, 2016.

EPAGRI. Avaliação de cultivares para o estado de Santa Catarina 2018-2019. Florianópolis, 2018.

GARCIA, J. R. M. Inovação Tecnológica e Controle de Mercado de Sementes Transgênicas de Milho. XXIX Congresso Nacional de Milho e Sorgo. Anais... . p.3387–3393, 2012. Sete Lagoas.

INMET. Normais Climatológicas 1981-2010. Disponível em: . Acesso em: 18/4/2018.

KÖPPEN, W.; GEIGER, R. Das Geographische System der Klimate. Handbuch der Klimatologie, , n. c, p. 7–30, 1936.

Manual de adubação e calagem para os Estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. 11. ed. Porto Alegre: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, Núcleo Regional Sul, Comissão de Química e Fertilidade do Solo RS/SC, 2016.

MARQUARDT, F. I.; JOBIM, C. C.; BUENO, A. V. I.; RIBEIRO, M. G. Altura de corte e adição de inoculante enzimo-bacteriano na composição químico-bromatológica e digestibilidade de silagens de milho avaliada em ovinos. Ciência Animal Brasileira, v. 18, n. 0, p. 1–9, 2017.

MATOS, M. A. Modelo informatizado para o planejamento operacional e econômico de sistemas mecanizados com a consideração da pontualidade, 2007. Dissertação (Mestrado em Máquinas Agrícolas) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2007.doi:10.11606/D.11.2007.tde-17082007-094322. Acesso em: 15/03/2019.

MENDES, M. C.; GABRIEL, A.; FARIA, M. V.; ROSSI, E. S.; JÚNIOR, O. P. Época de semeadura de híbridos de milho forrageiro colhidos em diferentes estádios de maturação. Revista Agro@mbiente, v. 9, p. 136–142, 2015.

NATIONAL RESEARCH COUNCIL - NRC. Nutrient Requirements of dairy cattle. 7a. rev., Washington, D.C., 2001.

NOAL, G.; REJANE, L.; REINIGER, S. Modelo logístico de crescimento de cultivares crioulas de milho e de progênies de meios-irmãos maternos em função da soma térmica. Ciencia Rural, v. 46, n. 1, p. 36–43, 2016.

OLIVEIRA, A. S. DE; DETMANN, E.; MAURÍCIO, J.; CAMPOS, D. S. Meta-análise do impacto da fibra em detergente neutro sobre o consumo , a digestibilidade e o desempenho de vacas leiteiras em lactação. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 40, n. 7, p. 1587–1595, 2011.

OLIVEIRA, F. C. L. DE; JOBIM, C. C.; DA SILVA, M. S.; et al. Produtividade e valor nutricional da silagem de híbridos de milho em diferentes alturas de colheita. Revista Brasileira de Zootecnia, v. 40, n. 4, p. 720–727, 2011b.

OLIVEIRA, M. D. X. DE; FILHO, D. F.; SANTOS, M. X. DOS. Comparação do Método de Graus-Dia e do Número de Dias de Calendário para Estimativa do Ciclo do Milho Safrinha (Emergência ao Florescimento Masculino), no Estado do Mato Grosso do Sul. Memorias de la XVIII Reunión Latinoamericana del Maíz. Anais... . p.239–244, 1994. La Paz.

OLIVEIRA, M. R.; NEUMANN, M.; JOBIM, C. C.; UENO, R. K.; MARAFON, F. Composição Morfológica e Nutricional de Plantas e Silagens de Milho em Diferentes Estádios de Maturação. Revista Brasileira de Milho e Sorgo, v. 4, p. 183–192, 2013.

PEREIRA, F. B.; HÖFS, A.; LUCIETTI, D.; et al. Cultivares de Milho da Epagri (folder técnico). Chapecó, 2018.

PEREIRA FILHO, I. A.; BORGHI, E. Mercado de sementes de milho no Brasil: safra 2016/2017. Sete Lagoas, 2016.

PINTO, A. P.; COGO LANÇANOVA, J. A.; LUGÃO, S. M. B.; et al. Avaliação de doze cultivares de milho (Zea mays L.) para silagem. Semina:Ciencias Agrarias, v. 31, n. 4, p. 1071–1078, 2010.

QUEIROZ, O. C. M.; KIM, S. C.; ADESOGAN, A. T. Effect of treatment with a mixture of bacteria and fibrolytic enzymes on the quality and safety of corn silage infested with different levels of rust. Journal of Dairy Science, v. 95, n. 9, p. 5285–5291, 2012. Elsevier. Disponível em: . .

R DEVELOPMENT CORE TEAM. R: A Language and Environment for Statistical Computing. R Foundation for Statistical Computing, 2018. Vienna, Austria.

ROSALES, L. A.; COSTA, C.; FACTORI, M. A.; MEIRELLES, P. R. L.; MORAES, G. J. Produtividade e valor nutritivo de híbridos de milho para silagem em função do espaçamento e da densidade de semeadura. Boletim de indústria animal, v. 2202, p. 197–207, 2008.

SILVA, D. J.; QUEIROZ, A. C. DE. Análise de Alimentos. Métodos Químicos e Biológicos. 3. ed. Viçosa: UFV, 2009.

SOUZA, G. B. DE; NOGUEIRA, A. R. D. A.; RASSINI, J. B. Determinação de matéria seca e umidade em solos e plantas com forno de microondas doméstico. Circular Técnica MAPA, v. 33, p. 1–9, 2002.

STACCIARINI, T. DE C. V.; CASTRO, P. H. C. DE; BORGES, M. A.; et al. Avaliação de caracteres agronômicos da cultura do milho mediante a redução do espaçamento entre linhas e aumento da densidade populacional. Revista Ceres, v. 57 n.4, p. 516–519, 2010.

THIERRY, A.; DEUTSCH, S. M.; FALENTIN, H.; et al. New insights into physiology and metabolism of Propionibacterium freudenreichii. International Journal of Food Microbiology, v. 149, n. 1, p. 19–27, 2011.

WORDELL FILHO, J. A.; CHIARADIA, L. A. A cultura do milho em Santa Catarina. 3. ed. Florianópolis: Epagri, 2016.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n2-032

Refbacks

  • There are currently no refbacks.