Afetividade como instrumento facilitador no processo de ensino-aprendizagem / Affectivity as a facilitating tool in the teaching-learning process

Nataely dos Prazeres Sousa Tomas, Graciela Ferreira da Silva, Maria Silvânia Santos de Oliveira, Nagraely dos Prazeres Sousa

Abstract


A escola da atualidade caracteriza-se por apresentar aspectos que antes não eram relevantes para o processo de ensino-aprendizagem. Hoje em dia, com todo o desencadear das formações familiares e das transformações ocorridas nos hábitos da população, a escola acabara por se adequar a estas novas mudanças. Diante disto, o corpo discente se apresenta cada dia mais carente de atenção e de afeto, cabendo a escola, em muitas vezes, tentar suprir essa carência. Daí surge o principal objetivo desta pesquisa, investigar as relações de afetividade entre professores e alunos e relacionar com o (in) sucesso do processo de ensino e aprendizagem utilizando a psicopedagogia como suporte. A mesma utilizou um estudo bibliográfico com abordagem qualitativa. A afetividade se mostra tão importante para o ambiente escolar quanto as intervenções psicopedagógicas, visto que, se ambas forem praticadas de maneira correta, trazem benefícios para a vida e convívio de todo o ambiente escolar. Assim, o afeto se torna um aliado para a construção de um ser pensante e reflexivo e a psicopedagogia, um dos caminhos para a solução de diversos problemas que podem surgir no ambiente escolar.


Keywords


Afetividade, Ensino-aprendizagem, Psicopedagogia

References


CAVICCHIA, Durlei de Carvalho. Psicopedagogia na instituição educativa: a creche e a pré-escola. In: SISTO, Fermino Fernandes; et al. Atuação psicopedagógica e aprendizagem escolar. Petrópolis/RJ: Vozes, 1996.

CUNHA, A. E. ; Afeto e aprendizagem, relação de amorosidade e saber na prática pedagógica. Rio de Janeiro, Wak, 2008.

CHALITA, G. Educação. A solução está no afeto. São Paulo: Gente, 2004.

DAVIS, Cláudia; OLIVEIRA, Zilma de. Psicologia na Educação. 2.ed. São Paulo: Cortez, 1994

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 2.ed. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GOLDANI, A; TOGATLIAN, M. A; COSTA. R. A. Desenvolvimento, Emoção e Relacionamento na Escola. Rio de Janeiro: Epapers, 2010

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de metodologia científica. 6 ed. 7 reimpr. São Paulo: Atlas, 2009.

PAULA, P. Revista Eletrônica Saberes da Educação – Volume 1 – nº 1 - 2010

PIAGET, J. A construção do real na criança. 2ª ed. Rio de Janeiro: Zahar, 1975.

PORTILHO, Evelise Maria Labatut. Conhecer-se para conhecer. In: BARBOSA, Laura Monte Serrat. Psicopedagogia um portal para inserção social. Petropolis-RJ: Vozes, 2003.

SALTINI, C. J. P.; Afetividade e inteligência. Rio de Janeiro, Wak, 2008

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

VASCONCELLOS, Celso dos S. Currículo: A Atividade Humana como Princípio Educativo. 2.ed. São Paulo: Libertad, 2009

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 1984.

WALLON, H.; Psicologia e Educação da Infância; Lisboa; Estampa, 1975.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n2-031

Refbacks

  • There are currently no refbacks.