Avaliação da toxicidade da amônia em um policultivo do litopenaeus vannamei e spirulina platensis / Evaluation of ammonia toxicity in a policulture of litopenaeus vannamei and spirulina platensis

José William Alves da Silva, Maria Jackeline Barbosa dos Santos, João Henrique Cavalcante Bezerra, Vitória Lima Damasceno, Glacio Souza Araujo, Emanuel Soares dos Santos, Renato Teixeira Moreira, Dilliani Naiane Mascena Lopes

Abstract


A amônia ionizada é uma das variáveis mais importantes da qualidade da água, pois em elevadas concentrações pode causar mortalidade a organismos aquáticos devido a sua alta toxicidade. A alga azul Spirulina platensis é conhecida por reduzir os compostos nitrogenados em águas residuais para formação de sua composição celular. O objetivo do trabalho foi avaliar os níveis de amônia em um policultivo com diferentes concentrações de S. platensis e camarão Litopenaeus vannamei. A pesquisa consistiu em quatro tratamentos, com três repetições cada. No primeiro foi ofertada apenas ração comercial, no segundo ração e S. platensis com concentração de 0,5 mL, no terceiro ração e S. platensis com concentração de 1,0 mL e, no quarto ração e S. platensis com concentração 2,0 mL. A densidade de estocagem inicial foi de 1 pl/L, resultando em 30 Pl’s22 por repetição, estocadas em aquários de 40 L com volume útil de 30 L e alimentadas, ad libitum, três vezes ao dia. Os dados foram submetidos a uma análise de variância (ANOVA) e teste de Tukey, ambos com 5% de significância. Os teores de amônia no tratamento com a maior concentração da microalga apresentaram os menores níveis.


Keywords


Concentração; Densidade; Toxicidade.

References


ANDRADE, R. DE L. et al. La importancia de Spirulina en La alimentación acuícola. Contactos, v. 57, p. 13-16, 2005.

BARBIERI JÚNIOR, R. C.; OSTRENSKY NETO, A. Camarões Marinhos – Engorda. Viçosa: Aprenda Fácil, 2002. 370 p.

BELAY, A.; KATO, T.; OTA, Y.. Spirulina (Arthrospira): potential application as an animal feed supplement. J. Appl. Phycol. 8, 303–311, 1996.

BOYD, C.E. Water Quality in Ponds for Aquaculture. Auburn University, Alabama, 1990.

BRIGGS, M.R.P.; FUNGE-SMITH, S.J.; A nutrient budget of some intensive marine shrimp ponds in Thailand. Aquacult. Fish. Manage. 25, 789–811, 1994.

BURFORD, M.A.; GLIBERT, P.M.; Short-term N uptake and regeneration in early and late growth phase shrimp ponds. Aquacult. Res. 30, 215–227, 1999.

CHUNTAPA, B.; POWTONGSOOK, S.; MENASVETA, P. Water quality control using Spirulina platensis in shrimp culture tanks. Aquaculture, v. 220, p. 355-366, 2003.

DE LARA ANDRADE, R.; BARRERA CASTRO, T.; CASTRO MEJÍA, J.; CASTRO MEJÍA, G.; MALPICA SÁNCHEZ, A.; GARCÍA CASTILLO, V., La importancia de Spirulina en la alimentación acuícola. Contactos 57, 13–16, 2005.

FAO - ORGANIZACIÓN DE LAS NACIONES UNIDAS PARA LA AGRICULTURA Y LA ALIMENTACIÓN. El estado mundial de la pesca y la acuicultura. In: Examen mundial de La pesca y la acuicultura. Roma: FAO, 2007. p. 3-67.

JACKSON, C.; PRESTON, N.; THOMPSON, P.J.; BURFORD, M. Nitrogen budget and effluent nitrogen components at an intensive shrimp farm. Aquaculture 218, 397–411, 2003.

JONES, M.N., Nitrate reduction by shaking with cadmium; alternative to cadmium columns. Water Res. 18, 643–646, 1984

KUBITZA, F. Qualidade da água no cultivo de peixes e camarões. 1° ed. Divisão de Biblioteca e Documentação – ESALQ/USP, Jundiaí – SP, 265 p., 2003.

LAWRENCE, A.L.; LEE, P.G.; Research in the Americas. In: D’Abramo, L.R., Conklin, D.E., Akiyama, D.M. Eds., Crustacean Nutrition, Advances in World Aquaculture vol. 6. World Aquaculture Society, Baton Rouge, pp. 566–587, 1997.

NUNES, A. J. P. Manual Purina de alimentação para camarões marinhos. Paulínia, SP: Agribrands Purina do Brasil Ltda, 2000. 40 p.

VAN RIJN, J. The potential for integrated biological treatment systems in recirculating fish culture -a review. Aquaculture 139, 181– 201, 1996.

VINATEA, L. A. Princípios químicos de qualidade da água em aqüicultura. Florianópolis: EDUFSC 2004




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n2-020

Refbacks

  • There are currently no refbacks.