Avaliação da sustentabilidade de uma piscicultura através do método mesmis: um estudo de caso, no municipio de Abaetetuba, Amazonia oriental / Assessing the sustainability of a pisciculture through the same method: a case study, in the municipality of Abaetetuba, eastern Amazonia

Ana Carolina Rodrigues da Cruz, Jardiane de Moraes Fayal, Jean Louchard Ferreira Soares

Abstract


O município de Abaetetuba possui uma rede hidrográfica bastante vasta, navegável em quase toda a sua extensão. O estudo do presente trabalho foi gerido entre os meses de abril e julho de 2018 em uma propriedade particular, com uma área total de 3ha, com quatro viveiros escavados e um tanque, atua com a criação de peixes em sistema semi-intensivo, na engorda de Curimatã (Prochilodus spp.), Pirapitinga (Piaractus brachypomus), Tambucu e Tambaqui (Colossoma macropomum). A piscicultura é desenvolvida no Brasil principalmente por pequenos produtores rurais com a finalidade de complementar a renda familiar. O objetivo deste trabalho foi estabelecer indicadores e parâmetros para avaliar a sustentabilidade de uma piscicultura no município de Abaetetuba, região do Baixo Tocantins, a partir de adaptações do método MESMIS para a atividade de criação de peixes. Foi elaborada uma tabela contendo 33 indicadores de sustentabilidade, abrangendo as dimensões ecológicas, sociais e econômicas, cada um com três parâmetros a serem avaliados e pontuados, propondo que: 1 (um) representa condição indesejável, 2 (dois) representa condição regular e 3 (três) como condição desejável. A obtenção dos dados foi através de visitas in loco e conversas com os residentes da propriedade. Os resultados obtidos foram inseridos em planilhas, a fim de gerar um gráfico radar, pois facilita a leitura e interpretação dos parâmetros. Na primeira visita, observou-se um indicador com 63 pontos (abril) e, após feitas algumas avaliações de procedimentos, foi realizada nova visita na qual obteve-se nova pontuação de 68 pontos (julho), a propriedade está em condição regular de sustentabilidade. O método permite novas avaliações posteriores, permitindo assim alterações nos parâmetros, a fim de tornar a piscicultura observada mais próxima da sustentabilidade.


Keywords


Indicadores de Sustentabilidade; Abaetetuba; Parâmetros avaliativos.

References


BRASIL. Ministério do Trabalho. NR 31 - Segurança e Saúde no Trabalho na Agricultura, Pecuária Silvicultura, Exploração Florestal e Aquicultura. Brasília, 2005. Disponível em

BRUNDTLAND, Gro Harlem et al. Nosso futuro comum. Rio de Janeiro: FGV, p. 172-182, 1991.

CÂNDIDO, G.A.; NÓBREGA, M.M.; FIGUEIREDO, M.T.M. E SOUTO MAIOR, M. M. Avaliação da sustentabilidade de unidades de produção agroecológicas: um estudo comparativo dos métodos IDEA e MESMIS. Ambiente & Sociedade. São Paulo v. XVIII, n. 3. p. 99-120. jul.-set. 2015

CAPORAL, F. R.; COSTABEBER, J. A. Agroecologia: enfoque científico e estratégico para apoiar o desenvolvimento rural sustentável. Porto Alegre: EMATER/RSASCAR, 2002. (Série Programa de Formação Técnico-Social da EMATER/RS. Sustentabilidade e Cidadania, texto 5).

CAPORAL, F. R.; COSTABEBER, J. A.; PAULUS, G. Agroecologia: uma ciência do campo da complexidade/ (org)... – Brasília: 2009.

CARVALHO, J. H.; MUELBERT, B. Viveiros escavados de piscicultura na região da cantuquiriguaçu. In: SEMINÁRIO DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, 4.; JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 4., 2014, Laranjeiras do Sul, PR. Anais... Laranjeiras do Sul: UFFS, 2014.

DEPONTI, C.M.; ECKERT, C.;AZAMBUJA, J.L.B. Estratégia para construção de indicadores para avaliação da sustentabilidade e monitoramento de sistemas. Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentavel. Porto Alegre, v.3, n.4, 2002.

Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas (FAPESPA). Estatísticas Municipais Paraenses: Abaetetuba. Diretoria de Estatística e de Tecnologia e Gestão de Informação. Belém, 2016.

LÓPEZ-RIDAURA, S.; MASERA, O.; ASTIER, M. Evaluating the Sustainability of integrated Peasantry Systems: The MESMIS Framework. Ileia Newsletter, Dez, p. 28–30, 2000.

MASERA, O.; ASTIER, M.; LÓPEZ-RIDAURA, S. Sustentabilidad y manejo de recursos naturales: el marco de evaluación MESMIS. México: Mundi-Prensa, 1999.

NAZZARI, R.K.; BERTOLINI, G.R.F.; BRANDALISE, L. T.. Gestão Das Unidades Artesanais Na Agricultura Familiar: Uma Experiência No Oeste Do Paraná. Cascavel: Edunioeste, 2007. p 163.

NUNES, J. S.; MARTINS, S. R.; BORBA, M. R.; MUELBERT, B. Sustentabilidade de agroecossistemas familiares com produção de peixes na perspectiva agroecológica. Rev. Bras. De Agroecologia, 1 2(4): p.275-286, 2017.

OSTRENSKY, A. Piscicultura: fundamentos e técnicas de manejo. Guaíba: Agropecuária, 1998.

RIBEIRO, P.A.P. COSTA, L.S. ROSA, P. V. Manejo alimentar em piscicultura convencional. Revista Eletrônica Nutritime, artigo 109, v.7, n.2, p.1189- 1196, 2010.

SILVA, C.E. ALBUQUERQUE JUNIOR, R.L.C. MELO, C.M. MADI, R.R. Modelagem de indicadores para avaliar a sustentabilidade da pesca artesanal do entorno da Floresta Nacional do Ibura, nordeste do Brasil. Revista Ibero- Americana de Ciências Ambientais, V. 4, n.1, p.33- 44, 2013.

SOUZA, R. T. M.; MARTINS, S. R.; VERONA, L. A. F. Gestão ambiental de agroecossistemas familiares mediante utilização do método MESMIS. In: CONGRESSO DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO. 2012, Luziania, GO. Anais... Luziania: Sociedade Brasileira de Sistemas de Produção, 2012. p 21.

VERONA, L. A. F. Avaliação de sustentabilidade em agroecossistemas de base familiar e em transição agroecológica na região sul do Rio Grande do Sul. 2008. 191 f. Tese (Doutorado em Ciências) – Programa de Pós-Graduação em Agronomia, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, RS, 2008.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv6n2-016

Refbacks

  • There are currently no refbacks.