Proposta para redução do desperdício de chapas de aço em uma empresa do ramo metalúrgico / Proposal to reduce the waste of steel sheets in a metallurgical company

Débora Regina Carvalho, Dariane Cristina Catapan, Jusirmar Alves da Cruz

Abstract


Esse trabalho tem como objetivo apresentar uma proposta, para redução do desperdício de chapas de aço na empresa Fogipam Metalúrgica. Nesse sentido, optou-se por identificar como é realizado o processo atual de descarte, com a utilização da ferramenta da qualidade conhecida como fluxograma; relacionar as suas principais causas e propor um plano de ação para redução desse desperdício. Como metodologia de pesquisa utilizou-se a pesquisa de campo, como tipo de pesquisa escolhido para explorar e conhecer o local; entrevista informal e observação não participante para coleta das informações, Diagrama de Ishikawa e Matriz GUT para organização e priorização das causas; e para elaboração do plano de ação utilizou-se da ferramenta conhecida como 5W2H. Dos resultados obtidos, pôde-se constatar as  causas que levam ao desperdício de chapas de aço, como falta de planejamento no processo produtivo, diversidade de tamanho de peças, máquinas e equipamentos não automatizados, falta de investimentos em novas máquinas e falta de treinamento operacional. A partir disso houve a necessidade da empresa em adotar um plano de ação, para controlar o desperdício de chapas de aço, mas principalmente para propor a redução desse desperdício. Conclui-se que a empresa, diante do presente artigo, conseguiu identificar as causas e com base no plano de ação elaborado, conseguiu-se reduzir o desperdício das chapas de ação.


Keywords


5W2H; Sucata; Plano de ação; Produção

References


AÇOBRASIL, A Indústria do Aço no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 19 Mar. 2017.

AGOSTINHO, D. S. Tempo e Métodos Aplicados à Produção de Bens. Curitiba: InterSaberes, 2015.

ALBERTIN, M. R.; PONTES. J. L. H. Administração da produção e operações. Curitiba: InterSaberes, 2016.

ALVAREZ, B. E. M. Manual de Organização, Sistema e métodos: abordagem teórica e prática da engenharia da informação. 4. ed. São Paulo: 2010.

ASSEN, M. et al. Modelos de Gestão: os 60 modelos que todo gestor deve conhecer. 2. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2010.

BARROS, A.J.S; LEHFELD, N. A. S. Fundamentos de Metodologia Científica. 3. ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

BERTAGLIA, R. P. Logística e Gerenciamento da Cadeia de Abastecimento. 2. ed. São Paulo: Saraiva, 2009.

BEZERRA, C. A. Técnicas de Planejamento, Programação e controle da produção: aplicações em planilhas eletrônicas: Curitiba: InterSaberes, 2013.

BIAGIO, L. A. Como Administrar a Produção. São Paulo: Manole, 2015.

CERVO, A. L; BERVIAN, P. A. Metodologia Científica. 5.ed. São Paulo: Prentice Hall, 2002.

CHIAVENATO, I. Planejamento e Controle da Produção. 2. ed. São Paulo: Manole, 2008.

COSTA, JUNIOR E. L. Gestão em Processos Produtivos. Curitiba: InterSaberes, 2012.

CORRÊA, H. L.; CORRÊA, C. A. Administração de Produção e Operações: Manufatura e Serviços: Uma Abordagem Estratégica. 2. ed. – 5. Reimpr. São Paulo: Atlas, 2010.

CUSTODIO, F. M. Gestão da Qualidade e Produtividade. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2015.

FELÍCIO, E. A. Estudo da Implementação de Conceito da Produção Enxuta para Redução de Resíduos em uma Manufatura do Ramo Siderúrgico. 2012. 61 f. Trabalho de Conclusão de Curso – Engenharia da Produção, Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2012.

FOGIPAM, Empresa. Disponível em: < http://www.fogipam.com.br/empresa.php/>. Acesso em: 09 de Fev. 2017.

FUSCO, A. P. J.; SACOMANO, B.J. Operações e Gestão Estratégica da Produção. São Paulo: Arte & Ciência, 2007.

GAUTO, M; ROSA, G. Química Industrial. Porto Alegre: Bookman, 2013.

GIL, A.C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

JARDIM, A.; YOSHIDA. C.; MACHADO FILHO. V. J. Política Nacional, Gestão e Gerenciamento de Resíduos Sólidos. São Paulo: Manole, 2012.

KRAJEWSKI, J. et al. Administração de Produção e Operações. São Paulo: Prentice Hall, 2009.

LAUGENI, P.F; MARTINS, G, P. Administração da Produção. 2. ed. São Paulo:

Saraiva, 2005.

LUSTOSA, L. et al. Planejamento e Controle da Produção. Rio de Janeiro: Elsevier, 2008.

MARQUES, C.F. Estratégia de Gestão da Produção e Operações. Curitiba: IESDE, 2012.

NEUMANN, C. Gestão de Sistemas de Produção e Operações. Rio de Janeiro: Elsevier, 2013.

OGDEN, J. R; CRESCITELLI, E. Comunicação Integrada de Marketing – Conceitos, técnicas e práticas. 2 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009.

PARANHOS, FILHO M. Gestão da produção Industrial. Curitiba: InterSaberes, 2012.

RAZZOLINI FILHO, E.; BERTÉ, R. O Reverso da Logística e as Questões Ambientais no Brasil. Curitiba: InterSaberes, 2013.

RIES, W. Fornos a Arco. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2001.

SANTOS, A. L; MARZALL. F. L; GODOY. P. L. (RE) Aproveitamento de Sucata no Ramo Metal-Mecânico Frente à Sustentabilidade Ambiental. Santa Maria, 2015. Artigo (Mestrado e Doutorado em Engenharia da Produção) – Departamento da Engenharia da Produção, Universidade Federal de Santa Maria.

SELEME, R.; STANDLER, H. Controle da Qualidade: as ferramentas essenciais. 2. ed. Curitiba: Intersaberes, 2012.

SHIGUNOV, N. A; SCARPIM. A.J. Terceirização em serviços de Manutenção Industrial. Rio de Janeiro: Interciência, 2014.

SILVA, O. R. Teorias da Administração. 3. ed. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2013.

SINDINESFA, Sindicato do Comércio Atacadista de Sucata Ferrosa e não Ferrosa. Disponível em . Acesso em: 12 de Mar. 2017.

SIQUEIRA, L. P. J. Gestão de produção e operações. Curitiba: IESDE, 2009.

SLACK, N. et al. Administração da Produção. São Paulo: Atlas, 2010.

TACHIZAWA, T. et al. Gestão com Pessoas: uma abordagem aplicada às estratégias de negócios. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

TRSUCATAS, O que é Sucata. Disponível em: < http://www.trsucatas.com.br/o-que-e-sucata>. Acesso em: 19 de Mar. 2017.

WILDAUER, W. E. Mapeamento de Processos. Curitiba: InterSaberes, 2015.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.