Marketing cultural e ação social para o patrimônio: o caso da Companhia de Artes sem Fronteiras da cidade de Itaqui, RS, Brasil / Cultural marketing and social action for heritage: the case of Companhia de Artes sem Fronteiras of the city of Itaqui, RS, Brazil

Jussara Foletto, Danielle de Souza Saad, Denise de Souza Saad

Abstract


O presente estudo tem por objetivo a preservação do patrimônio cultural da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, no município de Itaqui, Brazil, através do estudo de uma entidade social sem fins lucrativos, mantida pela parceria entre o setor público e o privado. As indagações que nortearam a pesquisa são: como as ações de um projeto social podem impactar numa sociedade local, contribuindo para o desenvolvimento do ser humano e preservando a cultura. Possui como objetivo geral analisar a ação de marketing cultural da Empresa Foletto Alimentos através da Cia de Artes sem Fronteiras, buscando o acesso artístico e cultural de crianças e jovens à arte popular e verificando os benefícios que o projeto gera na formação do cidadão, preservando a cultura fronteiriça. Para este trabalho buscou-se o referencial teórico sobre a sustentabilidade e sociedade, patrimônio e preservação cultural, projetos sociais e a forma de pensar e agir desta sociedade. Foi utilizada uma pesquisa quantitativa e qualitativa para validar os resultados. Nos resultados, verificou-se que uma empresa que investe em projetos sociais é fortalecida e estes permitem resgatar e valorizar a cultura local, propiciando uma mudança na sociedade.


Keywords


Patrimônio Cultural. Marketing Cultural. Projetos Sociais.

References


SAFRA, G. Memória e Subjetivação. Memorandum, 2, 21-30. Disponível em: . 2002. Acesso em: 17 jun. 2018.

UNESCO. Small Island Developing States (SIDS). Ciências Naturais – Áreas Prioritárias. Disponível em: . Acessado em: 05 mai. 2018.

LAASCH, O.; CONAWAY,C. Fundamentos da gestão responsável: sustentabilidade, responsabilidade e ética. São Paulo: Cengage Learning, 2015.

SACHS, J. D. A era do desenvolvimento sustentável. 1. ed. Lisboa, Portugal: Ed. Actual, 2017.

PEDROZO, E. A.; SILVA, T. N. da. O desenvolvimento sustentável e a abordagem sistêmica. REAd. Edição 18, vol. 6, n. 6, nov-dez 2000. Disponível em: < https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/19345/000293927.pdf?sequence=1>. Acesso em: 10 mai. 2018.

SAVITZ, A. W.; WEBER,K. A empresa sustentável: o verdadeiro sucesso é lucro com responsabilidade social e ambiental. Rio de Janeiro: Ed. Campus, 2007.

COSTA, E. H. da. Fundamentos de responsabilidade social empresarial. 2. ed. Rio de Janeiro: Ed. iVentura, 2010.

MENEGHETTI, A. A psicologia do líder. 4. ed. Recanto Maestro, Restinga Seca: Ontopsicologia Editrice, 2008.

FREIRE, P. Pedagogia da solidariedade. 2. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2016.

ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia. 6. ed. São Paulo: Ed. WMF Martins Fontes, 2012.

PELEGRINI, S. C. A.; FUNARI, P. P. O que é patrimônio cultural imaterial. São Paulo: Editora Brasiliense, 2013.

LEMOS, C. A. C. O que é Patrimônio. São Paulo: Brasiliense, 1985.

VARINE, H. As raízes do futuro: o patrimônio a serviço do desenvolvimento local. Porto Alegre: Editora Medianiz, 2012.

MENEGHETTI, A. Do Humanismo Histórico ao Humanismo Perene. Recanto Maestro, Restinga Seca: Ontopsicologica Editora Universitária, 2014.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.