Uso de indicadores de sustentabilidade na produção de leite: uma experiência metodológica Use of sustainability indicators in milk production: a methodological experience

Juçara Elza Hennerich, Géssica Jaine Veloso, Guilherme Luiz Deolindo, Luisa Nora, Tamara Tais Tres

Abstract


A atividade leiteira é uma importante ferramenta de desenvolvimento das propriedades rurais no Brasil. O estudo faz uso da abordagem pelo método MESMIS, para avaliar uma unidade de produção de leite da região Oeste de Santa Catarina, considerado ainda como proposta de ferramenta metodológica para a discussão do tema da sustentabilidade integrada à produção animal. Os indicadores foram construídos integrando as informações obtidas e observadas, considerando os eixos social, ambiental e econômico. Pontos frágeis foram destacados nos quadrantes de parâmetros ambientais, sociais e econômicos: destinação de lixo, armazenagem de dejetos, origem da água, desinfecção dos reservatórios de água e tempo de permanência do leite na propriedade. A metodologia proporcionou ao gestor e aos acadêmicos visualizarem cada indicador de forma isolada, e sua influência na sustentabilidade da propriedade como instrumento para mensuração da sustentabilidade na produção leiteira.


Keywords


Sustentabilidade, Produção Animal, Metodologia, Qualidade de leite.

References


AMARAL, L. A. et al. Água de consumo humano como fator de risco à saúde em propriedades rurais. JournalofPublic Health, v. 37, n.04, p. 510-514, 2003.

AMARAL, L. A. et al. Água utilizada em propriedades rurais para o consumo humano e na produção de leite como veículo de bactérias do gênero Aeromonas. Revista Portuguesa de Ciências Veterinárias, v. 101, p. 103-107, 2006.

ARCURI, E.F. et al.Contagem, isolamento e caracterização de bactérias psicrotróficas contaminantes de leite cru Refrigerado. Ciência Rural Universidade Federal de Santa Maria Santa Maria, Brasil, v. 38, n. 8, nov. 2008.

BELLEN, H. M. V. Indicadores de sustentabilidade: um levantamento dos principais sistemas de avaliação. Cadernos EBAPE.BR, volume II, n1. Março 2004.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa n°. 62, de 29 de dezembro de 2011. Oficializa o Regulamento Técnico de Produção, Identidade e Qualidade do Leite tipo A, o Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Leite Cru Refrigerado, o Regulamento Técnico de Identidade e Qualidade de Leite Pasteurizado e o Regulamento Técnico da Coleta de Leite Cru Refrigerado e seu Transporte a Granel. Diário Oficial da União, Brasília, Seção 1.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa n°. 51, de 07 de novembro de 2011. Aprova os regulamentos técnicos de produção, identidade, qualidade, coleta e transporte de leite. Diário Oficial da União, Brasília, Seção I.

CARVALHO, B. C. et al. Manual de bovinocultura de leite. Brasília: LK Editora; Belo Horizonte: SENAR-AR/MG; Juiz de Fora: Embrapa Gado de Leite, 2010. p. 85-121.

CHAMPAGNE, C.P. et al. Psychrotrophs in dairy products : their effects and their control. CriticalReview in Food Science andNutrition, v.34, p.1-30, 1994.

DEPONTI, C. M. Indicadores para avaliação da sustentabilidade em contextos de desenvolvimento rural local. 165 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização) - Universidade Federal do Rio Grande Do Sul, Porto Alegre, 2001.

DEPONTI, C. M.; CÓRDULA, E.; AZAMBUJA, J. L. B. Estratégia para construção de indicadores para avaliação da sustentabilidade e monitoramento de sistemas. Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, v. 3, n. 4, p. 44–52, 2002.

EMPRESA BRASILEIRA PESQUISA AGROPECUÁRIA. Produção de Leite, Vacas Ordenhadas e Produtividade em Países Selecionados, 2007. Juiz de Fora, 2008. Disponível em: . Acesso em: 25 ago. 2017.

EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA E EXTENSÃO RURAL DE SANTA CATARINA. Leite: Produção total e destinada às indústrias inspecionadas: BR e SC – 2007 a 2016. 2016. Disponível em: http://www.epagri.sc.gov.br/?page_id=2623. Acesso em: 17 de set. de 2017.

FRANK, J. F.; CHRISTEN, G. L.; BULLERMAN, L. B. Tests for groups of microorganisms. In: MARSHALL, R.T. (Ed.) Standard methods for the examination of dairy products. 16. ed. Washington: American Public Health Association, 1992.

FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE. Saneamento rural. 2015. Disponível em:

. Acesso em: 19 de set. de 2017.

FUNDAÇÃO DO MEIO AMBIENTE – FATMA. Instrução Normativa Nº 69: Criação de Animais Confinados de Grande e Médio Porte. 2014. Disponível em: http://www.fatma.sc.gov.br/ckfinder/userfiles/arquivos/ins/69/in69.pdf. Acesso em: 25 ago. 2017.

FUNDAÇÃO ESTADUAL DE PROTEÇÃO AMBIENTAL. Critérios Técnicos para o Licenciamento Ambiental de Novos Empreendimentos Destinados à Bovinocultura Confinada e Semiconfinada. Rio Grande do Sul: 2014. Disponível em: http://www.fepam.rs.gov.br/central/diretrizes/diret_bovinos_novos.pdf. Acesso em: 20 de set. 2017.

GLIESSMAN, S. R. Agroecologia: processos ecológicos em agricultura sustentável. 2 ed. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 2001. 653p.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Perfil das cidades. 2010. Disponível em:https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sc/guatambu. Acesso em: 27/09/2017.

LEITE, R. H. M. et al. Perfil produtivo-sanitário de propriedades produtoras de bovinos do Estado da Paraíba. Ciência Animal Brasileira, Goiânia, v. 5, n. 4, p. 199-209, 2004.

GUERRA, M. G. et al. Disponibilidade e qualidade da água na produção de leite. Acta VeterinariaBrasilica, v.5, n.3, p.230-235, 2011.

MASERA, O.; ASTIER, M.; LÓPEZ-RIDAURA, S. Sustentabilidad y manejo de recursos

naturales: el marco de evaluación MESMIS. México: Mundi-Prensa, 2000.

MESMIS. Marco de Evaluación de Sistemas de Manejo Incorporando Indicadores de Sustentabilidad. Disponível em: Disponível em: http://mesmis.gira.org.mx/es/static/mesmis_framework?culture=en>. Acesso em: agosto, 2017.

PALUDO, D. A qualidade da água nos poços artesianos de Santa Clara do Sul. Monografia (Graduação). Curso de química industrial, Centro Universitário UNIVATES. Lageado, 2010.

PINHEIRO, S. L. G. O enfoque sistêmico e o desenvolvimento rural sustentável: uma oportunidade de mudança da abordagem hard-systems para experiências com soft-systems. Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável. Porto Alegre, EMATER-RS, v. 1, n. 2, p. 27-37. abr./jun. 2000.

PIRES, M. F. A. et al. Conforto e bem estar para os bovinos leiteiros. Acta VeterinariaBrasilica, v.5, n.3, p.230-235, 2011.

REMPEL, C. et al. Proposta metodológica de avaliação da sustentabilidade ambiental de propriedades produtoras de leite. Rio Grande do Sul: Tecnológica, v. 16, n.1 p. 48-55, jan./jun. 2012.

ROCHA, Adilson Carlos. et al. Gestão de resíduos sólidos domésticos na zona rural: a realidade do município de Pranchita/PR. Revista de Administração da Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, v. 5, n. 4, ed. esp., p. 699-714, set./dez. 2012.

SHAH, N.P. Psychrotrophs in milk: a review Milchwissenschaft, v.49, 1994.

SØRHOUG, T.; STEPANIAK, L. Psychrotrophs and their enzymes in milk and dairy products: quality aspects. Trends in Food Science and Technology, Cambridge, v.8, 1997.

SOUZA, R. T. M.; MARTINS, S. R.; VERONA, L. A. A metodologia MESMIS como instrumento de gestão ambiental em agroecossistemas no contexto da Rede CONSAGRO. Revista Agricultura Familiar: PesquisaFormação e Desenvolvimento da Universidade Federal do Pará. V. 11, n. 01, 2015.

VERONA, L. A. F.; CASALINHO, H. D.; CORRÊA, I.V.; e SCHWENGER, J. E. Avaliação de Sustentabilidade em agroecossistemas de base familiar e em transição agroecológica na região sul do Rio Grande do Sul. In: Congreso de Co-innovación de Sistemas Sostenibles de Sustento Rural. 28-30 de abril de 2010. Lavalleja, Uruguay. Montevideo – Uruguay: Facultad de Agronomía – Universidad de La República Oriental delUruguay. Maio de 2010. p. 251-4. Disponível em: http://wp.ufpel.edu.br/consagro/ Acesso em: 23 de set. de 2017.

VERONA, L. A. F. A real sustentabilidade dos modelos de produção da agricultura: Indicadores de sustentabilidade na agricultura. Horticultura Brasileira, v. 28, n. 2, p. 52–66, 2010.

ZANIN, A. et al. Índice de sustentabilidade ambiental na produção leiteira: um estudo de caso aplicado. Chapecó - SC, 2015.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.