A cultura da convergência e os live-actions / The culture of convergence and the live-actions

Marianna Costa Oliveira, Sandra Fischer

Abstract


O presente artigo propõe gerar uma reflexão sobre a cultura da convergência e a importância da participação do público em conjunção com as indústrias midiáticas. Também irá articular conceitos sobre o cinema, sua evolução e a utilização de novos recursos tecnológicos para a construção de uma nova linguagem cinematográfica que utiliza as mais variadas fontes de representações para sua criação. Também contextualizará sobre a cultura popular japonesa e as aplicações e influências na cultura da convergência. Para tanto serão estudados autores que discutem os temas citados como: André Parente, Gilles Deleuze, Arlindo Machado, Denise Guimarães, Cristiane Sato e Henry Jenkins.

 


Keywords


Convergência; Comunicação; Mangá; Cinema.

References


DELEUZE, Gilles. A imagem-movimento. S. Paulo: Ed. Brasiliense, 1985.

FABER, Marcos Emílio Ekman. O entre guerras: O American Way of Life e a crise de 1929. Disponível em: acesso 02 janeiro 2017.

GUIMARÃES, Denise. O hibridismo no cinema contemporâneo. Revista Contracampo, n.13: Niterói: UFF, 2005. P.13-24. Disponível em:

JENKINS, Henry. Cultura da convergência. São Paulo, Editora Aleph, 2009.

MACHADO, Arlindo.Pré-cinemas & Pós-cinemas. São Paulo: Papirus. 1997

PARENTE, André (org.) Imagem-Máquina: a era das tecnologias do virtual. Rio de Janeiro: Eitora 34. 1993.

PARENTE, André; CARVALHO, Victa de. Entre cinema e arte contemporânea. Revista galáxia, São Paulo, n. 17, p. 27-40, jun. 2009.

SATO, Cristiane A. Japop – O poder da cultura Pop Japonesa. São Paulo, NSP Hakkosha, 2007.

______________. Ghost in The Shell (2017) - Official Trailer - Paramount Pictures. Disponível em: acesso 02 janeiro 2017.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.