Cálculo da previsão de demanda de uma multinacional / Calculation of a multinational's demand forecast

Marcos dos Santos, Vinicius Araujo Pimenta, Rodrigo Linhares Lauria, Maurício Barroso Magno Chaves

Abstract


A falta de precisão no planejamento da demanda dos produtos de uma empresa gera desperdícios tais como compra de insumos em volume errado ou fabricação de quantidade divergente da realidade. Esses erros afetam diretamente o atendimento ao cliente ao se esgotarem os produtos disponíveis para pronta entrega. Dessa forma, este trabalho foi motivado pela busca da melhoria no planejamento da demanda em uma indústria química, com um portfólio de pouco mais de oitocentos produtos diferentes. Como a maioria destes produtos possuem uma demanda regular não representando grandes desperdícios, este estudo foca nos produtos que possuem muitos períodos sem demanda, podendo ter alta ou baixa variação na quantidade demandada. Para realizar esse estudo, foi analisado o histórico de vendas dos produtos oferecidos pela empresa, sendo identificados os de demanda aleatória ou com grandes períodos sem demanda. Posteriormente, três métodos de previsão de demanda foram comparados, média aritmética simples, média aritmética móvel (utilizado pela empresa) e o modelo de Croston. Através do erro médio absoluto, foi avaliado o melhor método dentre os três estudados e o modelo de Croston mostrou-se superior para os oito produtos avaliados.


Keywords


Gestão da Produção; Gestão de Processos Produtivos

References


ARCHER, B. Forecasting Demand: Quantitative and Intuitive Techniques – International Journal of Tourism Management – v. 1, n. 1, p. 5-12, 1980.

ARMSTRONG, J. S. Strategic Planning and Forecasting Fundamentals. In: ALBERT, K. The Strategic Management Handbook – New York: MacGraw Hill, 1983.

BALLOU, Ronald H. Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos/Logística Empresarial. 5ta. Edição. Porto Alegre: Bookman, 2006.

CHASE, R. B.; AQUILANO, N. J. Dirección y Administración de laProducción y de lasOperaciones – Cidade do México: McGraw-Hill, 1995.

CROSTON, J. D. Forecasting and Stock Control for Intermittent Demand. Operational Research Quarterly, v. 23-3, p. 289-303, 1972.

HILLETOFTH, P.; ERICSSON, D.; CHRISTOPHER, M. Demand chain management: a Swedish industrial case study. Industrial Management & Data Systems – v. 109, n. 9, p. 1179-1196, 2009.

KAHN, K. An Exploratory Investigation of New Product Forecasting Practices. The Journal of Product Innovation Management – v. 19, n. 2, p. 133-143, 2002.

KOTLER, P. Marketing Management: Analysis, Planning, Implementation and Control –New Jersey: Prentice-Hall, 1991.

LAMBERT, D. M.; COOPER, M. C.; PAGH, J. D. Supply chain management: implementation issues and research opportunities. The International Journal of Logistics Management, v. 9, n. 2, 1998.

LINDBERG, E; ZACKRISSON, U. Deciding about the Uncertain: The Use of Forecasts as an Aid to Decision-making. Scandinavian Journal of Management. V. 7, n. 4, p. 271-283, 1991.

MAKRIDAKIS, S.; WHEELWRIGHT, S.; HYNDMAN, R. Forecasting: Methods and Applications – 3. ed., New York: John Wiley & Sons, 1998.

MENTZER, J. T.; MOON, M. A. Understanding demand. Supply Chain Management Review – v. 8, n. 4, p. 38-45, 2004.

MONTGOMERY, D.; JOHNSON, L.; GARDINER, J. Forecasting and Time Series Analysis – New York: McGraw-Hill, 1990.

MOON, M.; MENTZER, J.; SMITH, C.; GARVER, M. Seven Keys to Better Forecasting. Business Horizons – v. 41, n. 5, p. 44-52, 1998.

MOREIRA, D. M. Administração da produção e operações. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2001.

MORETTIN, P. A.;TOLOI, C. M. C. Análise de séries temporais. 2 ed. São Paulo: Edgard Blücher, 2006.

NOVAES, A. G. Logística e Gerenciamento da Cadeia de Distribuição: Estratégia, Operação e Avaliação – 4ª Reimpressão. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

PELLEGRINI, F. R; FOGLIATTO, F. S. Passos para implementação de sistemas de previsões de demanda: técnicas e estudo de caso. Revista Produção, v. 11, n. 1, p. 43-64, 2001.

PIRES, S.R.I.; BREMER, C.F.; AZEVEDO, R.C.; NASCIUTTI, A.C.; SANTA EULÁLIA, L.A. A referencemodeland a case study in demand management. In: International Conference of The Production and Operations Management Society – Guarujá, 2001.

SANDERS, N.R. The Status of Forecasting in Manufacturing Firms. Production and Inventory Management Journal - v.38, n.2, p.32-36, 1997.

SANTOS, Marcos dos; VIANNA, D. V.; DIAS, F. C.; REIS, M. F. Análise da Sazonalidade da Demanda dos Itens de Alto Valor Agregado: Aplicação do Teste Não-paramétrico de Kruskal-Wallis emu ma Multinacional do Setor de Óleo e Gás. Anais do Simpósio de Engenharia de Produção: perspectivas e soluções para aindústria e o mercado de trabalho(ISSN SIMEPRO 2526-3153). Maringá/PR, 2016.

SANTOS, Marcos dos; RAMOS, Matheus Falcão; REIS, Marcone Freitas dos; WALKER, Rubens Aguiar. Estratégia de redução do custo de transporte dos centros de distribuição da Marinha do Brasil a partir de métodos heurísticos. Anais do IX Simpósio de Engenharia de Produção de Sergipe – SIMPROD. São Cristóvão/SE, 2017. ISSN 2447-0635. DOI: 10.13140/RG.2.2.32792.29444/1

SYNTETOS, A. A., BOYLAN, J. E., CROSTON, J. D. On the categorization of demand patterns. Journal of the Operational Research Society, 56, p. 495-503, 2005.

THOMAS, R. J. Estimating demand for services: issues in combining sales forecasts. JournalofRetailingandConsumer Services, n. 3, p. 241-250, 1996.

TUBINO, D.F. Planejamento e Controle da Produção: teoria e prática – 2.ed. São Paulo: Atlas, 2009.

VOLLMANN, T. E.; BERRY, W. L.; WHYBARK, D. C. Manufacturing Planning And Control Systems. New York: Irwin/McGraw-Hill, 1997.

WERNER, L.; RIBEIRO, J. L. D. Modelo Composto para prever demanda através da integração de previsões. Revista Produção, n. 16, p. 493-509, 2006.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.