Abordagem metodológica de cards educativos em língua inglesa nas salas de aula eja/Methodological approach to English language educational cards in eja classrooms

Ana Kécia da Silva Costa

Abstract


Associando-se a concepção de um ensino de Língua Inglesa que atente efetivamente a abordagem dos gêneros textuais, este trabalho apresenta alguns elementos das experiências vivenciadas na disciplina de Estágio supervisionado em Língua Inglesa II, no curso de Letras com habilitação em Língua Inglesa da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), durante o oitavo semestre no ano letivo de 2016. O presente trabalho tem como objetivo relatar como o uso do gênero textual cartazes educativos e sua contribuição nas aulas de Língua Inglesa, debatendo sobre algumas abordagens estudadas que favorecem tanto o aprendizado na fase da regência quanto à paulatina formação profissional, que se estende desde este período até os dias atuais se renovando a cada nova experiência. Partindo dessa conjectura, o caminho teórico utilizado foi através dos pressupostos de Marcuschi (2008) e Antunes (2007), buscamos uma via dupla de ensino-aprendizagem mais interessante para os alunos, uma vez que esses autores concebem o uso do gênero textual como ação social em um espaço sociodiscursivo, assim como sobre questões voltadas a dimensão dos estudos linguísticos, ensino e gramática contextualizada para uma aula mais eficaz em seu objetivo. A metodologia utilizada neste artigo é de natureza bibliográfica, descritiva e qualitativa, pois oferece uma forma de auxiliar na percepção da necessidade de estar em conexão com as teorias de ensino, bem como a exploração em áreas do fenômeno ensino/aprendizagem na sala de aula. Foi observado o resultado alcançado logo na resolução da atividade proposta: os alunos fizeram apresentações orais relacionadas ao tema da aula (save water) seguidas da produção de outros cards ligados a economia de água a fim de montar uma conscientização do uso responsável da água de forma conjunta - escola e sociedade.


Keywords


Língua Inglesa, EJA, Gêneros Textuais.

References


ANTUNES, Irandé. Muito além da gramática: por um ensino de línguas sem pedras no caminho. 1. ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2007.

BRASIL, Ministério da Educação. Secretaria de educação média e tecnologia. Parâmetros Curriculares Nacionais (Ensino Fundamental). Brasília: MEC, 1998.

BRASIL, Decreto-lei no 13.415, de 16 de fevereiro de 2017. Aprova a lei que estabelece alterações nas diretrizes e bases da educação nacional. 2017. Disponível em:

. Acesso em 11/10/2017.

Instituto de Pesquisas Plano CDE. O Ensino de Inglês na Educação Pública Brasileira. São Paulo: British Council, 2015.

KRAUSE-LEMKE, Cibele. As concepções de linguagem subjacentes à prática pedagógica de professoras de língua espanhola e suas implicações para a construção do conhecimento. 2004. 127 f. Trabalho de conclusão de curso (Dissertação) – Curso Letras com habilitação em Língua Espanhola, Universidade Católica de Pelotas, Rio Grande do Sul, 2004.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. 3. ed. Pernambuco: Parábola Editorial, 2008.

PIMENTA, Selma Garrido. LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e docência: diferentes concepções. Revista Poíesis, São Paulo, Cortez Editora, Volume 3, Números 3 e 4, pp. 5-24, Junho, 2005/2006.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n9-037

Refbacks

  • There are currently no refbacks.