Estudo dos impactos ambientais ocasionados pelo cemitério municipal de Mocajuba (Pará, Brasil) / Study of environmental impacts caused by the municipal cemetery of Mocajuba (Pará, Brazil)

Lucierlen da Conceição Gonçalves, Pedro Chira Oliva

Abstract


Os cemitérios são uma das principais fontes de contaminação subterrânea, que podem atingir reservas subterrâneas de água devido às características inadequadas dos locais onde são construídos, uma vez que o lixiviado produzido pela decomposição dos cadáveres pode entrar em contato com fontes de água subterrânea . . Este é um grande problema na região amazônica, com altas taxas de chuvas e lençóis freáticos relativamente rasos. Este estudo aplicou a ferramenta de radar de penetração no solo geofísico (GPR) para detectar a existência de plumas de contaminação subterrânea no cemitério municipal da cidade de Tracuateua, no Pará (Brasil). Amostras de água de poços artesianos localizados nas proximidades do cemitério também foram obtidas para determinar a potabilidade da água consumida pelos moradores locais, com base na análise de concentrações de coliformes (total e termotolerante), pH, condutividade, oxigênio dissolvido, salinidade e sólidos dissolvidos totais. Também foi realizado um estudo socioambiental, com base em entrevistas com moradores locais para verificar os motivos pelos quais moradores e entidades públicas usaram poços artesianos em suas propriedades nas proximidades do cemitério. Os resultados deste estudo fornecem informações importantes para a proteção da saúde pública e do meio ambiente no município de Tracuateua, e devem alertar as autoridades locais sobre os impactos ambientais causados pelo lixiviado do cemitério quando este atinge a subsuperfície e, em particular, o fontes de água subterrânea presentes no local.
  

Keywords


Radar de penetração no solo, lençol freático, potabilidade, lixiviado, concentrações de coliformes, estudo socioambiental.

References


ALMEIDA, A. M. de; MACÊDO, J. A. B. de. Parâmetros físico-químicos de caracterização da contaminação do lençol freático por necrochorume. In: Seminário de Gestão Ambiental - Um convite a interdisciplinariedade. Instituto Vianna Júnior – 31/05 a 04/06/2005, Juiz de Fora-MG, 2005.

AMORIM, T. R. Estudo geoambiental dos cemitérios da cidade de Capanema - Pará utilizando ferramenta geofísica (GPR) e análise fisíco-química de águas coletadas. Trabalho de Conclusão de Curso. Curso de Licenciatura Plena em Ciências Naturais. Campus Universitário de Bragança. Universidade Federal do Pará, 2013.

BARROS, Y. J.; MELO, V. de F. T.; Z. S.; ROMANÓ, E. N. de L.; LUCIANO, P, R. Teores de metais pesados e caracterização mineralógica de solos do Cemitério Municipal de Santa Cândida, Curitiba (PR). Revista Brasileira de Ciência do Solo. v. 32, n. 4. Viçosa, July/Aug, 2008.

BORGES, W. R.; PORSANI, J. L. Investigações geofísicas na borda da bacia sedimentar de São Paulo. Revista Brasileira de Geofísica, v. 20, n. 3, p. 187-192, 2002.

BORTOLIN, J.R.M. Método da eletrorresistividade aplicado no monitoramento temporal da pluma de contaminação em área de disposição de resíduos sólidos urbanos. São Paulo, 2009.

BRASIL. Resolução SES/SERHS/SMA N.º 3, de 21 de junho de 2006. Dispõe sobre procedimentos integrados para controle e vigilância de soluções alternativas coletivas de abastecimento de água para consumo humano proveniente de mananciais subterrâneos. Disponível: http://www.daee.sp.gov.br/legislação /arquivos/1465/resolucaosma3.pdf. Acesso em 8 de agosto 2016.

BRASIL, Portaria no. 2914/2011, do Ministério da Saúde. Dispõe sobre os procedimentos de controle e de vigilância da qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade. Diário Oficial da União, Brasília, v. 12, 2011.

BRASIL. CONAMA, Resolução no. 357/2005. Dispõe sobre a classificação dos corpos de água e diretrizes ambientais para o seu enquadramento, bem como estabelece as condições e padrões de lançamento de efluentes, e dá outras providências, 2005.

BRAZ, V.; BECKMANN, L.; COSTA E SILVA, L.. Integração de resultados bacteriológicos e geofísicos na investigação da contaminação de águas por cemitérios. 1st Joint World Congress on Groundwater 1, 2000.

CARNEIRO, V. S. Impactos causados por necrochorume de cemitérios: Meio ambiente e saúde pública. XV Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, 2008.

COSTA, W. D.; MENEGASSE, L. N.; FRANCO, R. D. Contaminação da água subterrânea relacionada aos cemitérios da Paz e da Saudade de Belo Horizonte, Minas Gerais. XII Congresso Brasileiro de Águas Subterrâneas, 2002.

DE CASTRO, D. L. Caracterização geofísica e hidrogeológica do cemitério Bom Jardim, Fortaleza – CE. Rev. Bras. Geof., 26(3): 251-271, 2008. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-261X2008000300001.

FARIAS, M. S. S. de Monitoramento da qualidade da água na bacia hidrografica do Rio Cabelo. Tese de Doutorado. Centro de Tecnologia e Recursos Naturais. Programa de Pós-graduação em Engenharia Agrícola da Universidade Federal de Campina Grande, 2006, 152 p.

GOOGLE EARTH. https://www.google.com/earth/, 2018.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Bases e Referenciais: bases cartográficas: malhas digitais. Ano de referencia 2015. Disponível em: Acesso em 07/2019.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas. Censo Demográfico do Brasil em 2010. Disponível: < https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pa/mocajuba/panorama.>Acesso: em 13 junho 2016.

IDESP. Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental do PARÁ. 2014. Disponível: Acesso em 09 de Março de 2016.

JANZEN, J. G.; SCHULZ, Harry E.; LAMON, W. Medidas da concentração de oxigênio dissolvido na superfície da água. Eng. Sanit. Ambient., V. 13, 278-283, 2008.

MATOS, B. A. Avaliação da ocorrência e do transporte de microrganismos no aqüífero freático do cemitério de Vila Nova Cachoeirinha, município de São Paulo. Tese de Doutorado. Instituto de Geociências, Universidade de São Paulo, 162 p., 2001.

PACHECO, A. Os cemitérios como risco potencial para as águas de abastecimento. Revista Sistema de Planejamento para a Administração Metropolitana. Ano 4, n. 17, 1986.

OLIVEIRA, L. R.; GONTIJO, E. L.; ALVES, M. J.; FRADE, P. R.; CUNHA, H. de P. Indicadores de qualidade química, física e biológica de solos como Critérios de escolha para a localização de cemitérios. In: XIX Congresso de Pós-graduação da UFLA, Lavras. Anais, 2010.

SILVA, R.W da C.; MALAGUTTI FILHO, W. Cemitérios: fontes potenciais de contaminação. Ciência Hoje, v. 44, n. 263, p. 24-29, 2009. Disponível: Acesso em: 10 abril 2016.

STIPP, M. E. F.; SILVA, M. A.; BERTACHI, M. H. Caracterização de impactos ambientais visuais causados por cemitérios em cidades de grande porte. Estudo de caso do cemitério São Pedro na cidade de Londrina-PR. Geografia e Pesquisa, v. 5, n. 2, 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n9-004

Refbacks

  • There are currently no refbacks.