Implantação de uma indústria cooperativa de processamento de peixes em Mato Grosso: limites e possibilidades / Implementation of a cooperative fish processing industry in Mato Grosso: limits and possibilities

Janderson Salis de Almeida, Ana Maria de Lima, Vilma Eliane Machado de Oliveira, Adelice Minetto Sznitowski

Abstract


O mercado de piscicultura cresce no Brasil e nos últimos anos a atividade pesqueira tem gerado trabalho, renda e lazer em diversas regiões. No Vale do Arinos-MT há potencial territorial e hidrográfico para o desenvolvimento dessa atividade. Nesse cenário o objetivo foi identificar os limites e possibilidades na implantação e funcionamento de uma cooperativa de processamento de peixes. A pesquisa na forma de estudo de caso envolveu a Cooperativa Agropecuária Mista e Aquícola do Rio Arinos (COOPERARINOS) na cidade de Juara-MT. A coleta de dados qualitativos abrangeu agentes ligados à cooperativa e consumo. Constatou que o mercado e as condições hídricas são possibilidades favoráveis a piscicultura local e as limitações foram a dificuldade de organização coletiva, acesso a recursos financeiros e políticas públicas. Ainda observou-se que o frigorífico, embora contribuísse para o processamento do peixe, não resultou no aumento da venda pela falta do Sistema de Inspeção Federal (SIF).

 


Keywords


Piscicultura. Cooperativa. Produção. Desenvolvimento.

References


ACESSE NOTICIAS. Piscicultura em Juara avança e se torna mais uma opção econômica. Disponível em: http: . Acesso em 26 Set. 2017.

ACESSE NOTICIAS. Coopearinos: Nasce cooperativa de agricultura e piscicultura em Porto dos Gaúchos. Disponível em: Acesso em 26 Set. 2017.

BARBOSA, J. A Piscicultura como alternativa de investimento para produtores rurais na Região do Médio Amazonas. Dissertação de Mestrado em Economia Rural. Fortaleza, 1992. Dissertação (Mestrado em Economia Rural), UFCE, 1992.

Bacia hidrográfica de Juara. Disponível em : . Acesso em 3 Out. 2017.

BRASIL. Lei nº 5.764, de 16 de dezembro de 1971. Lei que Define a Política Nacional de Cooperativismo, institui o regime jurídico das sociedades cooperativas, e dá outras providências. Disponível em: . Acesso em 14 Maio 2017.

BRASIL. Ministério da Agricultura, pecuária e abastecimento. Cooperativismo e Associativismo no Brasil. Disponível em: Acesso em 04 Mar. 2019.

BOZANO, G.L.N. Viabilidade Técnica da Criação de peixes em tanques-redes. In: Simpósio Brasileiro de Aquicultura, 12., 2002, Goiânia. Anais.

CAPRA. F. Alfabetização Ecológica. A educação das crianças para um mundo sustentável. São Paulo. Cultrix. 2006.

COELHO, A. L. de A. L.; GODOI, C. K. Análise Sociológica do Discurso: Aproximação dos Elementos Epistemológicos, Metodológicos e Técnicos ao Campo Organizacional. Disponível em: Acesso em 22 Abr. 2016.

FEDERAÇÃO DA AGRICULTURA E PECUÁRIA DO ESTADO DO MATO GROSSO (FAMATO). Diagnóstico da Piscicultura em Mato Grosso. Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA) - Cuiabá, 2014. Disponível em: Acesso em 14 Maio 2017.

FRANZ, C. M. A Contribuição do Cooperativismo de Crédito para a Eficiência Econômica e Eficácia Social. Disponível em: Acesso em 22 Jun. 2017.

FURQUIM, M. C. A. A Cooperativa como Alternativa de Trabalho. São Paulo: LTr, 2001.

IRION, João Eduardo Oliveira. Cooperativismo e Economia Social. São Paulo: STS, 1997.

IBGE. Mato Grosso. IBGE Cidades. Disponível em Acesso em 04 Mar. 2019.

LIMA, A.; R. Piscicultura e o desenvolvimento local em Juara - MT. Trabalho de Conclusão de Curso (graduação). Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), Juara-MT, 2017.

KUBITZA, F.; CAMPOS, J. L.; ONO, E. A.; ISTCHUK, P. I. Panorama da Piscicultura no Brasil: particularidades regionais da piscicultura - Parte II. Panorama da Aquicultura, v. 22, p. 16-31, 2012.

MARCHESE, R.. As Ferramentas de Marketing Aplicadas às Commodities Agropecuárias. Brasília, 2006. Monografia (Graduação em Administração de Empresas) Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas - FACISA.

PEREIRA, E. A.; ALAIR F. F.; ALAN F. F. O Papel da Coopeixe no Desenvolvimento do Território da Pesca e Aquicultura do Médio São Francisco, Minas Gerais. Desenvolvimento em Questão. Unijuí, ano 11, n. 24, set./dez. 2013

REIGOTA, M. Meio ambiente e representação social. 3. ed.. São Paulo: Cortez, 1998. 87p.

SEBRAE. Estudo sobre piscicultura na Bahia. Agronegócios: piscicultura. Disponível em: Acesso em 02 Out. 2017.

SACHS, Ignacy. Inclusão social pelo trabalho: Desenvolvimento humano, trabalho decente e o futuro dos empreendedores de pequeno porte no Brasil. Rio de Janeiro: Garamond, 2003

SATO, M.; CARVALHO, I. Educação ambiental. Pesquisa e desafios. Porto Alegre: Artmed, 2005.

SEAFOOD BRASIL. SOFIA 2018: Projeções em Consumo e Produção. Disponível em: Acesso em 03 Mar.2019.

SILVA, L. S. A importância das associações e cooperativas para o fortalecimento da piscicultura na agricultura familiar no Estado da Bahia. Disponível em:

. Acesso em 25 Set. 2017.

SOARES, C. Análise das implicações sociais, econômicas e ambientais relacionadas ao uso da piscicultura: o caso Fazenda Princesa do Sertão. Palhoça/SC. Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção. UFSC, 2003.

TRUGILLO, E.; A. Percepção Ambiental em Córregos Urbanos sob o olhar da Comunidade Educativa de Juara/MT. Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais. Cáceres/MT: UNEMAT, 2009.

VALENTI, W.C.; POLI, C.R.; PEREIRA, J.A.; BORGHETTI, J.R. Aquicultura no Brasil: bases para um desenvolvimento sustentável. Brasília: CNPq, 2000.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos I. trad. Daniel Grassi. Porto Alegre: Bookman, 2001.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n8-151

Refbacks

  • There are currently no refbacks.