O nível de materialismo dos estudantes de uma IES / The level of materialism of students in a IES

Larissa Tayla Alfenas, Luiz Rodrigo Cunha Moura, Nina Rosa da Silveira Cunha, Ruthe Rebello Pires

Abstract


O materialismo é um estilo de vida em que há a valorização dos bens materiais de luxo em conjunto com a crença que os bens são os grandes responsáveis por suas felicidades.O objetivo desse trabalho é o de mensurar o nível de materialismo dos universitários em uma Instituição de Ensino Superior brasileira.O universo da pesquisa foi formado por alunos de uma IES (Instituição de Ensino Superior), utilizando-se uma amostragem por conveniência. O questionário foi constituído por 10 perguntas que refletem o nível de materialismo da pessoa. Foram aplicados 425 questionários, sendo que 249 desses foram considerados válidos. De acordo com os valores obtidos, o nível de materialismo pode ser considerado alto. Considerando as respostas que obtiveram as maiores médias, os indivíduos materialistas acreditam que teriam uma vida melhor se possuíssem bens materiais que não possuem. Estes produtos desejados são caros e revelam a “identidade” materialista dos consumidores.  Provavelmente, a principal motivação dos compradores ao adquirir tais produtos é a importância que as posses representam em suas vidas. Todos os itens apresentaram uma avaliação de pelo menos 7,4 pontos. Então, em todos os sentidos, o materialismo possui valores altos para os jovens universitários.

 

 


Keywords


Materialismo; Comportamento do Consumidor; Jovens; Estudantes Universitários; Luxo.

References


AZEVEDO, L. das G. M. R. P. P. de;MOURA, L. R. C.; SOUKI, G. Q. Escolhendo um Restaurante: atributos importantes e suas respectivas dimensões consideradas no processo de decisão do consumidor. RevistaTurismoemAnálise, v. 28, n. 2, p. 224-244, 2017.

CARR, D. J.; GOTLIEB, M. R.; LEE, N. J.; SHAH, D. V. Examining overconsumption, competitive consumption, and conscious consumption from 1994 to 2004 disentangling cohort and period effects. The ANNALS of the American Academy of Political and Social Science, v. 644, n. 1, p. 220-233, 2012.

BELK, R. W. Three scales to measure constructs related to materialism: reliability, validity, and relationships to measure of happiness. Advances in Consumer Research, v. 11, p. 291-297, 1984.

BELK, R. Materialism: the trait aspects of living in the material world. JournalofConsumerResearch, v. 12, p. 265-281, 1985.

GROHMANN, M. Z.; BEURON, T. A.; RISS, L. A.; CARPES, A. D. M. Influências do materialismo no estilo de consumo: homens e mulheres com percepções díspares. Encontro Nacional da Associação dos Programas de Pós-Graduação em Administração,Enanpad 25, 2011.

KIM, H. C.; KRAMER, T.Do materialists prefer the “brand-as-servant”? The interactive effect of anthropomorphized brand roles and materialism on consumer responses. JournalofConsumerResearch, v. 42, n. 2, p. 284-299, 2015.

MALHOTRA, N. K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. Porto Alegre: Bookman, 2011.

MEHRABI, S.; ZAHEDI, R. Value based segmentation of luxury consumption: behavior among Iranian employed women. Dissertação (DissertaçãoemAdministração) - Department of Business Administration, Technology and Social Sciences,Lulea University of Technology, Suécia, 2016.

MOURA, L. R. C.; SOUKI, G. Q.; VEIGA, R. T.; CUNHA, N. R. da S.; FONTES, S. T. Beliefs, attitudes, subjective rules and perceived control about water saving behavior. MediterraneanJournalof Social Sciences, v. 8, n. 4, p. 77-85, 2017.

NASCIMENTO, J. S do. Materialismo e suas influências na qualidade de vida subjetiva dos adolescentes da cidade de João Pessoa/PB. Dissertação (Dissertação em administração) – Centro de Ciências Sociais Aplicadas, Universidade Federal de Pernambuco, Brasil, 2016.

RICHINS, M. L. Valuing things: the public and private meanings of possessions. Journal of Consumer Research, v. 21, n. 3, p. 504-521, 1994.

RICHINS, M. L.; DAWSON, S. A consumer values orientation for materialism and its measurement: Scale development and validation. JournalofConsumerResearch, v. 19, n. 3, p. 303-316, 1992.

RODRIGUES, R. M. Pesquisa acadêmica: como facilitar o processo de preparação de suas etapas. São Paulo: Atlas, 2007.

SANTOS, C. C. R. dos;CHRISTINO, J. M. M.; MOURA, L. R. C.; PAIM, N. A. Transformando «LIKES» em vendas: O processo de adoção do Social Commerce no Facebook. Revista Espacios, v. 38, n. 3, p. 15, 2017.

SANTOS, T. dos;SOUZA, M. J. B. de. Materialismo entre crianças e adolescentes: o comportamento do consumidor infantil de Santa Catarina. RevistaGestãoOrganizacional, v. 6, n. 1, p. 45-58, 2013.

TRINH, V. D. Materialism and happiness as predictors of willingness to buy counterfeit luxury brands.Tese de Doutorado. Curtin University, 2014.

VIGNERON, F.; JOHNSON, L. W.A review and a conceptual framework of prestige-seeking consumer behavior. Academy of Marketing Science Review, v. 1999, p. 1, 1999.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n8-065

Refbacks

  • There are currently no refbacks.