Projeções das demandas de abastecimento de água e esgotamento sanitário da bacia hidrográfica do rio Itapocu / Water supply and wastewater projections in the Itapocu river basins

Celso Lopes de Albuquerque Junior, Gean Carlos Fermino, Émilin de Jesus Casagrande de Souza, Maria Gisele Ronconi de Souza, Fernanda Bonato Fermino, Madelon Rebelo Peters, Patrícia Menegaz de Farias, Ismael Medeiros, Leonardo Schorcht Bracony Porto Ferreira, Rodrigo Nascimento e Silva

Abstract


Com o aumento populacional surgiram muitos problemas sociais, econômicos e ambientais. Sendo que, para equacionar esses problemas deve-se buscar a gestão de planejamento afim de formular os planos e programas socioambientais que, para serem implementados e realizados de maneira adequada, precisam basear-se em previsão do tamanho e da composição etária desta população basicamente. Com intuito de propor esses planejamentos estão as projeções que, tornam-se imprescindível para planejar o desenvolvimento econômico, social, político e ambiental de uma bacia hidrográfica. O estudo tem como objetivo apresentar as projeções quanto a demanda populacional para o abastecimento de água e esgoto a fim de identificar  e  caracterizar  a  demanda  atual  para estes usos nos  municípios pertencentes a bacia hidrográfica do rio Itapocu. Os cálculos das projeções levaram em consideração todos os municípios inseridos nesta bacia, sendo os mesmos divididos em Unidades de Planejamento (UP) considerando suas áreas urbanas e rurais. Os resultados apresentados mostraram um aumento para a demanda de abastecimento de água e esgoto nas áreas urbanas e por consequência a diminuição destes usos na área rural. As projeções mostram-se relevantes para estudos de gestão e planejamento para bacias hidrográficas.

 

 


Keywords


Projeções; Bacia Hidrográfica; População.

References


ARSKY, Igor; SANTANA ,Vitor. Acesso à água na zona rural: o desafio da gestão. São Paulo. 2015, 8 p.

CONSELHO NACIONAL DE MEIO AMBIENTE. Resolução CONAMA n. 430, de 13 de maio de 2011. Dispõe sobre as condições e padrões de lançamento de efluentes, complementa e altera a Resolução no 357, de 17 de março de 2005, do Conselho Nacional do Meio Ambiente-CONAMA. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama>. Acesso em: 03 abr.2017.

GROOT, R. S.de,et al. A typology for the classification, description and valuation of ecosystem functions, goods and services. Maryland. Ecological Economics. v. 41, p. 393-408, 2002.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.2010. Disponível em:< http://www.cidades.ibge.gov.br/xtras/home.php>. Acesso em: 12.abr.2016.

KANEDA, Toshiko; BREMNER, Jason. Comprendre les Projections Démographiques : les Hypothèses Derrière les Chiffres. Population Reference Bureau. 2014, 4 p.

MIRANDA, Ernani Ciríaco de. Avaliação de Perdas em Sistemas de Abastecimento de Água – Indicadores de Perdas e Metodologias para Análise de Confiabilidade. Dissertação (Mestrado). Departamento de Engenharia Civil e Ambiental. Universidade de Brasília. UNB – DF. 215 p. 2002.

MILLY, P. C. DUNNE, K. A. VECCHIA, A. V. Global pattern of trends in streamflow and water availability in a changing climate. Nature, v.438, 347-50, 2005.

NAÇÕES UNIDAS. Relatório Mundial sobre o Desenvolvimento de Recursos Hídricos 2015. UNESCO. 2015, 100 p.

PAGIOLA, S.; VON GLEHN, H.C. & TAFFARELO, D. Experiências de pagamentos por serviços ambientais no Brasil. São Paulo: SMA/CBRN, 2013.

PLANO DE RECURSOS HIDRICOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ITAPOCU. Produto 4 - Etapa C. Universidade do Sul de Santa Catarina – UNISUL. Tubarão. 2017, 342 p.

ROBERTSON, David Egan. Wisconsin’s Future Population Projections for the State, Its Counties and Municipalities, 2010 – 2040. UW-Madison Applied Population Laboratory Prepared for the Wisconsin Department of Administration Demographic Services Center. 2013, 28 p.

SDS - SECRETARIA DO ESTADO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. Informações cedidas. Fevereiro 2017.

VÖRÖSMARTY, Charles J. Et. al. Global Water Resources: Vulnerability from Climate Change and Population Growth. Science 14, v. 289, p. 284-288. 2000.

ZUANAZZI, Pedro Tonon; BANDEIRA, Marilene Dias. Indicadores Econômicos e Sociais: Projeções Populacionais do Estado do Rio Grande do Sul para o Período de 2015 – 2050.Departamento de Estatística da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. Indic. Econ. FEE, Porto Alegre, v. 40, n. 3, p. 7-20, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n7-089

Refbacks

  • There are currently no refbacks.