Cotidiano, pergunta, diálogo e conflito: uma proposta de transferência pedagógica do centro de trabalho e cultura de Recife para o Instituto Federal Fluminense / Daily life, question, dialogue and conflict: a proposal of pedagogical transfer of Recife's work and culture center to the Federal Fluminense Institute

Gerson Tavares Do Carmo, Jorge Luiz Clemente Gomes, José Carlos Rcha Junior

Abstract


A pedagogia da pergunta implica em uma educação para liberdade. Tal liberdade emerge como uma importante proposta de aprendizado denominada de cotidianidade do outro. Dessa maneira, a questão da pergunta e do diálogo remete a um próximo elemento, o conflito. Contudo, diálogo e conflito não devem ser entendidos somente como práticas educativas, mas também, práticas sociais. Assim, esse “conflito” não está em oposição ao sentido de integração e pode até parecer ser induzidos por razões egocêntricas, se forem descritos tal qual se apresentam, mas, no entanto, o verdadeiro motivo por trás da maioria dos conflitos é a busca pelo reconhecimento ou pela inclusão na sociedade. Portanto, por meio de uma análise qualitativa e aplicada, essa pesquisa objetiva enfatizar os momentos de “questionamentos” dos alunos de um curso de extensão do IFFluminense, onde pretende-se, por meio das análises dessas conversas, caracterizar a “pergunta” em três estágios distintos, a saber: como elemento do cotidiano, como fomentadora de diálogo e como provocadora de conflito.

 


Keywords


Cotidiano, Diálogo, Conflito, Pergunta.

References


BRASIL. Portaria Nº 340/2017. Aprova a concessão de Bolsa para Extensionista (Bext), “ofertada a servidor responsável pelo suporte técnico à elaboração do projeto, pelo planejamento e execução do projeto de extensão, pela coordenação e orientação da equipe e pela apresentação de resultados aos parceiros, juntamente com o Gestor de Projetos, devendo ter conhecimento específico sobre o tema do projeto de extensão, além da habilidade de gerenciar equipes de trabalho predominantemente compostas por estudantes”, no âmbito do IFFluminense, em projetos e programas de extensão selecionados por meio de edital institucional, Campos dos Goytacazes, 15 de março de 2017.

_______. Resolução Nº 025/2016. Aprova a Regulamentação das Atividades de Pesquisa do Instituto Federal Fluminense, Campos dos Goytacazes, 26 de fevereiro de 2016.

_______. Resolução Nº 036/2016. Aprova o Programa de Bolsa de Extensão do Instituto Federal Fluminense, Campos dos Goytacazes, 11 de março de 2016.

FAUNDEZ, Antônio; FREIRE, Paulo. Por uma pedagogia da pergunta. Rio de Janeiro: Paz e terra, 1985.

GADOTTI, Moacir. Educação e Poder: introdução à pedagogia do conflito. São Paulo: Cortez, 2005.

HONNETH, Axel. Direção: Daniel Augusto. São Paulo: Canal Curta TV, Série Incertezas Críticas, 2015, 26min. (Documentário). Disponível em: https://canalcurta.tv.br/filme/ ?name=axel_honneth. Acesso em: 17/jul./2018.

OLIVEIRA, Inês Barbosa de. Currículo e Processos de Aprendizagem e ensino: Políticas práticas Educacionais Cotidianas. Currículo sem Fronteiras, v. 13, n. 3, pp. 375-391, set./dez. 2013.

SALES, Ivandro da Costa (Org.). CTC: 35 Anos Criando os Saberes. Recife: COMUNIGRAF, 2002.

SILVEIRA, Denise Tolfo; CÓRDOVA, Fernanda Peixoto. Métodos de pesquisa. Unidade 2 – A pesquisa científica. p. 31-42. 2009.

SPINELLI, Mônica dos Santos. Que escola é essa? É a escola do trabalhador. Estudo sobre o Centro de Trabalho e Cultura, Recife/PE. 2010. 160f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal de Mato Grosso, Instituto de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Cuiabá, MT, 2010.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n7-031

Refbacks

  • There are currently no refbacks.