Conflitualidade na África – uma temática atemporal / Conflict in Africa - a timeless theme

Alan da Silva Vinhaes, Tamires Regina Rocha

Abstract


Ao longo do período do neocolonialismo, houve a divisão da África em fronteiras “artificiais”, em conformidade com interesses dos europeus. Deste modo, os acentuados conflitos existentes na África (alguns que se penduram até os dias atuais), são ocasionados por problemas territoriais, devido as delimitações de fronteiras definida pelos europeus na época da colonização, neste processo, fatores como identidade cultural das tribos não foram consideradas, favorecendo para o conflito de etnias no continente, afinal, tribos aliadas foram separadas e tribos inimigas foram unidas. Toda está conjuntura proporciona consequências, como a fome, guerras civis, corrupções e epidemias, em que, vive grande parte da população africana. Sendo assim, o presente artigo, visa analisar o continente africano considerando os principais conflitos existentes nos dias atuais, pois a conflitualidade é atualmente um fenômeno sem fronteiras e atemporal, em que, as fronteiras não limitam as causas nem as consequências dos conflitos.


Keywords


neocolonialismo; fronteiras artificiais; conflitualidade.

References


ALMEIDA, Políbio Valente de. Ensaios de Geopolítica. 1ª Ed. Lisboa, ISCSP/IICT, 1994.

BRAGA, J. L. R. Os campos de refugiados: um exemplo de “espaços de exceção” na política contemporânea. In: 3° ENCONTRO NACIONAL ABRI 2011. São Paulo: Associação Brasileira de Relações Internacionais, Instituto de Relações Internacionais – USP, 2011.

CARVALHO, Daniel Duarte Flora. Conflitos no Chifre da África: Oportunidades e Constrangimentos da Difusão de Poder. Dissertação (Mestrado em Relações Internacionais) Programa pós Graduação em Relações Internacionais. San Tiago Dantas, PUC – São Paulo, 2010.

CHALIAND, Gérard. A Luta pela África: Estratégias das Potências. São Paulo: editora Brasiliense, 1982.

CORREIA, Pedro de Pezarat. Manual de Geopolítica e Geoestratégia. Vol 1. Conceitos, Teorias e Doutrinas, 1ª Ed., Coimbra, Quarteto, 2002.

CORREIA, Pedro de Pezarat. Manual de Geopolítica e Geoestratégia. Vol 2. Análise Geoestratégica de um Mundo em Conflito, 1ª Ed, Coimbra, Quarteto, 2004

FERREIRA, P. M. Conflitos em África Guerras do esquecimento: Causas e Natureza dos conflitos na África Subsahariana. Lisboa: Instituto Estudos Estratégicos Internacionais. nº 15, 2º sem, 2001.

FISAS, Vicenç (2004) – Cultura de Paz y Gestión de Conflictos. Barcelona: Edicones UNESCO, 4ª Edição. ISBN 84-7426-357-3.

G1 GLOBO. Ataque terrorista na Somália. Disponível em: http://g1.globo.com/noticia/2017/10/passa-de-300-o-numero-de-mortos-no-pior-ataque-terrorista-da-somalia.html Acesso em: 25/05/2019.

G1 GLOBO. Sequestro de estudantes Boko Haram na Nigéria. Disponível em: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/08/sequestro-de-estudantes-pelo-boko-haram-na-nigeria-completa-500-dias.html Acesso em: 25/05/2019.

NAÇÕES UNIDAS. Relatório Conflitos na África – Comissão Internacional - 2005. Disponível em: http://www.un.org.br. Acesso em: 28/05/2019

NAÇÕES UNIDAS. Sítio de Missão da ONU - 2003 Disponível em: http://www.un.org/Depts/missions/bsckground.html Acesso em: 27/05/2019.

SCHNEIDER, Luiza G. As Causas Políticas do Conflito no Sudão: Determinantes estruturais e estratégico. Monografia (graduação em Relações Internacionais) UFRGS, Porto Alegre, 2008.

VISENTINI, P.F; RIBEIRO, L. D. Breve História da África. Porto Alegre, Leitura XXI, 2007.

VISENTINI, P. F. Os Países Africanos: Diversidade de um continente. Porto Alegre, Leitura XXI, 2009.

VISENTINI, P. F. As revoluções Africanas: Angola, Moçambique e Etiópia. São Paulo, Unesp. 2012.

WESSELING, H.L. Dividir para dominar: A partilha da África (1880-1914). Rio de Janeiro: UFRJ/Revan, 1998.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n7-017

Refbacks

  • There are currently no refbacks.