Planejamento, organização e estruturação de webconferência: elemento mediador do processo de ensino-aprendizagem na educação a distância / Planning, organization and structuring of web conferencing: mediating element of the teaching-learning process in distance education

Renato Luiz Vieira de Carvalho, Graziany Santiago Amorim Araújo, José de Lima Albuquerque, Eduardo Nascimento de Arruda, Andressa Pacífico Franco Quevedo

Abstract


Pretende-se, a partir deste estudo, discutir o valor da interatividade através do ambiente virtual síncrono no contexto da Educação a Distância (EaD) por meio de um instrumento chamado webconferência. Ao lançar mão dessa ferramenta dialógica, utilizando um modelo comunicativo multimídia como ambiente e realizando encontros online mais participativos, o aprendizado torna-se mais fácil, e a assimilação do conteúdo proposto, mais efetiva. Este resumo expandido tem a intenção de analisar a utilização pedagógica em torno das possíveis aplicações da webconferência, um mecanismo de comunicação síncrona, o qual vem sendo cada vez mais utilizado na Educação a Distância brasileira. Será realizada uma abordagem sobre a possibilidade de inserção dessa tecnologia no contexto do desenvolvimento da comunicação em um curso a distância sobre Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P), na Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Nesse curso, que será de curta duração (40h/a), pretende-se implantar a webconferência com o objetivo de trabalhar aspectos referentes à comunicação, afetividade, sequência didática, entre outros. Após a realização dessa experiência, será necessária a aplicação de questionários semiestruturados sobre "como os alunos avaliaram e quais as consequências observadas a partir do uso da webconferência na EaD". Os resultados obtidos nessa experiência serão sistematizados, identificando-se os entraves e destacando-se as contribuições mais relevantes que a webconferência traz para o aprendizado. Tentar-se-á mostrar, também, que, para o bom uso dessa ferramenta, é muito importante um eficiente planejamento pedagógico, assim como uma detalhada programação das atividades, a fim de se obter melhor organização e eficiência nas aulas.


Keywords


Webconferência, Mediação, Ensino-aprendizagem, Educação a Distância, Interatividade.

References


ABED - Associação Brasileira de Educação a Distância. Disponível em: http://www.abed.org.br/site/pt/. Acesso em: 10 de setembro de 2018.

BAKHTIN, M. Marxismo e filosofia da linguagem: problemas fundamentais do método sociológico na Ciência da Linguagem. São Paulo: Hucitec, 1995.

BRASIL. Ministro da Educação homologa resolução com novas diretrizes para educação superior à distância, 2016.

BRESLER, L. Metodologias qualitativas de investigação em Educação Musical. Artigo Musica Psicologia Educação, n. 2-1, p. 6-30, 2000.

CORREA, J. Novas tecnologias da informação e da comunicação; novas estratégias de ensino/aprendizagem. In: COSCARELLI, Carla Viana. (Org.) Novas Tecnologias, novos textos, novas formas de pensar. 3 ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2006. 143 p.43

CRUZ, D. M. A Construção do Professor Midiático: o docente comunicador na educação a distância por videoconferência. Cadernos de Educação. Pelotas: FAE/PPGE/UFPel. janeiro/julho. 2008. Semestral.

Disponível em:

http://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/caduc/article/viewFile/1771/1646. Acesso em: 11 de novembro de 2017.

DOTTA, S.; BRAGA, J.; PIMENTEL, E. Condução de aulas síncronas em sistemas de webconferência multimodal e multimídia. In: 23º Simpósio Brasileiro de Informática e Educação, 2012, Rio de Janeiro. Anais. SBIE 2012.

GOMES, S. G. S. Políticas públicas em EAD no Brasil. 2015.

HERLO, D.; MEZIROW,J.. Virtual learning environments tools used in higher perspective tranformation. Adult Education. 100-110, 1978.

MAGNAGNAGNO, C. C.; RAMOS, M. P.; OLIVEIRA, L. M. P. de.. Estudo sobre o Uso

do Moodle em Cursos de Especialização a Distância da Unifesp. Rev. bras. educ. med., Rio de Janeiro , v. 39, n. 4, p. 507-516, Dec. 2015 . Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/1981-52712015v39n4e00842014. Acesso em: 06 de maio de 2018.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M.. Fundamentos de Metodologia científica. 5 ed. Atlas. São Paulo, 2003.

MINAYO, M. C. de S. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec, 10 ed., 2007.

MORAN, J. M.. Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens. Vol. II. Carlos Alberto de Souza e Ofélia Elisa Torres Morales (Orgs.).PG: Foca Foto-PROEX/UEPG, 2015.

OLIVEIRA, D. T. de; CORTIMIGLIA, M. N.; LONGHI, M. T.. Ambientes Virtuais de

Aprendizagem no Ensino Superior Presencial: o processo de adoção da tecnologia na perspectiva do docente. Revista Brasileira de Ensino de Aprendizagem Aberta e A Distância, São Paulo, v. 14, n. 14, p.37-54, jun. 2015.

SANTOS, G. A. Ambientes virtuais de aprendizagem. Análises das arquiteturas pedagógicas do curso de bacharelado em administração pública do CESAD/UFS. 2012. 170p. Tese (Mestrado) – Programa de PósGraduação da Universidade Federal de Sergipe, Núcleo de Pós Graduação em Educação. 2012.

SANTOS, M. C. D. Importância da Comunicação na EaD Virtual: Enfoque Conceitual e Dialógico. 17º Congresso Internacional ABED de Educação a Distância (CIAED). Curitiba/PR, 2011.

SILVA, A. R. L. da. Demandas para a educação a distância no Brasil no século XXI - V2.

ed. Ponta Grossa (PR): Atena, 2017.

TONELLI, E.; GONÇALVES, J. P. de B.; VASCONCELOS, R. T. G.. Um Estudo sobre a

Eficácia dos Recursos Interativos do Ambiente Moodle no curso de Licenciatura em Informática na Modalidade a Distância. EAD em FOCO, [S.l.], v. 5, n. 1, jan. 2015. ISSN 2177-8310. Disponível em: http://dx.doi.org/10.18264/eadf.v5i1.310. Acesso em: 06 Mai. 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n7-013

Refbacks

  • There are currently no refbacks.