Diagnóstico da evasão nas licenciaturas da UFRN: o caso das licenciaturas em física, matemática e química da UFRN / Diagnosis of evasion in UFRN degrees: the case of the degrees in physics, mathematics and chemistry of UFRN

Daniele da Rocha Carvalho, Isauro Beltrán Nuñez, Magda Maria Pinheiro de Melo, Raquel Basílio dos Santos, Ridalvo Medeiros Alves de Oliveira

Abstract


O presente trabalho é parte dos estudos realizados pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do Núcleo Permanente de Concursos (COMPERVE), relacionados à evasão nos cursos de física, matemática e química do Centro de Ciências Exatas e da Terra (CCET), e tem por objetivo diagnosticar o motivo de cancelamento de programa registrado no Sistema Integrado de Gestão das Atividades Acadêmicas (SIGAA). Para realização da pesquisa foram utilizados os motivos de cancelamento de programa registrados no SIGAA no ano de 2016, referente aos ingressantes no período de 2007 a 2012. Este diagnóstico mostra que dentre os diversos tipos de saída, segundo a legislação acadêmica, destaca-se o abandono de curso com os maiores índices de evasão. Além disso, os percentuais de evasão dos estudantes dos cursos de licenciatura na área de Ciências Exatas e da Terra da UFRN não diferem, nem nos percentuais, nem nos motivos de saída, dos apresentados em outras universidades brasileiras.


Keywords


Evasão. Licenciatura. Educação Superior.

References


ALMEIDA, L. S. Transição, adaptação académica e êxito escolar no ensino superior. Revista Galego-Portuguesa de Psicoloxía e Educación: Universidade de Corunã, Corunã, v. 15, n. 2, p. 203-215, 2007. Disponível em: http://ruc.udc.es/dspace/bitstream/handle/2183 /7078/ RGP_15-14_Cong.pdf?sequence=1. Acesso em: 30 ago. 2018.

ALVES, M. C. M; RAMOS, J. E. S.; BORBA, M. C.; MOUTINHO, L. M. G; CABRAL, R. M. Causas para evasão no primeiro período dos cursos das engenharias agrárias. Revista caminhe: Caminhos da Educação, Franca, v. 9, n. 2, 2017. ISSN 2175-4217.

ARRRIGO, Viviane; SOUZA, Miriam Cristina Covre de; e BROIETTI, Fabiele Cristiane Dias. Elementos caracterizadores de ingresso e evasão em um curso de licenciatura em Química. ACTIO, Curitiba, v. 2, n. 1, p. 243-262, jan./jul. 2017.

ARRUDA, S. M.; CARVALHO, M. A.; PASSOS, M. M.; SILVEIRA, F. L. Dados comparativos sobre a evasão em Física, Matemática, Química e Biologia da Universidade Estadual de Londrina: 1996 a 2004. Caderno Brasileiro de Ensino de Física, v. 23, n. 3, p. 418-438, 2006. Disponível em: http://www.uel.br/prograd/gepe/materiais/evasao.pdf. Acesso em: 12 dez. 2018.

BONALDO, LUCIANE; PEREIRA, LUIS NOBRE. Dropout: Demographic profile of Brazilian university students. Procedia - Social and Behavioral Sciences, 228 (2016) 138 – 143.

BUENO, J. L. O. A evasão de alunos. Paidéia, FFCLRP – USP, Rib. Preto, 5, ago. 1993.

CUNHA, A. M.; TUNES, E.; SILVA, R. R. Evasão do curso de Química da Universidade de Brasília: a interpretação do aluno evadido. Química Nova, v. 24, n. 1, p. 262-280, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/qn/v24n2/4291.pdf. Acesso em: 13 mar. 2018.

CUNHA, E. R; MOROSINI, M. C. Evasão na educação superior: uma temática em discussão. Revista Cocar. Belém, v. 7, n. 14, p. 82-89, ago.-dez. 2013.

FILHO, R. B. S; ARAÚJO, R. M. L. Evasão e abandono escolar na educação básica no Brasil: fatores, causas e possíveis consequências. Educação Por Escrito, Porto Alegre, v. 8, n. 1, p. 35-48, jan.-jun. 2017.

GARCÍA, A. B. B. G; MUÑIZ, L. J. R. Educação Permanencia en la universidad: la importancia de un buen comienzo María Esteban. Instituto de Ciencias de la Educación de la Universidad de Oviedo. Elsevier España. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.aula.2015.04.001 0210-2773. Acesso em: 11 out. 2018.

GARCIA MONTMARQUETTE, C.; MAHSEREDJIAN, S.; HOULE, R. The determinants of university dropouts: a bivariate probability model with sample selection. Economics of Education Review, [S.l], n. 20, issue 5, p. 475-484. Disponível em: http://EconPapers.repec.org/RePEc:eee:ecoedu:v:20:y:2001:i:5:p:475-484. Acesso em: 22 ago. 2018.

GARCIA, N. M; ABDALA, A. O; MATSUSHITA, A. M. Aceleração de aprendizagem - um inibidor da evasão na Universidade. Acta Scientiarum 22(1):103-111, 2000. ISSN 1415-6814.

GARCÍA, María Esteban; GUTIÉRREZ, Ana Belén Bernardo y MUÑIZ, Luis J. Rodríguez. Permanencia en la universidad: la importancia de un buen comienzo. Instituto de Ciencias de la Educación de la Universidad de Oviedo. Elsevier España. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.aula.2015.04.001 0210-2773/. Acesso em: 14 out. 2018.

GRAZIOSI, G.; PAULI, F. Job Opportunities and Academic Dropout: The Case of the University of Trieste Laura Chies, Procedia Economics and Finance, 17 (2014) 63 – 70.

MACEDO, Claudia. Evasão estudantil nos cursos de matemática, química e física da Universidade Federal Fluminense: uma silenciosa problemática. Dissertação (mestrado) –Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Departamento de Serviço Social, 2012.

MASSI, Luciana. Relação aluno-instituição: o caso da licenciatura do Instituto de Química da UNESP/Araraquara. – São Paulo, 2013. Tese (Doutorado) – Universidade de São Paulo. Faculdade de Educação, Instituto de Física, Instituto de Química e Instituto de Biociências.

NERVI VOSSENSTEYN, H.; STENSAKER, B.; KOTTMANN, A.; HOVDHAUGEN, E.; JONGBLOED, B.; WOLLSCHEID, S.; KAISER, F.; CREMONINI, L. Dropout and completion in higher education in Europe: main report. Luxemburgo: Serviço de Publicações da União Europeia, 2015. Disponível em: http://ec.europa.eu/dgs/education_

culture/repository/education/library/study/2015/dropout-completion-he-summary_en.pdf. Acesso em: 9 set. 2018.

PEREIRA, F. C. B. Determinantes da evasão de alunos e os custos ocultos para as Instituições de Ensino Superior. 2003. 172 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2003.

POLYDORO, S. A. J. O Trancamento de matrícula na trajetória acadêmica do universitário: condições de saída e de retorno à instituição. 2000. 175f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2000.

QUEIROZ, F. C. B. P.; SAMOHYL, R. W.; QUEIROZ, J. V.; LIMA, N. C.; SOUZA, G. H. S. de. Multivariate analysis for the choice and evasion of the student in a higher educational institution from southern of Santa Catarina, in Brazil. Turkish Online Journal of Distance Education, v. 5, n. 14, oct. 2014, ISSN 1302-6488. Disponível em: https://eric.ed.gov/?id=EJ1044248. Acesso em: 7 set. 2017.

RIFFEL, S. M.; MALACARNE, V. Evasão escolar no ensino médio: o caso do Colégio Estadual Santo Agostinho no município de Palotina, PR, 2010.

ROSA, E. Evasão no ensino superior: causas e consequências: um estudo sobre a Universidade Federal de Goiás. 1994. 239f. Tese (Doutorado em Administração de Empresas) – Fundação Getúlio Vargas, São Paulo, 1994.

SANTANA, O. A. Evasão nas Licenciaturas das Universidades Federais: entre a apetência e a competência. Santa Maria, v. 41, n. 2, p. 311-327, maio/ago. 2016.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE. Pró-reitoria de Planejamento. Relatório de Gestão do Exercício de 2016. 2017. Disponível em: http://www.ufrn.br/resources/documentos/relatoriodegestao/RelatoriodeGestao2016.pdf. Acesso em: 14 ago. 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE. Pró-reitoria de Planejamento. Relatório de Gestão do Exercício de 2017. Disponível em: http://www.ufrn.br/resources/documentos/relatoriodegestao/RelatoriodeGestao2017.pdf. Acesso em: 14 ago. 2018.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n6-172

Refbacks

  • There are currently no refbacks.