Consumo hídrico, crescimento e desenvolvimento da cultivar dianthus chinensis l. Submetida a diferentes doses de irrigação / Water consumption, growth and development of cultivar dianthus chinensis l. Submitted to different doses of irrigation

Fátima Cibele Soares, Jainara Fresinghelli Netto, Jumar Luis Russi, Carine Brum Duran, Francielle Altissimo Bortolás, Paola da Rosa Lira

Abstract


A necessidade hídrica é um elemento essencial em relação ao manejo de uma cultura, tendo em vista que, tanto a falta quanto o excesso de água poderão acarretar sérios danos em relação ao desenvolvimento da mesma. Diante disso, o objetivo do presente estudo, consiste na avaliação o consumo hídrico, crescimento e desenvolvimento da cultivar Dianthus chinensis L., na cor amarela, cultivada com substrato comercial, submetida a diferentes lâminas de água. O experimento foi conduzido em casa de vegetação, localizada na área experimental do curso de Engenharia Agrícola da Universidade Federal do Pampa – Campus Alegrete/RS. A semeadura foi realizada em bandeja de isopor, contendo 128 cédulas, preenchida totalmente com substrato comercial. As plantas ficaram alojadas na bandeja até 30 dias após a semeadura (DAS), o transplante foi realizado para vasos de material plástico de cor escura. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado, com quatro tratamentos de irrigação, cada qual com quatro repetições. As lâminas de irrigação testadas foram referentes a reposição de 90, 70, 50 e 30% da capacidade de retenção de água do vaso (CV). Ao longo do ciclo da cultura foram realizadas as seguintes avaliações: número de folhas por planta (NF); diâmetro de caule (DC); altura de planta (AP); e número de nós (NN). Estas observações foram realizadas uma vez por semana. Os dados coletados ao longo do ciclo, foram submetidos à análise de variância. Posteriormente, quando significativos pelo teste F, os efeitos dos níveis de irrigação foram submetidos à análise de regressão buscando-se ajustar as equações. Os resultados ajustaram-se a modelos polinominal quadrático e cúbico. Os valores referentes a máxima eficiência técnica (MET), para as variáveis N, DC e AP, corresponderam a 73,53, 73,30 e 82,60% da CV, respectivamente. O NN apresentou o ponto de mínima eficiência técnica na lâmina de 61,73% da CV. A lâmina de 90% apresentou maior consumo hídrico ao longo do ciclo. A cultivar de Dianthus chinensis L, apresentou melhores respostas, para altura de planta, número de folhas e diâmetros de caule, quando submetidas a lâminas, médias, de irrigação correspondente a reposição de 78% da CV. Já o número de nós apresentou os maiores valores quando as plantas foram submetidas as condições de estresse e excesso hídrico.


Keywords


cravina; substrato comercial; irrigação.

References


ABREU, G. T. DE; SOARES, F.C.; LEAL, A. F.; DURAN, C. B.; BORTOLÁS, F. A. Resposta da cultivar “debbie” de kalanchoe blossfeldiana poelln sob distintas lâminas de irrigação. In: XLVII Congresso Brasileiro de Engenharia Agrícola – CONBEA, 2018, Brasília. Anais...,2018.

BORTOLÁS, F. A. Influência de distintas lâminas de irrigação e percentuais de cinza da casca do arroz em substratos no desenvolvimento de cultivar de kalanchoe blosfeldiana Poelln. 2016. 55f. Trabalho de conclusão de curso (Curso de Engenharia Agrícola). Universidade Federal do Pampa. Alegrete, RS.

DIAS, A. R. D. Análise do impacto do sombreamento vegetal no conforto termo-luminoso em edificações no clima quente e úmido. 2016. 120 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal. 2016.

GIRARDI, L. B. et al. Influência da temperatura e da irrigação no número de hastes totais de Alstroemeria x Hybrida. Revista interdisciplinar de ensino, pesquisa e extensão. Santa Cruz, v. 4, n. 1, 2016.

KÄMPF, A. N.; et al. Floricultura: técnica de preparo de substratos. Brasília (DF): LK Editora e comunicação, 2006. 132 p.

NASCIMENTO, E. C. S.; SILVA, V. F.; LEANDRO OLIVEIRA DE ANDRADE, L. O. DE; LUCIA ANTUNES DE LIMA, V. L. A DE. Estresse hídrico em pimenteiras orgânicas com aplicação de diferentes lâminas de água residuária. In: CONGRESSO TÉCNICO CIENTÍFICO DA ENGENHARIA E DA AGRONOMIA – CONTECC’, 2015, Fortaleza. Anais...,2015.

PARIZI, A. R. C. et al. Níveis de irrigação na cultura do Kalanchoe cultivado em ambiente protegido. Ciência Rural, Santa Maria, v. 40, n. 4, p. 854-861, abr. 2010.

PEREIRA, J. R. et al. Consumo de água pela cultura do crisântemo cultivada em ambiente protegido. Revista Engenharia Agrícola, v. 25, n. 3, p. 651-659, 2005.

REICHARDT, K. A água em sistemas agrícolas. Piracicaba: Manole, 1990. 188p.

SCHWAB, N. T. Disponibilidade hídrica no cultivo de cravina em vasos com substrato de cinzas de casca de arroz. 2011. 80 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria. 2011.

SILVA, R.B.G.; SIMÕES, D.; SILVA, M.R. Qualidade de mudas clonais de Eucalyptusurophylla x E. grandis em função do substrato. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, v.16, n.3, p.297-302, 2012.

SOARES, L.A.A.; LIMA, G.S.; BRITO, M.E.B.; ARAUJO, T.T.; SÁ, F.V.S. Taxas de crescimento do tomateiro sob lâminas de irrigação em ambiente protegido. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, v.6, n.2, p.210-217, 2011.

SUMIDA, C. H., ORSINI, I. P., PEITL, D. C., CANTERI, M. G. Substrato adequado. Revista Cultivar. Pelotas, v. 11, n. 80, p. 22-24, jun/jul, 2013.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n6-165

Refbacks

  • There are currently no refbacks.