Adaptação de atividades matemática para alunos surdos: utilizando o software geogebra / Adaptation of mathematical activities for deaf students: using geogebra software

Cléa Furtado da Silveira, Denise Nascimento Silveira

Abstract


Este trabalho trata-se do recorte de uma pesquisa de dissertação de mestrado que está acontecendo no Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática do Instituto de Física e Matemática da Universidade Federal de Pelotas. Refere-se a um modelo de ensino de matemática, utilizando o software GeoGebra, nas equações de 2º grau. Foi planejado e aplicado em uma turma de alunos surdos de uma escola especial, teve como embasamento, o bilinguismo como a forma de ensinar aos surdos, a pedagogia visual observada através dos gráficos construídos com o software GeoGebra e a cultura surda sendo considerada no ambiente escolar. Após análise parciais esta sugestão metodológica pode ser considerada como positiva concordando com os teóricos estudados, permitindo a continuação e novos estudos sobre o tema.


Keywords


Alunos surdos. Aprendizagem. Software Geogebra.

References


BOGDAN, R.C.; BIKLEN, S. K. QualitativeResearch for Education. An introduction to theory and methods. Allynand Bacon, 1982.

BORBA, M.; SILVA; GADANIDIS; Fases das tecnologias digitais em Educação Matemática: sala de aula em movimento. Belo Horizonte: Autentica Editora, 2016.

CAMPELO, A. S. Pedagogia Visual na Educação dos Surdos-mudos.Tese apresentada no Programa de Pós Graduação da Universidade Federal de Santa Catarina. Florianópolis, 2008.

CHAGAS, Marcos, Equação do 2º grau no GeoGebra, Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=5DcMJJXyGTA&t=256s, Acessado em: 09 de janeiro de 2018

LÜDKE e ANDRE. Pesquisa em Educação: abordagens qualitativas.2 ed. Rio de Janeiro: E.P.U., 2015.

MINAYO, M. C. (Org.). Pesquisa Social: teoria método e criatividade. Petrópolis: Vozes, 2002.

PIAGET, J. Biologia e conhecimento. Tradução: Francisco M. Guimarães. Petrópolis: Vozes, 1973.

QUADROS, R. M..Educação de SURDOS: a aquisição da Linguagem. Porto Alegre: Artmed, 1997.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n6-150

Refbacks

  • There are currently no refbacks.