As organizações potencializam a gamificação como estratégia para gestão do conhecimento / Organizations empower gamification as a strategy for knowledge management

Claudio Eduardo Barral, Claudia Carrijo Ravaglia, Ronald Fonseca Chaves, Augusto da Cunha Reis, Thiago Magnani

Abstract


O objetivo do estudo é realizar uma revisão na literatura para identificar se a gestão do conhecimento pode ser potencializada apenas como uma atividade humana e se a gamificação pode ser uma ferramenta sistêmica para potencializar o desenvolvimento da competência em informação.  Para tal, foi realizada uma pesquisa exploratória descritiva com base na revisão sistemática da literatura, consultando bases internacionais Scopus e Web of Science e na esfera nacional, foram consultados a base da Scielo e os acervos de revistas com foco em Gestão do Conhecimento. A análise mostra que a gestão do conhecimento enquanto conceito polissêmico é uma atividade humana e sistêmica, destacando-se que compreender pessoas com todo seu conhecimento dinâmico, complexo e peculiar é um facilitador para o processo de gestão do conhecimento. Outro ponto importante observado está relacionado ao processo de transferência da informação, no qual, quanto mais automático é o processo ou quanto maior é o uso da tecnologia para sua realização, menor é a riqueza de seu conteúdo. A utilização de games como estratégia para gestão do conhecimento e desenvolvimento de habilidades e competências tem se tornado uma tendência nas organizações. A gamificação pode ser uma ferramenta importante no desenvolvimento e transferência do conhecimento. A pesquisa evidencia que as ferramentas ou sistemas de gerenciamento do conhecimento auxiliam na efetiva administração e organização do acervo, visando otimizar os recursos e o tempo baseado no conhecimento da organização.


Keywords


Gestão do conhecimento; Transferência do conhecimento; Gestão de Pessoas; Gamificação.

References


BRAGA, Elisabeth Vargas de Carvalho; GEMINO, Alessandro de Magalhães. O indivíduo e o ambiente organizacional favorável à criação de novos conhecimentos. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 7, p. 175-189, 2017. ISSN 2236-417X.

BRAQUEHAIS, Antônio de Paula; WILBERT, Julieta Kaoru Watanabe; MORESI, Eduardo Amadeu Dutra; DANDOLINI, Gertrudes Aparecida. O papel da cultura organizacional na gestão do conhecimento revisão de literatura de 2009 a 2015. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 7, p. 80-93, 2017. ISSN 2236-417X.

JORGE, Carlos Francisco Bitencourt; SUTTON, Michael J. D. Games como estratégia na construção e gestão do conhecimento no contexto da inteligência organizacional. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 6, p. 103-118, 2016. ISSN 2236-417X.

NASCIMENTO, Alexandre Ferreira; RAMOS FILHO, Américo da Costa; CRIBB, André Yves. Gestão do conhecimento pessoal como potencializadora da geração de ideias: Estudo sobre um programa de reconhecimento por geração de ideias em empresa de consultoria. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 7, p. 18-34, 2017. ISSN 2236-417X.

METTLER, Tobias; PINTO, Roberto. Serious Games as a Means for Scientific Knowledge Transfer - A Case From Engineering Management Education. IEEE Transactions on Engineering Management, v. 62, n. 2, p. 256–265, 2015.

NASCIMENTO, Natália Marinho; SOUZA, Juliete Susann Ferreira; VALENTIM, Marta Lígia Pomim; CABERO, Maria Manuela Moro. Gerenciamento dos fluxos de informação como requisito para a preservação da memória organizacional: um diferencial competitivo. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 6, p. 29-44, 2016. ISSN 2236-417X.

NONAKA, I.; TAKEUCHI, H. Criação de conhecimento na empresa: Como as empresas japonesas geram a dinâmica da inovação. 19. Rio de Janeiro: Elsevier, 1997. 358 p.

OLIVEIRA, R.; SAUER, A. Gestão compartilhamento de conhecimento em uma empresa familiar: um estudo à luz da investigação apreciativa. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, João Pessoa, v. 6, n. 1, p. 175, 2016.

PEREIRA, Rafael Deolindo; OLIVEIRA, Danielle Almeida; REZENDE, José Francisco. Plataformas para gestão do conhecimento: estudo de caso sobre a ativação do valor de excedentes cognitivos por meio do desenvolvimento de um contexto capacitante virtual. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, João Pessoa, v. 6, n. 1, p.72-88, jan./jun. 2016.

RIBEIRO, Jurema Suely de Araújo Nery; SOARES, Marco Antonio Calijorne; JURZA, Paulo Henrique; ZIVIANI, Fabrício; NEVES, Jorge Tadeu de Ramos. Gestão do conhecimento e desempenho organizacional: Integração dinâmica entre competências e recursos. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 7, p. 4-17, 2017. ISSN 2236-417X.

RODRIGUEZ, M. V. R. Gestão do Conhecimento e Inovação nas Empresas. Qualitymark, 2013. 432p.

SCATOLIN, Henrique Guilherme. A gestão do conhecimento nas organizações: o legado de Nonaka e Takeuchi. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 5, n. 2, p. 4-13, 2015. ISSN 2236-417X.

SCHREIBER, Dusan, S. O compartilhamento do conhecimento entre contratante e contratado no processo de externalização de atividades de P&D. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 5, n. 2, p. 127-146, 2015. ISSN 2236-417X.

SILVA, Heloiza Cristina Holgado; BINOTTO, Eriaine; VILPOUX, Olivier François Cooperação e compartilhamento de informação entre atores sociais em um assentamento rural. Perspectivas em Gestao & Conhecimento, João Pessoa, v. 6, n. 1, p. 89, 2016.

SILVA, Narjara Barbara Xavier; SOUSA, Marckson Roberto Ferreira A dimensão tecnológica da gestão do conhecimento e a contribuição da arquitetura da informação: uma análise da Plataforma Podio. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 5, n. 2, p. 186-200, 2015. ISSN 2236-417X.

SUH, Ayoung; WAGNER, Christian. How gamification of an enterprise collaboration system increases knowledge contribution: an affordance approach. Journal of Knowledge Management, v. 21, n. 2, p. 416–431, 2017.

SWACHA, J. Gamification in knowledge management motivating for knowledge sharing. Polish Journal of Management Studies, v. 12, n. 2, p. 150–160, 2015.

WILLERDING, Inara Antunes Vieira; KRAUSE, Micheline Guerreiro; LAPOLLI, Édis Mafra. Gestão de pessoas e gestão do conhecimento à luz da estética organizacional em uma organização de base tecnológica. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 6, n. 1, p. 141-154, 2016. ISSN 2236-417X.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n6-147

Refbacks

  • There are currently no refbacks.