Colmos de caule de bambu e da cana-de-açúcar para a fabricação de compósitos poliméricos / Bamboo and sugar cane culms of stalks for manufacturing polymeric composites

Carlos Eduardo Pinto Lopes, Igor dos Santos Gomes, Edil Silva de Vilhena, Léo César de Oliveira Pereira, Edielson Silva de Vilhena, Rodrigo da Silva Magalhães Dias, Antonio Bruno da Silva Oliveira, Álvaro Arthur Soares Cintra, Deibson Silva da Costa, Wassim Raja El Banna, Antonio Henrique da Silva Bitencourt Júnior, Roberto Tetsuo Fujiyama

Abstract


O objetivo deste trabalho foi confeccionar compósitos de fibras de bambu e de cana-de-açúcar utilizando matriz de poliéster tereftálica insaturada e pré-acelerada. Sendo as fibras obtidas a parir dos colmos do caules das plantas. Além disso, comparar os resultados de tração mecânica e proporção mássica entre os dois tipos de compósitos. As duas fibras foram extraídas, cortadas e desfibradas manualmente. As fibras de bambu foram cortadas nos comprimentos de 5 mm e 15 mm e as fibras de cana-de-açúcar nos comprimentos de 5mm, 10 mm e 15 mm, em seguida, utilizadas para confecções dos compósitos para cada tipo de comprimento. Os corpos de prova foram fabricados por moldagem manual, sem pressão e a temperatura ambiente. As avaliações mecânicas foram analisadas por ensaios de tração seguindo a ASTM D638M. Portanto, os resultados de tração e fração mássica dos compósitos de bambu de 5 mm e de 15 mm, foram de 17,94 MPa - 5,41% e 24,05 MPa-3,9%, respectivamente. Ademais, para os compósitos de cana-de-açúcar os resultados de tração e fração mássica para os comprimentos de 5 mm, 10 mm e de 15 mm, foram de 17,05MPa-3,06%, 21,26 MPa- 2,45% e 23,17MPa-1,58%, respectivamente. Além disto, foram feitas analises factograficas na fratura dos compósitos de 5 mm e 15mm, de cada fibra natural.

 


Keywords


Compósitos. Fibras de bambu. Fibras de cana-de-açúcar. Tração mecânica. Fraçãomássica.

References


ASTM D 638 - 1989, “Standard Test Method for Tensile Properties of Plastic (metric)”, Annual Book of ASTM Standards, American Society for Testing and Materials, 1989.

George, J.; Sreekala, M.S.; Thomas, S., 2001.“A review on interface modification and characterization of natural fiber reinforced plastic composites”, Polymer Enginnering and Science, v. 41, n. 9, p. 1471-1485.

Razera, I. A. T., 2006. Fibras Lignocelulósicas como Agente de Reforço de Compósitos de Matriz Fenólica e Lignofenólica. 189 f. Tese (Doutorado em Ciências – (Físicoquímica)) – Universidade de São Paulo, São Carlos.

Rodrigues, J. da S., 2008. Comportamento Mecânico de Material Compósito de Matriz Poliéster Reforçado por Sistema Híbrido Fibras Naturais e Resíduos da Indústria Madeireira. 91 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) – Instituto de Tecnologia, Universidade Federal do Pará, Belém.

Sanchez, E.M.S, Cavani, C.S. Leal, C.V. Sanchez, C.G., 2010. “Compósito de Resina de Poliéster Insaturado com Bagaço de Cana de Açúcar: Influência do Tratamento das Fibras nas Propriedades”, Polímeros, vol. 20, nº 3, p. 194-200.

Savastano Junior, H., 2000. Materiais à Base de Cimento Reforçados com Fibra Vegetal: Reciclagem de Resíduo Para a Construção de Baixo Custo. 152 f. Tese (Livre Docência em Engenharia Civil – Materiais e Componentes de Construção) - Universidade de São Paulo.

Silva pinto, C. E., 007. Estudo do efeito da pressão e incorporação de fibras de cana de açúcar nas propriedades do PHB. Curitiba. 98 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia – PIPE – Setor Tecnologia) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

Silva, R.V., 2003. Compósito de Resina Poliuretano Derivada de Óleo de Mamona e Fibras Vegetais. 157 f. Tese (Doutorado em Ciência e Engenharia dos Materiais) -Universidade de São Paulo (USP), São Paulo.

Rocha, T. O. S., Gomes, I. S.,. Silva, D. S.,. Andrade, J. S.,. Silva, F. X. L.,. Vilhena, E. S.,Pereira, L. C. O., Fujiyama, R. T. “Uso sustentável da palmeira de miriti como matéria prima e ferramenta didática no ensino/aprendizagem na disciplina de usinagem de materiais na engenharia mecânica”. BrazilianApplied Science Review, vol. 3, n. 1,pp 608-619,jan/fev 2019.

Dias, R. S. M., Andrade, J. S., Silva, D. S., Silva, F. X. L., Rocha, T. O. S.,Edileia Pereira da Silva, E. P., Honorato, P. A., Silva, I. S., Gomes, I. S., Miranda, G. F., Nascimento, A. S., Fujiyama, R. T. “Metodologia de ensino didático no laboratório para fabricação de placas de poliéster reforçados por fibras naturais de juta de 5mm.”BrazilianApplied Science Review, vol. 3, n. 1, pp 212-226, jan/fev 2019.

Mota, C. L. P., Gomes, I. S., Vilhena, E. S., Pereira, L. C. O., Rocha, T. O. S., Nascimento, A. S., Cardoso, R. L. B., Fujiyama, R. T. “Influência da adição de pigmento em materiais compósitos de matriz poliéster reforçados por fibras de sisal (Agave sisalana) e de piaçava (Attaleafunifera).” Brazilian Applied Science Review, vol. 3, n. 2, pp 805-819, mar/abr 2019.

Pantoja, J. R. C., Gomes, I. S., Andrade, J. S., Rocha, T. O. S., Silva, D. S., Silva, F. X. L., Honorato, P. A., Silva, I. S., Silva, E. P., Dias, R. S. M., Miranda, G. F., Fujiyama, R. T. “Laboratório de materiais compósitos: apresentação de um método artesanal na fabricação de compósitos com fibras naturais como recurso didático em aulas práticas.”BrazilianApplied Science Review, vol. 3, n. 1, pp 198-211, jan/fev 2019.

Costa, D. S.; Banna, W. R.; Almeida, D. F.; Santos, E. J. S.; Lopes, C. E. P.; Fujiyama, R. T. Características de compósitos de fibras de palha da costa (raphiavinifera) com resina poliéster. In: 68° ABM International Annual Congress, 2013, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte, 2013.

Baykus, O.; Aysenur, M.; Mehmet, D. “The effect of pre-impregnation with maleated coupling agents on mechanical and water absorption properties of jute fabric reinforced polypropylene and polyethylene biocomposites.”JournalofCompositeMaterials, v. 50, p.257–267, 2015.

Souza, J. H. S., Rocha, T. O. S., Gomes, I. S., Nascimento, A. S., Silva, D. S., Nascimento, E. S., Fujiyama, R. T. “Materiais compósitos de matriz poliéster com reforço híbrido de tecido de fibras de juta e mantas de fibra de vidro.”BrazilianApplied Science Review, vol. 3, n. 1, pp 777-790, jan/fev 2019.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n6-140

Refbacks

  • There are currently no refbacks.