Inter-relações entre juventudes, educação e tecnologias digitais / Interrelationships among youth, education and digital technologies

Adilson Cristiano Habowski, Elaine Conte, Carla Milbradt

Abstract


O estudo discute as inter-relações entre juventudes, educação e tecnologias digitais, cujo objetivo é analisar asrepercussões e dilemas que as novas tecnologias digitaistêm no processo educativo dos jovens. Estas tecnologias têm gerado mudanças socioculturais, políticas e produtivas, e que, portanto, necessitam ser compreendidas à luz dos múltiplos e complexos fatores que se desdobram ao longo dos tempos como forma de sociabilidade. Alguns autores chamam a atenção sobre o fato de que as tecnologias além de modificar as formas de linguagem, de comportamento e os modos de se relacionar dos sujeitos (laços de amizade e sociabilidade), também estabelecem inter-relações com as formações sociais, econômicas e culturais da vida. Trata-se de um discurso que vem desde o final do século XX e início do século XXI, correspondendo a um conjunto de transformações sociais e digitais. Os debates sobre a necessidade de uma conversação digital emanam por ocasião do avanço e propagação das tecnologias, da maior oferta de mercado para o consumo dos artefatos digitais, culminando numa expansão e utilização massiva das tecnologias como forma de ideologia. As aporias nos impulsionam para a busca do enfrentamento das formas de feitiço institucionalizadas, rumo à emancipação dos conhecimentos pela reconstrução intersubjetiva, gerando um agir e um pensar coletivos, através das possibilidades de discussões globais emergentes.


Keywords


Juventudes. Tecnologias Digitais. Educação.

References


ADORNO, Theodor W. Educação e emancipação. 3. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2003.

ADORNO, Theodor W. Indústria Cultural e Sociedade. 5. ed. Trad. Juba Elisabeth Levy. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. A Dialética do Esclarecimento. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1985.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade Líquida. Trad. Plínio Dentzien. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. Ed., 2001.

BORTOLAZZO, Sandro Faccin. Narrativas acadêmicas e midiáticas produzindo uma Geração Digital. Porto Alegre, 2015. 206 f. Tese (Doutorado em Educação) –Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

CARRANO, Paulo César Rodrigues. Juventude e cidades educadoras. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003.

CONTE, Elaine; HABOWSKI, Adilson Cristiano; RIOS, Míriam Benites. Ressonâncias das tecnologias digitais na educação. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, v. l, p. 31-45, jan. 2019. DOI: 10.21723/riaee.v14i1.11110

CONTE, Elaine; HABOWSKI, Adilson Cristiano. A autoridade do educador no cenário tecnológico: interlocuções freireanas. Revista Interinstitucional Artes de Educar, Rio de Janeiro, v. 4, n. 2, p. 406-425, 2018. DOI:10.12957/riae.2018.38035

FREIRE, Paulo. Pedagogia do oprimido. 36. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

¬FREIRE, Paulo. Extensão ou Comunicação? 11. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2006.

¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬HABERMAS, Jürgen. Teoria do agir comunicativo: racionalidade da ação e racionalização social. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

HABOWSKI, Adilson Cristiano; CONTE, Elaine. Cultura digital versus autoridade pedagógica: tendências e desafios. Linhas Críticas, Brasília, v. 24, p. 278-301, 2018. DOI: 10.26512/lc.v24i0.18993

HABOWSKI, Adilson Cristiano; JACOBI, Daniel Felipe; CONTE, Elaine. Garimpando ideias para a reconstrução do círculo hermenêutico e do círculo de cultura. Revista Teias, Rio de Janeiro, v. 19, n. 53, p. 275-287, Abr./Jun. 2018. DOI: 10.12957/teias.2018.29719

HABOWSKI, Adilson Cristiano; CONTE, Elaine; JUNG, Hildegard Susana. Reflexões acerca do uso das tecnologias digitais e as juventudes do campo. Cadernos CIMEAC, v. 8, n. 1, p. 156-183, jul. 2018. DOI: 10.18554/cimeac.v8i1.2877

HABOWSKI, Adilson Cristiano; CONTE, Elaine. Interações crítico-dialéticas com as tecnologias na educação. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, v. 14, n. 4, p.1-21, 2019. DOI: 10.21723/riaee.v14i4.11993

HABOWSKI, Adilson Cristiano; CONTE, Elaine. Sociedade do cansaço [resenha]. Crítica Cultural, Palhoça, v. 13, n. 2, p. 315-321,jul./dez. 2018.

DOI: 10.19177/rcc.v13e22018315-321

HAN, Byung-Chul. Sociedade do cansaço. Trad. Ênio Paulo Giachini. 2. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2017.

FREIRE, Paulo. Consciência Moral e Agir Comunicativo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Trad. C. I. da Costa. Rio de Janeiro: Ed. 34,1993.

LÉVY, Pierre. A inteligência coletiva. Por uma antropologia do ciberespaço. 3. ed. Trad. L.P. Rouanet. São Paulo: Edições Loyola, 2000.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 2000.

MELUCCI, Alberto. Juventude, tempo e movimentos sociais. Revista Brasileira de Educação,Rio de Janeiro, n. 5 e 6, p. 5-14, maio/dez. 1997.

PRIOSTE, Cláudia.O adolescente e a internet: laços e embaraços no mundo virtual. 2013. 361f. Tese (Doutorado em Educação) -Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

PUGENS, Natália de Borba; HABOWSKI, Adilson Cristiano; CONTE, Elaine. Os processos de ensino atravessados pelas tecnologias digitais. EmRede - Revista de Educação a Distância, Porto Alegre, v. 5, n. 3, p. 496-509, 2018. Disponível em: Acesso em: 30 mar. 2019.

SALES, Celecina de Maria Veras. Juventudes, novas experimentações, conexões e interatividade. Texto apresentado no XV Congresso Brasileiro de Sociologia, Curitiba, Paraná, jan. 2011.




DOI: https://doi.org/10.34117/bjdv5n6-128

Refbacks

  • There are currently no refbacks.