Avaliação no pacto nacional de alfabetização na idade certa PNAIC Tocantins: um olhar para além da sala de aula / Assessment in the national pact of literacy at the right age PNAIC Tocantins: a look beyond the classroom

Maria do Socorro Soares Bezerra, Carmem Lucia Batista Coelho Ranzi, Dionizio Pereira Neto

Abstract


O presente trabalhotem por objetivo expor resultados da Avaliação Nacional da Alfabetização – ANA por meios de análises realizada em bancos de dados do INEP, apontando quais instrumentos são utilizados para obter os resultados. Nesta perspectiva e pensando em minimizar o fracasso escolar, faz necessário a urgência em deixar de lado a prática da avaliação

Tradicional centrada em aspectos quantitativos, por uma avaliação qualitativa que atenda as necessidades do aluno no contexto escolar.Busca-se aindaatravés deste trabalho, apresentar as propostas de mudança na forma da avaliação no estado do Tocantins visando uma melhoria interna e externa dos resultados dos alunos. Foram utilizados dados do INEP dos últimos anos para realizar uma análise mais consistente e fazer algumas comparações. Para tanto, fez necessário algumas leituras bibliográficas. Todavia, o que apontamos como resultados, é que precisa melhorar a prática do professor alfabetizador, identificar se ele tem perfil para alfabetizar, e a formação continuada do professor alfabetizador que não pode ser esquecida, ainda falta organização pedagógica, acompanhamento e monitoramento utilizando alguns instrumentos que possibilite identificar as dificuldades de aprendizagem e propor soluções imediata. Para tanto, a família precisa acompanhar no sentido de ajudar a escola nesse processo de conhecimento do aluno. O PNAIC contribuiu de forma significativana primeiras edições e trouxe algumas reflexões a cera das propostas de formação nas últimas edições.


Keywords


Avalição, alfabetização, formação, ensino , aprendizagem.

References


Avaliação educacional e produção da qualidade: para além dos resultados quantitativos: Disponível em:http://siava.ntecemepe.com/Home/justificativa: Acesso em: 28 set. 2016.

BRASIL, Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional, 9394/96. Ministério da Educação e Cultura.Brasília, 1996.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: matemática / Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília : MEC/SEF, 1997

DA AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM À AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL: aprendizagens necessárias: Mara Regina Lemes de Sordi Menga Ludke: Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/aval/v14n2/a05v14n2 Acesso em: 28 set. 2016.

DALMÁS, Ângelo: Planejamento participativo na escola: elaboração acompanhamento e avaliação.18ª edição- Petrópolis RJ:vozes,2014.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação Mediadora: Uma Prática em Construção da Pré-Escola à Universidade.20ª edição,Porto Alegre, 2003.

PAVANELO E NOGUEIRA. Avaliação em Matemática: algumas considerações: ReginaPanavello e Cléia Maria Ignatius Nogueira: Disponível em http://www.fcc.org.br/pesquisa/publicacoes/eae/arquivos/1275/1275.pdf. Acesso em: 01 set. 2016.

PERRENOUD, P. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens, entre duas lógicas. Porto Alegre: Artmed, 1999.

RAMPAZZO, Sandra Regina dos Reis et. al.Avaliação e ação docente.SãoPaulo:Pearson Education do Brasil, 2012.

REFERENCIAL CURRICULAR DO ENSINO FUNDAMENTAL das escolas públicas do Estado do Tocantins: Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano. 2ª Edição / Secretaria de Estado da Educação e Cultura. -TO: 2008. 281 p. LUCKESI,Cipriano Carlos.Avaliação da Aprendizagem escolar,São Paulo,Cortez. 1996.

SA, Robison Gomes: A avaliação da Aprendizagem no contexto Matemático. Disponível:http://www.infoescola.com/autor/robison-sa/2453/:Acesso em: 28 set. 2016.

SANT'ANNA, Ilza Martins. Por que avaliar? como avaliar? critérios e instrumentos. 10. ed. Petrópolis: Vozes, 2004.

TRIVINOS, A. N. S. Introdução à Pesquisa em Ciências Sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.