Ensaio de adsorção de ácido acético em carvão produzido a partir da fibra de coccus nucifera l / Acetic acid adsorption test on charcoal produced from coccus nucifera l fiber

Marcelo Mendes Pedroza, Anne Priscila Oliveira da Silva, Jailson Vieira de Melo, Elaine da Cunha Silva Paz, Ricardo Resplandes de Sousa Paz

Abstract


O uso de carvão produzido a partir de biomassas agroindustriais é algo crescente, dentro da área de adsorção para retirada de contaminantes em meio aquoso. O presente trabalho envolve o estudo da capacidade de adsorção de poluentes, usando carvão fibra de coco da baía bem como, a caracterização da biomassa proveniente através da análise imediata, elementar, da fibra e poder calorífico. O resíduo do coco foi escolhido devido sua abundancia no Brasil sendo assim, a inserção deste, na produção de carvão é econômico e ambientalmente vantajoso, por ser de baixo custo para a indústria de carvão ativado. O carvão usado no processo de adsorção foi obtido através de pirólise em reator de leito fixo na temperatura de 550ºC, sendo o nitrogênio o gás de arraste com uma vazão de 4mL/min, taxa de aquecimento de 10 ºC/min. O tempo de residência da biomassa no reator foi de 60min. O rendimento dos produtos da pirólise foi de 28.57% para o líquido pirolenhoso, 35.57% de carvão e 35.86% de gás. Na análise de adsorção de ácido acético em diferentes concentrações usando 0.2 g de carvão pulverizado possível obter uma remoção de 129 mg/mg de carvão do coco, enquanto que na adsorção de ácido acético na concentração de 0.720mol/L em diferentes massas de carvão observou-se uma remoção de 125 mg de ácido acético por mg de carvão do coco quando a massa de carvão foi de 0.2g.

 


Keywords


Adsorção, Carvão, Coco.

References


ABBASI, T.(2010) Biomass energy and the environmental impacts associated with its production and utilization. Renewable and Sustainable Energy Reviews. India: Elsevier. 14, 919-937.

ASTM D 3173-85.(1985) Standard Test of Humity.

BHATNAGAR, A.; SILLANPAA, M. (2010) Utilization of agro-industrial and municipal waste materials as potential adsorbents for water treatment—A review. Chemical Engineering Journal, 157, 277–296.

CORTEZ, L. A. B; LORA, E. E. S.; AYARZA, J. A.C. (2008) Biomassa no Brasil e no mundo. In: CORTEZ, L. A. B.; LORA, E. E.; GÓMEZ, E. O. Biomassa para energia. Campinas, SP: Editora da Unicamp.

FIGUEIREDO, A. L.(2011) Pirólise termoquímica de pós da fibra de coco seco em um reator de cilindro rotativo para produção de bioóleo. Dissertação (Mestrado em Ciência e Engenharia do Petróleo). Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 113 p

IBGE. Produção Agrícola Municipal. Acessado em outubro, 2016, disponível em: .

PEDROZA, M. M.(2011) Bio-óleo e Biogás da degradação termoquímica de lodo de esgoto doméstico em cilindro rotativo. Tese de Doutorado, Universidade do Rio Grande do Norte, 210 p.

SANTOS, K. G.(2011) Aspectos fundamentais da pirólise de biomassa em leito de jorro: fluidodinâmica e cinética do processo. 2011. 261 f. Tese (Doutorado em engenharia química) - Universidade Federal de Uberlândia, MG,.

TSAI, W. T.; LEE, M. K.; CHANG, Y. M. (2006 )Fast pyrolysis of rice straw, sugarcane bagasse and coconut shell in an induction-heating reactor. Journal of analytical and applied pyrolysis, 76(1), 230-237.

TSAMBA, A. J.; YANG, W.; BLASIAK, W.(2006) Pyrolysis characteristics and global kinetics of coconut and cashew nut shells. Fuel Processing Technology. 87,523-530.


Refbacks

  • There are currently no refbacks.