A reforma educacional no Brasil no início do século XXI, como reflexo da reestruturação capitalista global / The educational reform in Brazil at the beginning of the 21st century, as a reflection of the global capitalist restructuring

Hildo Cezar Freire Montysuma, Elizabeth Miranda de Lima

Resumo


O presente artigo analisa o papel das crises de superprodução de capital como elementos propulsores das constantes reengenharias do capitalismo, objetivando manter as taxas de acumulação e como esse processo influi sobre os projetos educacionais dos países de economia subordinada aos centros dinâmicos do sistema, assim como, o papel dos organismos financiadores internacionais na implementação das reformas educacionais na América Latina nos anos 90 do século passado. Por fim, o texto aborda o cenário brasileiro frente aos ajustes da macroeconomia mundial e seus desdobramentos no campo educacional.


Palavras-chave


Reestruturação produtiva; Reforma da educação; Educação brasileira

Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, Perry. Balanço do neoliberalismo. In: SADER, Emir; GENTILI, Pablo (Org.) Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o estado democrático. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

BAUER, Adriana; ALVARES, Ocimar Munhoz; OLIVEIRA, Romualdo Portela. Avaliação em Larga Escala: uma sistematização do debate. Educ.Pesqui., São Paulo, v 41, n. especial, p. 1367 – 1382, dez. 2015.

BORÓN, Atilio. A sociedade civil depois do dilúvio neoliberal. In: SADER, Emir; GENTILI, Pablo (Org.) Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o estado democrático. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

BRASIL. Câmara dos Deputados. A revisão da Lei de patentes: inovação em prol da competitividade nacional/relator: Newton Lima; equipe técnica: Pedro Paranaguá (Coord.) [et al.]; consultores legislativos: César Costa Alves de Mattos, Fábio Luis Mendes, Maurício Jorge Arcoverde de Freitas. - Brasília: Edições Câmara, 2013.

CARAGGIO, José Luiz. Propostas do Banco Mundial para a educação: sentido oculto ou problemas de concepção. In: TOMMASI, Lívia De; WARDE, Mírian Jorge; HADDAD, Sérgio (Org.). O Banco Mundial e as Políticas educacionais. São Paulo – SP: Ação Educativa, 1996. p. 75 – 123.

DE SORDI, Mara Regina Lemes. Possibilidades e limites da avaliação em larga escala na construção da qualidade na escola pública. Série – Estudos Periódico do Programa de Pós-Graduação em educação da UCDB Campo Grande, MS, n. 33, p. 39-53, jan/jul. 2012

HOBSBAWM, Eric J. Era dos Extremos: o breve século XX: 1914-1991; tradução Marcos Santarrita; revisão técnica Maria Célia Paoli. – São Paulo: Companhia das Letras, 1995.

KUENZER, Acácia Zeneida. (org.) Ensino Médio: construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. - São Paulo: Cortez, 2000.

MARTINS, Maria Inez. Formação de professores e os processos avaliativos: Os exames de larga escala In PARENTE, Claudia da Mota Darós; VALLE, Luiza Elena L. Ribeiro do; MATTOS, Maria José Viana Marinho de. (Org.) A formação de professores e seus desafios frente as mudanças sociais, políticas e tecnológicas. Porto Alegre: Penso, 2015.

MARX, Karl. O Capital. Crítica da economia política. Livro 3. O processo global de produção capitalista. Vol. IV. Rio de Janeiro, Editora Bertrand Brasil SA. 1987.

OLIVEIRA, Dalila Andrade & DUARTE, Adriana. Política educacional como política social: uma nova regulação da pobreza. Revista Perspectiva, Florianópolis,v. 23, nº 02, p. 279 – 301, jul./dez. 2005. Disponível em: Acessado em 05 de fev. de 2017.

OLIVEIRA, Dalila; Andrade. FERREIRA, Eliza Bartolozzi. (Org.) Crise da Escola e Políticas Educativas. 2ª – ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.

SAVIANI, Demerval. História das ideias pedagógicas no Brasil. 4ª ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2013. – (Coleção memória da educação).

THERBORN, Goran. A crise e o futuro do capitalismo. In: SADER, Emir; GENTILI, Pablo (Org.) Pós-neoliberalismo: as políticas sociais e o estado democrático. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

TIRAMONTI, Guilermina. O Cenário Político e educacional dos anos 90: a nova fragmentação. Trabalho apresentado no Congresso Internacional de Educação, organizado pelo Departamento de Ciências da Educação e pelo Instituto de investigações em Ciências Sociais da Educação da Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade de Buenos Aires, em maio de 1996. Cad. Pesq. nº 100, p. 79 – 91, março de 1997.

WILLIAMSON, John. Depois do consenso de Wasington: Uma agenda para a Reforma Econômica na América Latina. In: Palestra à Fundação Armando Alvares Peteado – FAAP, 1, 2003. São Paulo, Anais. p. 1 – 10. Disponível em: Acesso em 27 jan. 2017.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.